Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(Rio Turvo Sujo). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters


Universidade Federal de Viçosa

1. Rosiane de Araújo Silva. Levantamento da comunidade de cianobactérias em trechos do Rio Turvo Sujo, localizados nas proximidades da cidade de Viçosa, MG.

Degree: 2007, Universidade Federal de Viçosa

A qualidade das águas em várias regiões do mundo tem revelado o descaso com que são tratadas as descargas industriais, urbanas e agrícolas, acarretando, muitas vezes, o crescimento acelerado de espécies de cianobactérias. O presente trabalho teve como objetivos avaliar a ocorrência de cianobactérias no Rio Turvo Sujo, um dos rios responsáveis pelo abastecimento do município de Viçosa-MG, e caracterizar as variáveis físicas, químicas e biológicas associadas à ocorrência desses microrganismos em trechos sob influência antrópica. As amostras de água foram coletadas de abril a novembro de 2007, em cinco pontos de amostragem ao longo do rio. Foram analisadas as variáveis físicas e químicas: temperatura, pH, condutividade elétrica, oxigênio dissolvido (OD), demanda bioquímica de oxigênio (DBO), demanda química de oxigênio (DQO), nitrogênio (total, amônio e nitrato), fósforo (total, ortofosfato, fosfato orgânico dissolvido e fósforo particulado), sílica, transparência e velocidade da água. As variáveis biológicas incluíram: clorofila-a, densidade de indivíduos, análise de similaridade, índice de freqüência e estado trófico. As espécies isoladas foram mantidas em sala de crescimento sob condições fotoautotróficas. Os valores obtidos com as análises físicas e químicas estiveram dentro do estabelecido na Resolução CONAMA 357/05 para corpos dágua de classe 2, com exceção do PT (mês de julho) e da DBO (exceto o mês de julho), os quais apresentaram concentrações acima do estabelecido e do OD (mês de novembro) que esteve abaixo do estabelecido pela referida Resolução. Durante o período de estudo foram identificados 12 táxons, os quais foram distribuídos em 4 ordens. A ordem Nostocales foi a mais representativa com 8 gêneros: Cylindrospermum licheniforme, Anabaena ambigua, Nostoc cf. muscorum, Nostoc cf. carneum, Nostoc commune, Nostoc sp.(1), Nostoc sp.(2) e Calothrix sp.; seguida pela ordem Oscillatoriales com 2 gêneros: Pseudoanabaena catenata e Phormidium sp. e Chroococcales (Synechococcus nidulans) e a ordem Stigonematales (Scytonema sp.) com apenas 1 gênero. A densidade de células de cianobactérias registrada durante o período de monitoramento esteve abaixo do exigido na Portaria do Ministério da Saúde N 518/04. Com base no Índice de Estado Trófico, foi registrado o grau de oligotrofia do Rio Turvo Sujo. Não houve influência das variáveis físicas e químicas com o aparecimento das cianobactérias nos pontos estudados. A realização de um monitoramento mensal dos rios torna-se importante como prática de prevenção e controle da ocorrência de cianobactérias. O estudo realizado no Rio Turvo Sujo comprovou a eficácia do monitoramento mensal dos rios e a sua importância como prática de prevenção para a conservação da qualidade de suas águas e o controle de possíveis florações.

Water quality found in several regions of the world have revealed the neglectance in which industrial, urban and agricultural discharges have been treated which leads, constantly, to the accelerated growth of cyanobacteria strains. The aim of this study was…

Advisors/Committee Members: Antonio Teixeira de Matos, Paulo Roberto Cecon, Maurício Dutra Costa, Ann Honor Mounteer, Rosane Maria de Aguiar Euclydes.

Subjects/Keywords: Cianobactérias; Poluição antrópica; Rio Turvo Sujo; BOTANICA; Cyanobacteria; Pollution; Rio Turvo Sujo

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Silva, R. d. A. (2007). Levantamento da comunidade de cianobactérias em trechos do Rio Turvo Sujo, localizados nas proximidades da cidade de Viçosa, MG. (Thesis). Universidade Federal de Viçosa. Retrieved from http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1320

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Silva, Rosiane de Araújo. “Levantamento da comunidade de cianobactérias em trechos do Rio Turvo Sujo, localizados nas proximidades da cidade de Viçosa, MG.” 2007. Thesis, Universidade Federal de Viçosa. Accessed December 03, 2020. http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1320.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Silva, Rosiane de Araújo. “Levantamento da comunidade de cianobactérias em trechos do Rio Turvo Sujo, localizados nas proximidades da cidade de Viçosa, MG.” 2007. Web. 03 Dec 2020.

Vancouver:

Silva RdA. Levantamento da comunidade de cianobactérias em trechos do Rio Turvo Sujo, localizados nas proximidades da cidade de Viçosa, MG. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Viçosa; 2007. [cited 2020 Dec 03]. Available from: http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1320.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Silva RdA. Levantamento da comunidade de cianobactérias em trechos do Rio Turvo Sujo, localizados nas proximidades da cidade de Viçosa, MG. [Thesis]. Universidade Federal de Viçosa; 2007. Available from: http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1320

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation


Universidade Federal de Viçosa

2. Daniele Gonçalves Nunes. Modelagem da autodepuração e qualidade da água do rio Turvo Sujo.

Degree: 2008, Universidade Federal de Viçosa

A bacia objeto de estudo é a do rio Turvo Sujo, situada na bacia do rio Doce, abrangendo parte dos municípios de Viçosa, Coimbra, Cajuri, Teixeiras e Guaraciaba. Pode ser considerada uma bacia importante para região, em termos de abastecimento de água para a população, diluição de efluentes domésticos e industriais e uso na pecuária e agricultura. A realização do presente trabalho teve como principais objetivos: obter o Índice de Qualidade da Água (IQA) em 10 pontos do rio Turvo Sujo, em duas épocas distintas (período seco e chuvoso); quantificar o coeficiente de desoxigenação (K1) e de reaeração (K2) das águas no rio Turvo Sujo, a jusante dos pontos de confluência com seus principais afluentes, e modelar a capacidade de autodepuração do rio Turvo Sujo, com base no modelo de STREETERPHELPS (1925). Os resultados obtidos indicaram expressiva melhoria na qualidade da água nos períodos com maior vazão. Durante o período de estiagem, a qualidade da água manteve-se entre muito ruim e média, sendo o ponto de pior qualidade observado a montante do córrego do Grama. As variáveis que mais interferiram negativamente no IQA foram: coliformes termotolerantes (CF), demanda bioquímica de oxigênio (DBO), turbidez (Tu) e oxigênio dissolvido (OD). O rio Turvo Sujo apresentou-se, predominantemente, na condição classe 4, de acordo com a Resolução no 357/2005 (CONAMA). Os trechos III (a jusante da confluência com o córrego do Grama) e IV (a jusante da confluência com o rio Cristal), nos períodos seco e chuvoso, apresentaram maiores valores de K1 que o trecho V (a jusante da confluência com o ribeirão Santa Tereza). Os menores valores de K2 foram obtidos no período seco e os maiores valores no período chuvoso, nos trechos IV e V. A modelagem da capacidade de autodepuração do rio Turvo Sujo a partir do modelo de STREETER-PHELPS (1925), utilizando os dados coletados em campo e sistema de informação em ambiente web, permitiu ao usuário verificar o impacto do lançamento de efluentes na qualidade dos cursos dágua.

The basin study object is the one of the Turvo Sujo river, located in the basin of the Doce river and it includes the districts of Viçosa, Coimbra, Cajuri, Teixeiras and Guaraciaba. An important basin for area, in terms of domestic water use, dilution of domestic and industrial effluents and use in the livestock and agriculture. The objectives of this study were: to obtain the Water Quality Index (WQI) in ten points of Turvo Sujo river, in two different times (dry and rainy period); to quantify the deoxygenation rate constant (K1) and of reaeration (K2) of the waters in the Turvo Sujo river, the jusante of the confluence points with their main tributaries, and to model the capacity of selfpurification of the Turvo Sujo river, with base in the STREETER-PHELPS model (1925). The obtained results indicated expressive improvement in the quality of the water in the periods with larger flow. During the drought period, the quality of the water stayed among "very bad" and "medium", being the point of worse quality observed to amount of the…

Advisors/Committee Members: Antonio Teixeira de Matos, Márcio Mota Ramos, Mauro Aparecido Martinez, Ann Honor Mounteer, Alisson Carraro Borges, Demetrius David da Silva.

Subjects/Keywords: CONSERVACAO DE SOLO E AGUA; Autodepuração; Qualidade da água; Rio Turvo Sujo; Self-purification; Water quality; Turvo Sujo river

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Nunes, D. G. (2008). Modelagem da autodepuração e qualidade da água do rio Turvo Sujo. (Thesis). Universidade Federal de Viçosa. Retrieved from http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1638

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Nunes, Daniele Gonçalves. “Modelagem da autodepuração e qualidade da água do rio Turvo Sujo.” 2008. Thesis, Universidade Federal de Viçosa. Accessed December 03, 2020. http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1638.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Nunes, Daniele Gonçalves. “Modelagem da autodepuração e qualidade da água do rio Turvo Sujo.” 2008. Web. 03 Dec 2020.

Vancouver:

Nunes DG. Modelagem da autodepuração e qualidade da água do rio Turvo Sujo. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Viçosa; 2008. [cited 2020 Dec 03]. Available from: http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1638.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Nunes DG. Modelagem da autodepuração e qualidade da água do rio Turvo Sujo. [Thesis]. Universidade Federal de Viçosa; 2008. Available from: http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1638

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.