Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(Propriedades supramoleculares). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Engelmann, Fabio Monaro. Caracterização de complexos supramoleculares de meso(fenilpiridil)porfirinas e suas propriedades fotofísicas e fotoquímicas.

Degree: Mestrado, Química Inorgânica, 2001, University of São Paulo

A síntese, caracterização e propriedades fotofísicas e fotoquímicas de uma série de meso-(fenilpiridil)porfirinas, com n substituintes fenila e 4-n substituintes piridina (n = 1 a 4), e as respectivas espécies supermoleculares obtidas pela coordenação de complexos [Ru(2,2\'-bipy)2Cl]+ aos nitrogênios piridínicos, são descritos. Os resultados dos estudos espectroscópicos e eletroquímicos foram consistentes com as estruturas propostas. Foi constatada a ocorrência de processo de transferência de energia do estado MLCT3 dos complexos periféricos para o estado singlete da porfirina em vidro de etanol, e para o estado triplete a 25°C. Esses resultados sugerem que o estado excitado MLCT3 está energeticamente acima do estado S1, a 77 K, e existe uma interação eletrônica significativa entre os complexos de rutênio e o anel porfirínico. A temperatura ambiente, a transferência de energia para o estado singlete da porfirina é ineficiente devido a rápida desativação não radiativa do estado MLCT3. Esse fato foi confirmado pelo espectro de excitação, que reproduz apenas as bandas de absorção da porfirina. O rendimento quântico de fluorescência da porfirina sofre uma diminuição bastante pronunciada quando em presença de O2 dissolvido, que parecem ser inversamente proporcionais ao número de substituintes piridina. Além disso, o tempo de vida, a constante de velocidade de supressão pelo O2 e o rendimento quântico de formação de oxigênio singlete a partir da espécie no estado triplete T1, parecem não ser influenciados pelo número de complexos [Ru(bipy)2Cl]+ coordenados ao anel porfirínico. Nenhuma fotodecomposição foi observada durante os experimentos. Os rendimentos quânticos de oxigênio singlete (~O,5) obtidos para as porfirinas supermoleculares são comparável ao de outros fotossensibilizadores porfirínicos utilizados em estudos de terapia fotodinâmica. Logo, a estratégia de se introduzir complexos de rutênio bipiridina como modificadores das propriedades das meso(fenilpiridil)porfirinas, e também como novos sítios de interação, por exemplo, com biomoléculas, parece ser adequada para a preparação de novos sensibilizadores supramoleculares.

The preparation, characterization and photophysical and photochemical properties of a series of meso-(phenylpyridyl)porphyrins, with n phenyl and 4n pyridyl substituents (n =1 to 4), and the respective supermolecular species obtained by the coordination of [Ru{2,2\'-bipy)2Cl]+ complexes to the pyridine nitrogen atoms, are described. The results of the spectroscopic and electrochemical studies were consistent . with the proposed molecular structures. The occurrence of energy transfer processes from the MLCT3 state of the peripheral ruthenium complexes to the porphyrin singlet state in ethanol glass, and to the triplet state at room temperature, were observed. These strongly suggest that the excited MLCT3 state is energetically above the porphyrin S1 state (77 K), and that there is a sufficiently strong electronic interaction between the ruthenium complexes and the porphyrin ring. The energy…

Advisors/Committee Members: Araki, Koiti.

Subjects/Keywords: Complexos porfirínicos supramoleculares; Photochemical properties; Photophysical properties; Propriedades fotofísicas; Propriedades fotoquímicas; Supramolecular complexes of porphyrins

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Engelmann, F. M. (2001). Caracterização de complexos supramoleculares de meso(fenilpiridil)porfirinas e suas propriedades fotofísicas e fotoquímicas. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46134/tde-05112007-161745/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Engelmann, Fabio Monaro. “Caracterização de complexos supramoleculares de meso(fenilpiridil)porfirinas e suas propriedades fotofísicas e fotoquímicas.” 2001. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed March 09, 2021. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46134/tde-05112007-161745/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Engelmann, Fabio Monaro. “Caracterização de complexos supramoleculares de meso(fenilpiridil)porfirinas e suas propriedades fotofísicas e fotoquímicas.” 2001. Web. 09 Mar 2021.

Vancouver:

Engelmann FM. Caracterização de complexos supramoleculares de meso(fenilpiridil)porfirinas e suas propriedades fotofísicas e fotoquímicas. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2001. [cited 2021 Mar 09]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46134/tde-05112007-161745/ ;.

Council of Science Editors:

Engelmann FM. Caracterização de complexos supramoleculares de meso(fenilpiridil)porfirinas e suas propriedades fotofísicas e fotoquímicas. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2001. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46134/tde-05112007-161745/ ;

2. Castro, Gisele Franco de. A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico.

Degree: 2020, Universidade Federal do Amazonas

As mol?culas org?nicas bioativas (MOB) t?m sua aplica??o estendida tanto na f?sica quanto na medicina devido as suas propriedades fotof?sicas. O estudo da intera??o dessas mol?culas com o meio biol?gico ? um caminho para potencializar esses efeitos, principalmente os farmacol?gicos. Esse tipo de estudo muitas vezes por serem medidas indiretas deixam algumas inc?gnitas com rela??o a: esp?cie ativa; mecanismo de transporte na membrana biol?gica; tipo de intera??o e s?tio associativo. A espectroscopia de emiss?o com o uso de pseudomembranas (micelas) possibilita responder ou elucidar estas quest?es. Buscou-se analisar tr?s MOB: o DHMC, a Harmina e o APNH, todas com anel arom?tico em suas estruturas e propriedades biol?gicas distintas: antif?ngico, alucin?geno e um carcinog?nico, respectivamente. Foram utilizados c?lculos da DFT com base 6-31 + G* e funcional B3LYP com o programa Spartan16 ? e Origin ? simulando ambientes hidrof?lico e hidrof?bicos. Posteriormente foram realizadas medidas espectrosc?picas de absor??o UV-VIS e emiss?o (?exc= 313nm) em solvente hidrof?bico, hidrof?lico e em micelas (neutra, ani?nica e cati?nica). A esp?cie a??o do DHMC ? o DHMC-H. O DHMC + desprotona e entra na micela e permanece acorado em sua regi?o hidrof?lica. A mol?cula Harmina comportou-se de forma diferente conforme a carga da micela. Quando a micela ? neutra o monoc?tion desprotona e dentro da micela coexistem duas esp?cies: HR ancorada na regi?o hidrof?bica e a esp?cie HR-H ancorada na regi?o hidrof?lica. Agora quando a carga micelar ? negativa a Harmina tem como esp?cie ativa o HR-forte. Essa esp?cie fica ancorada na regi?o aquosa formando um complexo de liga??o de hidrog?nio entre o nitrog?nio da piridina da esp?cie HR. A carga micelar tamb?m propiciou um comportamento fotof?sico distinto para a mol?cula APNH. A emiss?o em micela neutra foi semelhante ao comportamento fotof?sico em meio hidrof?lico. O APNH entrou na micela e ficou na regi?o pr?xima ? superf?cie. O APNH em micela ani?nica teve suas propriedades fotof?sicas anuladas e em micela cati?nica o APNH ficou na regi?o hidrof?bica (no n?cleo da micela). Esse comportamento fotof?sico ajuda a esclarecer o entendimento do mecanismo de transporte do APNH para o interior de uma micela. Tamb?m auxilia a compreens?o da carcinogenicidade dessa mol?cula frente as c?lulas. Os sistemas de emiss?o juntamente com as outras metodologias foram eficazes no estudo das propriedades fotof?sicas destas mol?culas, demonstrando que essa metodologia tamb?m ? uma forma de aux?lio ao entendimento da intera??o droga/pseudomembrana fornecendo uma ideia da a??o farmacol?gica.

The bioactive organic molecules (MOB) have their application extended both in physics and in medicine due to their photophysical properties. The study of the interaction of these molecules with the biological environment is a way to enhance these effects, especially pharmacological effects. This type of study often because they are indirect measures leave some unknowns regarding: active species; transport mechanism in the…

Advisors/Committee Members: Marques, Alberto dos Santos, http://lattes.cnpq.br/9942676168552776, Lucena Junior, Juracy Regis de, http://lattes.cnpq.br/8119528339396944, Lopes, Jos? Arimat?ia Dantas, http://lattes.cnpq.br/3421337623011794, Segala, Karen, http://lattes.cnpq.br/4698491030183035.

Subjects/Keywords: Espectroscopia de emiss?o; Mol?culas org?nicas bioativas; Farmacologia experimental; Membrana biol?gica; Propriedades fotof?sicas; CI?NCIAS EXATAS E DA TERRA; Mol?culas bioativas; Intera??o; Emiss?o; Propriedades supramoleculares; Pseudomembrana; A??o farmacol?gica

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Castro, G. F. d. (2020). A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/8038

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Castro, Gisele Franco de. “A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico.” 2020. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed March 09, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/8038.

MLA Handbook (7th Edition):

Castro, Gisele Franco de. “A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico.” 2020. Web. 09 Mar 2021.

Vancouver:

Castro GFd. A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2020. [cited 2021 Mar 09]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/8038.

Council of Science Editors:

Castro GFd. A espectroscopia de emiss?o e sua aplica??o no estudo de mol?culas org?nicas com interesse farmacol?gico. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2020. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/8038

.