Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

You searched for subject:(Qualea multiflora ). One record found.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Soares, Eduardo Calixto. Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas.

Degree: Mestrado, Entomologia, 2015, University of São Paulo

As plantas, produtores da base das cadeias tróficas, apresentam diversos tipos de defesas contra a ação de consumidores, os herbívoros, podendo ser defesas físicas, químicas e bióticas. Nas defesas bióticas, plantas fornecem recursos alimentares (e.g. néctar extrafloral) e/ou moradia para predadores que em troca podem fornecer proteção contra herbívoros. Assim, a partir de comportamentos agressivos e/ou de patrulha, formigas são consideradas os principais protetores de plantas. Nessa perspectiva, a presente dissertação buscou investigar a influência que o néctar extrafloral tem sob a interação formiga-planta em uma área de Cerrado. O estudo foi realizado na Reserva Ecológica do Clube Caça e Pesca Itororó de Uberlândia, no município de Uberlândia, MG, em uma área com fitofisionomia de cerrado sentido restrito. A espécie de planta utilizada neste estudo foi Qualea multiflora (Vochysiaceae), uma das espécies mais abundantes do Cerrado, a qual apresenta nectários extraflorais (NEFs) na base do pecíolo foliar e nas inflorescências. Nossas hipóteses principais foram: a) que formigas visitantes dos NEFs de Q. multiflora impactam positivamente a planta, reduzindo a ação de herbívoros; b) que essas interações formigas-plantas são modificadas ao longo do desenvolvimento fenológico das folhas das plantas; c) que diferentes níveis de herbivoria nas plantas produzem também diferentes reações nas formigas visitantes; e d) que diferentes estruturas das plantas apresentam diferentes níveis de defesas. Os resultados demonstrados no Capítulo 1 comprovam que a herbivoria foliar em Q. multiflora foi baixa e similar nos diferentes estágios de desenvolvimento da folha, mostrando que as defesas expressas pela planta são eficientes. Das três defesas foliares avaliadas durante o desenvolvimento foliar, observou-se que a densidade de tricomas apresenta pico de efetividade no início do desenvolvimento, a defesa biótica (produtividade dos NEFs) apresenta pico de efetividade no período intermediário do desenvolvimento, e a dureza foliar apresenta pico de efetividade no período em que a folha já está adulta. Esses resultados comprovam a eficiência da variação temporal nas defesas foliares de Q. multiflora, o que interfere diretamente na interação formiga-planta. No Capítulo 2, foi mostrado que NEFs localizados em inflorescências produzem néctar mais volumoso e energético que atrai maior quantidade de formigas comparado ao néctar produzido pelos NEFs foliares. A produtividade e a atratividade dos NEFs, assim como o forrageamento de formigas, também foram afetados por variações na herbivoria (simulada experimentalmente). Esses resultados demonstram que Q. multiflora sincroniza suas defesas foliares ao longo do tempo garantindo a proteção contra herbívoros e que essas defesas (como evidenciado para defesa biótica) podem ser alteradas de acordo com o valor e probabilidade de ataque de suas estruturas.

Plants, producers of food chains, have different types of defenses against action of consumers, herbivores, which can be physical, chemical and…

Advisors/Committee Members: Claro, Kleber Del.

Subjects/Keywords: Defesa Induzida; Herbivory simulation; Induced defenses; Optimal Defense Theory; Qualea multiflora.; Qualea multiflora.; Simulação de herbivoria; Teoria da Defesa Ótima

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Soares, E. C. (2015). Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-15092015-223749/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Soares, Eduardo Calixto. “Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas.” 2015. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed October 20, 2020. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-15092015-223749/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Soares, Eduardo Calixto. “Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas.” 2015. Web. 20 Oct 2020.

Vancouver:

Soares EC. Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2015. [cited 2020 Oct 20]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-15092015-223749/ ;.

Council of Science Editors:

Soares EC. Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2015. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-15092015-223749/ ;

.