Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

You searched for subject:(Quisto Epidermoide). One record found.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Cruz, João Eduardo Oliveira. Quisto Epidermoide do Clitóris.

Degree: 2016, RCAAP

Introdução A clitoromegalia é definida como um clitóris de índice clitorial maior que 35mm2, é rara (1) e pode ser congénita ou adquirida.(2)(3) Pode ter origem em diversos quistos,(1)(6)(7) incluindo o quisto epidermoide.(3)(4)(5) Este resulta da implantação de fragmentos da epiderme no interior da derme, pode ocorrer durante o desenvolvimento embrionário ou por indução traumática.(6) Esta implantação é mais frequentemente originada por trauma, mais precisamente pela mutilação genital feminina (MGF).(7) Objectivos - Reportar um caso clínico ocorrido no Centro Hospitalar Cova da Beira (CHCB); - Pesquisar e analisar a informação clínica disponível na literatura acerca desta patologia; - Compreender a sua fisiopatologia; - Comparar o caso do CHCB com os existentes na literatura; - Produzir a primeira revisão da literatura; - Propor uma abordagem padronizada para o diagnóstico e terapêutica de futuros novos casos. Métodos Foi efectuada uma pesquisa durante o mês Novembro 2015 na Pubmed, utilizando as palavras-chave: clitoris, clitorial, quisto, quisto de inclusão, epidermoide, epidermal. Depois de aplicados critérios de exclusão previamente estabelecidos, foram analisados 25 artigos. Resultados Caso clínico: Mulher de 29 anos, com formação nodular de grandes dimensões no clitóris (50x30 mm), dolorosa. Após antibioterapia, tornou-se indolor e não regrediu. Teve um parto 4 meses antes e encontrava-se a amamentar. Excisou-se cirurgicamente a lesão. A análise patológica revelou a presença dum quisto epidermoide do clitóris. Dois meses depois, a doente apresentava boa satisfação sexual. Casos publicados: Dos 106 casos de quisto epidermoide do clitóris, 88 surgiram em contexto de MGF e 18 em contexto de não MGF. Nos casos não MGF, a média de idades é 20.98 anos. Houve 1 caso não MGF com história de trauma, 5 tomavam medicação contendo estradiol, 4 tinham história de gestação. Dos 106 casos, 4 referiram dor, 14 sentiram receio de estigmatização, 16 referiram dispareunia, 36 queixaram-se da protuberância perineal; 11 referiram ansiedade pelo quisto; 15 com queixa de interferência com o movimento; 15 tiveram clitoridectomia total para excisão do quisto. Apenas foram relatadas complicações em 3 casos; Conclusão 83% dos casos resultaram da MGF. Considerando que existem mais de 125 milhões de vítimas de MGF,(17) é provável que a prevalência destes quistos seja maior. Este pode surgir em qualquer idade, habitualmente é indolor e pode estar associado a dispareunia. Pode apresentar grande variabilidade de índice clitorial; Parece que aqueles que surgem em consequência da MGF crescem mais lentamente. Diversos diagnósticos diferencias podem ser ponderados. Independentemente da técnica cirúrgica utilizada, não houve registos de recorrência do quisto.

Introduction Clitoromegaly is defined has a clitoris with a clitoral index larger than 35mm2, it is rare, (1) and can be congenital or acquired. (2)(3) It can occur as a result from various cysts,(1)(6)(7) including the epidermoid cyst. (3)(4)(5) This results from the epidermal fragments…

Advisors/Committee Members: Gomes, Carlos Alberto Martins.

Subjects/Keywords: Caso Clínico; Clitóris; Clitoromegalia; Quisto Epidermoide; Revisão da Literatura.; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas::Ciências da Saúde

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Cruz, J. E. O. (2016). Quisto Epidermoide do Clitóris. (Thesis). RCAAP. Retrieved from https://www.rcaap.pt/detail.jsp?id=oai:ubibliorum.ubi.pt:10400.6/5368

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Cruz, João Eduardo Oliveira. “Quisto Epidermoide do Clitóris.” 2016. Thesis, RCAAP. Accessed June 05, 2020. https://www.rcaap.pt/detail.jsp?id=oai:ubibliorum.ubi.pt:10400.6/5368.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Cruz, João Eduardo Oliveira. “Quisto Epidermoide do Clitóris.” 2016. Web. 05 Jun 2020.

Vancouver:

Cruz JEO. Quisto Epidermoide do Clitóris. [Internet] [Thesis]. RCAAP; 2016. [cited 2020 Jun 05]. Available from: https://www.rcaap.pt/detail.jsp?id=oai:ubibliorum.ubi.pt:10400.6/5368.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Cruz JEO. Quisto Epidermoide do Clitóris. [Thesis]. RCAAP; 2016. Available from: https://www.rcaap.pt/detail.jsp?id=oai:ubibliorum.ubi.pt:10400.6/5368

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.