Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(Pseudomembrana). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters


Universidade do Estado do Rio de Janeiro

1. Priscila Soares Sabbadini. Papel das hemaglutininas 67-72p de Corynebacterium diphtheriae na ligação a proteínas plasmáticas, superfícies celulares, invasão e indução de apoptose .

Degree: PhD, 2010, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Corynebacterium diphtheriae pode ser isolado tanto de quadros de difteria clássica, quanto de infecções sistêmicas, como endocardite. O fibrinogênio (Fbn) e a fibronectina (Fn) são glicoproteínas presentes na matriz extracelular de tecidos conjuntivos. A influência destas proteínas na patogênese das infecções locais e invasivas causadas por C. diphtheriae é objeto de estudo devido ao fato do bacilo diftérico poder ser encontrado em lesões nas quais o Fbn e a Fn são predominantes, incluindo a pseudomembrana diftérica e vegetações cardíacas presentes na endocardite infecciosa. São crescentes as evidências de que o C. diphtheriae pode, além de aderir, ser internalizado por células em cultura. No presente estudo, investigou-se a participação de C. diphtheriae e das proteínas de superfície 67-72p na aderência à Fn e ao Fbn de plasma humano e a eritrócitos. A aderência às células HEp-2 e internalização também foram analisadas. A participação de 67-72p nos mecanismos de morte celular foi avaliada através das colorações por Azul de Tripan e 46-diamidino-2-fenil indol (DAPI), pelo ensaio de redução utilizando dimetil-tiazol-difenil tetrazólio (MTT) e por citometria de fluxo. As 67-72p foram extraídas da superfície da amostra toxigênica C. diphtheriae subsp. mitis CDC-E8392 através de processos mecânicos e precipitação com sulfato de amônio saturado. Análises por SDS-PAGE e immunoblotting detectaram a presença das bandas protéicas de 67 e 72kDa nas amostras toxinogênicas e atoxinogênicas analisadas, as quais pertenciam aos biotipos fermentador e não fermentador de sacarose. C. diphtheriae foi capazes não só de formar agregados na presença de plasma de coelho, mas também de converter Fbn em fibrina independentemente da presença do gene tox. No entanto, a amostra atoxinogênica ATCC 27010 (tox-) foi menos aderente ao Fbn do que a homóloga ATCC 27012 (tox+). A interação bacteriana com eritrócitos foi inibida somente pela Fn. Ligações entre Fn e/ou Fbn com 67-72p foram demonstradas por dot blotting, ELISA e/ou ensaios utilizando fluorescência. As 67-72p foram capazes de inibir as interações bacterianas com o Fbn, indicando que 67-72p podem participar do processo de aderência do patógeno aos tecidos do hospedeiro. Através da microscopia óptica, demonstrou-se a ligação de 67-72p adsorvidas em microesferas de látex com células HEp-2. Anticorpos de coelho do tipo IgG anti 67-72p interferiram somente com a expressão do padrão de aderência do tipo difuso, normalmente apresentado pela amostra CDC-E8392. A Microscopia Eletrônica de Transmissão (MET) e a inibição da internalização bacteriana pela IgG anti 67-72p ou por 67-72p indicaram o papel de 67-72p como invasina. Alterações do citoesqueleto de células HEp-2 com acumulação de actina polimerizada, induzida por microesferas sensibilizadas com 67-72p, foi observada pelo fluorescent actin staining (FAS) test. Foi visualizado um aumento no número de bactérias viáveis no compartimento intracelular após tratamento de células HEp-2 ou dos microrganismos com Fn. A presença de partículas de látex… Advisors/Committee Members: Joao Ramos Costa Andrade, Danuza de Almeida Esquenazi, Maria Helena Simões Villas Bôas, Ana Paula D'Alincourt Carvalho Assef, Ana Luiza de Mattos Guaraldi.

Subjects/Keywords: Difteria; C. diphtheriae; Adesina 67-72p; Fibrina; Fibrinogênio; Pseudomembrana; Fibronectina; Atoxinogênica; HEp-2; Invasina; Apoptose; C. diphtheria; Diphtheria; 67-72p adhesin; Fibrin; Fibrinogen; Pseudomembrane; Fibronectin; Nontoxigenic; HEp-2 cells; Invasin; Apoptosis; MICROBIOLOGIA MEDICA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Sabbadini, P. S. (2010). Papel das hemaglutininas 67-72p de Corynebacterium diphtheriae na ligação a proteínas plasmáticas, superfícies celulares, invasão e indução de apoptose . (Doctoral Dissertation). Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Retrieved from http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3591 ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Sabbadini, Priscila Soares. “Papel das hemaglutininas 67-72p de Corynebacterium diphtheriae na ligação a proteínas plasmáticas, superfícies celulares, invasão e indução de apoptose .” 2010. Doctoral Dissertation, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Accessed March 06, 2021. http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3591 ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Sabbadini, Priscila Soares. “Papel das hemaglutininas 67-72p de Corynebacterium diphtheriae na ligação a proteínas plasmáticas, superfícies celulares, invasão e indução de apoptose .” 2010. Web. 06 Mar 2021.

Vancouver:

Sabbadini PS. Papel das hemaglutininas 67-72p de Corynebacterium diphtheriae na ligação a proteínas plasmáticas, superfícies celulares, invasão e indução de apoptose . [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade do Estado do Rio de Janeiro; 2010. [cited 2021 Mar 06]. Available from: http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3591 ;.

Council of Science Editors:

Sabbadini PS. Papel das hemaglutininas 67-72p de Corynebacterium diphtheriae na ligação a proteínas plasmáticas, superfícies celulares, invasão e indução de apoptose . [Doctoral Dissertation]. Universidade do Estado do Rio de Janeiro; 2010. Available from: http://www.bdtd.uerj.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3591 ;

2. Castro, Gisele Franco de. A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico.

Degree: 2020, Universidade Federal do Amazonas

As mol?culas org?nicas bioativas (MOB) t?m sua aplica??o estendida tanto na f?sica quanto na medicina devido as suas propriedades fotof?sicas. O estudo da intera??o dessas mol?culas com o meio biol?gico ? um caminho para potencializar esses efeitos, principalmente os farmacol?gicos. Esse tipo de estudo muitas vezes por serem medidas indiretas deixam algumas inc?gnitas com rela??o a: esp?cie ativa; mecanismo de transporte na membrana biol?gica; tipo de intera??o e s?tio associativo. A espectroscopia de emiss?o com o uso de pseudomembranas (micelas) possibilita responder ou elucidar estas quest?es. Buscou-se analisar tr?s MOB: o DHMC, a Harmina e o APNH, todas com anel arom?tico em suas estruturas e propriedades biol?gicas distintas: antif?ngico, alucin?geno e um carcinog?nico, respectivamente. Foram utilizados c?lculos da DFT com base 6-31 + G* e funcional B3LYP com o programa Spartan16 ? e Origin ? simulando ambientes hidrof?lico e hidrof?bicos. Posteriormente foram realizadas medidas espectrosc?picas de absor??o UV-VIS e emiss?o (?exc= 313nm) em solvente hidrof?bico, hidrof?lico e em micelas (neutra, ani?nica e cati?nica). A esp?cie a??o do DHMC ? o DHMC-H. O DHMC + desprotona e entra na micela e permanece acorado em sua regi?o hidrof?lica. A mol?cula Harmina comportou-se de forma diferente conforme a carga da micela. Quando a micela ? neutra o monoc?tion desprotona e dentro da micela coexistem duas esp?cies: HR ancorada na regi?o hidrof?bica e a esp?cie HR-H ancorada na regi?o hidrof?lica. Agora quando a carga micelar ? negativa a Harmina tem como esp?cie ativa o HR-forte. Essa esp?cie fica ancorada na regi?o aquosa formando um complexo de liga??o de hidrog?nio entre o nitrog?nio da piridina da esp?cie HR. A carga micelar tamb?m propiciou um comportamento fotof?sico distinto para a mol?cula APNH. A emiss?o em micela neutra foi semelhante ao comportamento fotof?sico em meio hidrof?lico. O APNH entrou na micela e ficou na regi?o pr?xima ? superf?cie. O APNH em micela ani?nica teve suas propriedades fotof?sicas anuladas e em micela cati?nica o APNH ficou na regi?o hidrof?bica (no n?cleo da micela). Esse comportamento fotof?sico ajuda a esclarecer o entendimento do mecanismo de transporte do APNH para o interior de uma micela. Tamb?m auxilia a compreens?o da carcinogenicidade dessa mol?cula frente as c?lulas. Os sistemas de emiss?o juntamente com as outras metodologias foram eficazes no estudo das propriedades fotof?sicas destas mol?culas, demonstrando que essa metodologia tamb?m ? uma forma de aux?lio ao entendimento da intera??o droga/pseudomembrana fornecendo uma ideia da a??o farmacol?gica.

The bioactive organic molecules (MOB) have their application extended both in physics and in medicine due to their photophysical properties. The study of the interaction of these molecules with the biological environment is a way to enhance these effects, especially pharmacological effects. This type of study often because they are indirect measures leave some unknowns regarding: active species; transport mechanism in the…

Advisors/Committee Members: Marques, Alberto dos Santos, http://lattes.cnpq.br/9942676168552776, Lucena Junior, Juracy Regis de, http://lattes.cnpq.br/8119528339396944, Lopes, Jos? Arimat?ia Dantas, http://lattes.cnpq.br/3421337623011794, Segala, Karen, http://lattes.cnpq.br/4698491030183035.

Subjects/Keywords: Espectroscopia de emiss?o; Mol?culas org?nicas bioativas; Farmacologia experimental; Membrana biol?gica; Propriedades fotof?sicas; CI?NCIAS EXATAS E DA TERRA; Mol?culas bioativas; Intera??o; Emiss?o; Propriedades supramoleculares; Pseudomembrana; A??o farmacol?gica

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Castro, G. F. d. (2020). A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/8038

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Castro, Gisele Franco de. “A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico.” 2020. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed March 06, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/8038.

MLA Handbook (7th Edition):

Castro, Gisele Franco de. “A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico.” 2020. Web. 06 Mar 2021.

Vancouver:

Castro GFd. A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2020. [cited 2021 Mar 06]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/8038.

Council of Science Editors:

Castro GFd. A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2020. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/8038

.