Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(fosfato de celulose). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Olyveira, Gabriel Molina de [UNESP]. Nanocompósitos naturais de celulose bacteriana para medicina regenerativa.

Degree: 2016, Universidade Estadual Paulista

A engenharia de tecidos é um campo que aplica os princípios de engenharia e ciências biológicas para desenvolver substitutos biológicos que restauram, mantém ou melhoram o tecido ou a função do órgão por inteiro. A presente tese estudou arcabouços (scaffolds) produzidos com celulose bacteriana/fosfato de cálcio voltados para a regeneração óssea. Foram analisados a modificação do processo de fermentação da celulose bacteriana com moléculas naturais (sulfato de condroitina e ácido hilaurônico), modificações físicas superficiais empregando-se irradiação gamma na celulose bacteriana e método biomimético para formação de fosfato de cálcio na superfície da membrana, posteriormente foram testados os biomateriais com células do ovário de hamster chineses (CHO-K1 cells). A modificação com moléculas naturais alterou a carga superficial e a cristalinidade das membranas, a modificação física alterou também propriedades físico-químicas de superfície, interferindo no processo de deposição de fosfato de cálcio. Os fosfatos de cálcio testados pelo método biomimético (SBFs 1 e 3), tiveram resultados melhores quanto a sua incorporação na superfíce das membranas não irradiadas de celulose bacteriana e seus nanocompósitos. Advisors/Committee Members: Guastaldi, Antônio Carlos [UNESP], Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Subjects/Keywords: Biomateriais; Celulose bacteriana; Fosfato de cálcio; Método biomimético; Células

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Olyveira, G. M. d. [. (2016). Nanocompósitos naturais de celulose bacteriana para medicina regenerativa. (Thesis). Universidade Estadual Paulista. Retrieved from http://hdl.handle.net/11449/144472

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Olyveira, Gabriel Molina de [UNESP]. “Nanocompósitos naturais de celulose bacteriana para medicina regenerativa.” 2016. Thesis, Universidade Estadual Paulista. Accessed June 19, 2018. http://hdl.handle.net/11449/144472.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Olyveira, Gabriel Molina de [UNESP]. “Nanocompósitos naturais de celulose bacteriana para medicina regenerativa.” 2016. Web. 19 Jun 2018.

Vancouver:

Olyveira GMd[. Nanocompósitos naturais de celulose bacteriana para medicina regenerativa. [Internet] [Thesis]. Universidade Estadual Paulista; 2016. [cited 2018 Jun 19]. Available from: http://hdl.handle.net/11449/144472.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Olyveira GMd[. Nanocompósitos naturais de celulose bacteriana para medicina regenerativa. [Thesis]. Universidade Estadual Paulista; 2016. Available from: http://hdl.handle.net/11449/144472

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

2. Ullah, Sajjad. Materiais nanoestruturados e filmes finos baseados em TiO2 para aplicação em fotocatálise.

Degree: PhD, Química Analítica e Inorgânica, 2014, University of São Paulo

O objetivo desta Tese é preparar e caracterizar nanopartículas de TiO2 e [email protected] TiO2 e obter filmes finos baseados nesses materiais nanoestruturados usando a metodologia de preparação de filmes conhecida como layer-by-layer (LbL). Primeiramente, TiO2 amorfo sintetizado a partir de sulfato de titanila (TiOSO4) foi cristalizado por método de tratamento hidrotérmico brando (HTT). O efeito da temperatura e tempo de tratamento hidrotérmico na cristalinidade, tamanho de partícula e fotoatividade de TiO2 foi estudado. A análise de MET, DRX e área de superfície confirmou que o HTT a temperatura tão baixa quanto 105°C pode ser utilizada para obter as nanopartículas de anatase com boa cristalinidade (~95%), pequeno tamanho de cristalito (<10 nm), alta área de superfície (>200 m2.g-1) e excelente seletividade da fase. Em uma segunda etapa do projeto, o nanocatalisador de TiO2 foi depositado, via rota sol-gel, na superfície de NPs de sílica Stöber (diâmetro 200 nm), formando um sistema [email protected] ([email protected] TiO2). O objetivo desse processo foi de se obter melhor estabilidade térmica (1000°C), boa dispersão e menor aglomeração do nanocatalisador (TiO2). As análises de microscopia eletrônica (MEV e MET) confirmaram a formação de uma camada porosa (espessura 10-30 nm) de TiO2 formadas por cristalitos com cerca de 5 nm. Um estudo das propriedades ópticas das amostras [email protected] TiO2 mostrou que o deslocamento no onset de absorção é função do espalhamento Rayleigh. Finalmente, desenvolveu-se um novo e versátil procedimento LbL para a preparação de filmes multicamadas, porosos e uniformes de TiO2 empregando fosfato de celulose (CP) como polieletrólito eficiente e não convencional. A formação dos filmes (CP/ TiO2 e CP/ TiO2/HPW) foi monitorada por espectroscopia UV/Vis e a interação entre os componentes dos filmes (CP, TiO2 e HPW) foi estudada pelas técnicas MET, XPS e FTIR. Estes filmes LbL apresentaram boa fotoatividade para degradação de ácido esteárico, cristal violeta e azul de metileno sobre irradiação UV. Os filmes CP/HPW formados em celulose bacteriana apresentaram boa resposta fotocrômica, que é aumentada pela presença do TiO2 devido a uma transferência eletrônica interfacial do TiO2 para o HPW. A interface entre nanopartículas de titânia e nanopartículas de ácido fosfotungstico foi pela primeira vez caracterizada por Microscopia Eletrônica de Transmissão como sendo não-cristalina. Este método simples e ambientalmente amigável pode ser utilizado para formar recobrimentos em uma grande variedade de superfícies com filmes fotoativos de TiO2 e TiO2/HPW.

The aim of the present investigation was to prepare and characterize TiO2 and [email protected] ([email protected]) nanoparticles (CSNs) and form layer-by-layer (LbL) films with these nanoparticles (NPs) on various substrates. Firstly, amorphous TiO2 were prepared from oxotitanium (IV) sulfate (TiOSO4) and crystallized by low-temperature hydrothermal treatment (HTT). The effect of hydrothermal temperature and treatment time on crystallinity, particle size and photoactivity of TiO2 was studied. The…

Advisors/Committee Members: Rodrigues Filho, Ubirajara Pereira.

Subjects/Keywords: ácido fosfotungstico; cellulose phosphate; filmes LbL; fosfato de celulose; fotocatálise; LbL films; phosphotungstic acid; photocatalysis; [email protected]; [email protected]; TiO2; TiO2

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Ullah, S. (2014). Materiais nanoestruturados e filmes finos baseados em TiO2 para aplicação em fotocatálise. (Doctoral Dissertation). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75135/tde-26012015-173233/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Ullah, Sajjad. “Materiais nanoestruturados e filmes finos baseados em TiO2 para aplicação em fotocatálise.” 2014. Doctoral Dissertation, University of São Paulo. Accessed June 19, 2018. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75135/tde-26012015-173233/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Ullah, Sajjad. “Materiais nanoestruturados e filmes finos baseados em TiO2 para aplicação em fotocatálise.” 2014. Web. 19 Jun 2018.

Vancouver:

Ullah S. Materiais nanoestruturados e filmes finos baseados em TiO2 para aplicação em fotocatálise. [Internet] [Doctoral dissertation]. University of São Paulo; 2014. [cited 2018 Jun 19]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75135/tde-26012015-173233/ ;.

Council of Science Editors:

Ullah S. Materiais nanoestruturados e filmes finos baseados em TiO2 para aplicação em fotocatálise. [Doctoral Dissertation]. University of São Paulo; 2014. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75135/tde-26012015-173233/ ;

3. Martins, Ana Patrícia Carvalho. Desenvolvimento de membranas compósitas à base de nanocelulose para pilhas de combustível.

Degree: 2016, Universidade de Aveiro

A presente dissertação tem como objetivo o desenvolvimento de membranas polieletrólitas baseadas em celulose bacteriana (CB) para aplicação em pilhas de combustível de condução protónica, que se espera ser uma solução ambientalmente sustentável. A CB é um material celulósico, com uma estrutura nanofibrilar tridimensional, biossintetizada por algumas estirpes de bactérias não patogénicas como é o caso da Gluconacetobacter sacchari. Devido a algumas das suas propriedades, nomeadamente a sua elevada capacidade de retenção de água e resistência mecânica, a CB pode ser explorada no contexto das tecnologias sustentáveis de conversão de energia baseadas no hidrogénio enquanto vetor energético. Uma série de membranas nanocompósitas foram preparadas através da polimerização radicalar in situ do monómero fosfato de bis(2-metacriloiloxietilo) (FMOE) dentro da estrutura tridimensional da CB, com o intuito de otimizar os parâmetros reacionais, nomeadamente a proporção mássica do fosfato de bis(2-metacriloiloxietilo) (FMOE), a temperatura e tempo de reação, e a quantidade de iniciador radicalar (2,2-azobis(2-metilpropionamidina) (AAPH) utilizada. Uma vez preparadas, as suas propriedades físico-químicas foram analisadas por diversas técnicas de caracterização, nomeadamente espetrofotometria de ultravioleta-visível, espetroscopia de infravermelho com transformada de Fourier, ressonância magnética nuclear e difração de raios-X. A morfologia das membranas foi estudada por microscopia eletrónica de varrimento. Foram também medidas as capacidades de absorção de água e de troca iónica, e a estabilidade térmica por análise termogravimétrica. As propriedades mecânicas, como o módulo de Young, elongação à rutura e força de tensão foram também determinadas. Por último, a condutividade protónica das membranas foi determinada pelo método de espetroscopia de impedância eletroquímica. Os resultados da estabilidade térmica mostram que estas membranas são estáveis até 180 °C. Em termos mecânicos, por exemplo, a membrana PFMOE/CB_2 (com uma quantidade de CB de 50,0%) apresenta valores de módulo de Young de 2,6 GPa, força de tensão de 23,5 MPa e elongação à rutura de 1,1%. A capacidade de troca iónica obtida para o compósito com 50% de PFMOE foi de 3,03 mmol g-1. A condutividade protónica mostra valores de 2,42×10-2 para o compósito PFMOE/CB_6 e 2,72×10-2 S cm-1 para o compósito PFMOE/CB_2 (80 ºC, 98% HR) podendo ser comparados a outros materiais como as membranas polieletrólitas de poli(fosfato de metacriloiloxietilo) (0,1 S cm-1 a 98% HR), de ácido poli(4-estireno sulfónico) (0,1 S cm-1 a 94 °C e 98% HR) e de Nafion® (0,14 S cm-1 a 94 °C e 98% HR).; This work aims at developing polyelectrolyte membranes based on bacterial cellulose (BC) for application in proton exchange fuel cells, which is expected to be an environmentally sustainable alternative to the existing membranes. BC is a cellulosic material with a three dimensional nanofibrilar structure that is bio-synthesized by some strains of non-pathogenic bacteria, such as the Gluconacetobacter… Advisors/Committee Members: Freire, Carmen Sofia Rocha (advisor), Vilela, Carla Andreia Cunha (advisor).

Subjects/Keywords: Engenharia química; Separação de membranas; Materiais compósitos; Pilhas de combustível; Celulose bacteriana; Poli(fosfato de bis(2-metacriloiloxietilo)); Nanocompósitos; Membranas de permuta protónica; Condutividade protónica; Pilhas de combustível

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Martins, A. P. C. (2016). Desenvolvimento de membranas compósitas à base de nanocelulose para pilhas de combustível. (Thesis). Universidade de Aveiro. Retrieved from http://hdl.handle.net/10773/17951

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Martins, Ana Patrícia Carvalho. “Desenvolvimento de membranas compósitas à base de nanocelulose para pilhas de combustível.” 2016. Thesis, Universidade de Aveiro. Accessed June 19, 2018. http://hdl.handle.net/10773/17951.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Martins, Ana Patrícia Carvalho. “Desenvolvimento de membranas compósitas à base de nanocelulose para pilhas de combustível.” 2016. Web. 19 Jun 2018.

Vancouver:

Martins APC. Desenvolvimento de membranas compósitas à base de nanocelulose para pilhas de combustível. [Internet] [Thesis]. Universidade de Aveiro; 2016. [cited 2018 Jun 19]. Available from: http://hdl.handle.net/10773/17951.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Martins APC. Desenvolvimento de membranas compósitas à base de nanocelulose para pilhas de combustível. [Thesis]. Universidade de Aveiro; 2016. Available from: http://hdl.handle.net/10773/17951

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.