Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(Miguel Arraes). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Souza, Fabio Silva de. O Movimento de Cultura Popular do Recife (1959-1964).

Degree: Mestrado, História Social, 2014, University of São Paulo

Nesta dissertação, analisamos as dinâmicas internas do Movimento de Cultura Popular (MCP) nos anos 1960 e a aproximação de determinada elite intelectualizada com as camadas populares. Entendemos que os jovens intelectuais que militaram no MCP, uma vez confrontados com os desafios do meio sócio-político-cultural popular da cidade do Recife e do interior de Pernambuco, desenvolveram propostas programáticas e ações político-culturais que contribuíram para a percepção de que as classes populares deveriam ser sujeitos da sua história e protagonistas da construção de sua identidade. Na nossa hipótese, essa percepção pode ser contraposta às ações e aos valores dos intelectuais que se caracterizaram por certo dirigismo e elitismo. Em outras palavras, sustentamos que a experiência histórica do MCP rompeu os limites e valores que motivaram os intelectuais que formaram o Movimento. A partir dessa hipótese, buscamos, por meio da análise das especificidades das correntes, debates e contradições do Movimento, demonstrar que o MCP surgiu de um interesse político-partidário, mas acabou indo além dele. O lugar dos intelectuais no movimento foi tensionado entre o dirigismo e o contato efetivo com as massas populares, na construção de um idioma cultural e ideológico comum, marcado por um reformismo e pelo nacionalismo progressista. As relações entre intelectuais e povo, no contexto recifense, seguiram padrões nacionais (intelectual como mediador entre povo, Estado e Nação), porém, também sofreram influxos do contexto local. Por último, defendemos que o MCP, como movimento cultural e político, não teve tempo de maturar suas próprias contradições, dado seu fim abrupto em 1964

In this masters thesis, we analyze the 1960s internal dynamics of the Movimento de Cultura Popular (MCP) and the approximation of a certain intellectualized elite with the working class. We understand that the young intellectuals who have participated in activism in MPC, when confronted with the challenges of the socio-political and cultural working class environment from the city of Recife and from the country side of Pernambuco, have developed programmatic proposals as well as political and cultural actions that have contributed to the perception that the working class should be the subjects of their own history and protagonist of their own identity construction. Its our hypothesis that this perception contrasts with the intellectuals actions and values which are characterized by a certain dirigisme and elitism. In other words, we claim that the MCP historical experience has surpassed the limits and values that have motivated the intellectuals from the Movement. Based on this hypothesis and trough the analysis of the specificities of the different lines of thoughts, debates and contradictions of the Movement, we have tried to demonstrate that MCP was originated by partisan interests, but was not restricted to it. The intellectuals place in the Movement was a battle between dirigisme and the actual contact with the working class in the construction of a common…

Advisors/Committee Members: Eugênio, Marcos Francisco Napolitano de.

Subjects/Keywords: Intelectuais; Intellectuals; Miguel Arraes; Miguel Arraes; Movimento de Cultura Popular; Movimento de Cultura Popular; Pernambuco; Pernambuco; Reformism; Reformismo

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Souza, F. S. d. (2014). O Movimento de Cultura Popular do Recife (1959-1964). (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-08012015-105321/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Souza, Fabio Silva de. “O Movimento de Cultura Popular do Recife (1959-1964).” 2014. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed August 17, 2019. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-08012015-105321/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Souza, Fabio Silva de. “O Movimento de Cultura Popular do Recife (1959-1964).” 2014. Web. 17 Aug 2019.

Vancouver:

Souza FSd. O Movimento de Cultura Popular do Recife (1959-1964). [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2014. [cited 2019 Aug 17]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-08012015-105321/ ;.

Council of Science Editors:

Souza FSd. O Movimento de Cultura Popular do Recife (1959-1964). [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2014. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-08012015-105321/ ;

2. CUNHA, Maria Falcão Soares da. Reflexões em torno da criação de arquivos memoriais: o acervo do exílio de Miguel Arraes .

Degree: 2015, Universidade Federal de Pernambuco

Esta dissertação pretende realizar uma reflexão acerca do papel do arquivista, na construção de lugares de memória, partindo das mudanças ocorridas no uso e produção da informação. Para tal, partimos da análise da construção social da memória, a partir do acervo produzido pelo ex-governador do Estado de Pernambuco, Miguel Arraes de Alencar, durante o período no qual esteve exilado na Argélia (1965-1979). Através de pesquisa exploratória e bibliográfica, objetiva-se compreender e caracterizar a trajetória de um arquivo, o qual nasceu com propósito de servir como acervo corrente (de uso imediato e específico) e, com o tempo, tornou-se lugar de memória. Hoje, 49 anos após seu surgimento, o acervo analisado é uma fonte de memória pessoal e política, que retrata parte da história coletiva e social do país. Buscamos caracterizar a documentação que forma a Série Exílio, custodiada pelo Instituto Miguel Arraes (IMA), possibilitando a reconstrução da representação das informações ali contidas. Advisors/Committee Members: OLIVEIRA, Maria Cristina Guimarães (advisor).

Subjects/Keywords: Ciência da informação.; Arquivologia; Alencar, Miguel Arraes de – Arquivos; Arquivos pessoais; Memória coletiva.; Ditadura

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

CUNHA, M. F. S. d. (2015). Reflexões em torno da criação de arquivos memoriais: o acervo do exílio de Miguel Arraes . (Thesis). Universidade Federal de Pernambuco. Retrieved from http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16950

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

CUNHA, Maria Falcão Soares da. “Reflexões em torno da criação de arquivos memoriais: o acervo do exílio de Miguel Arraes .” 2015. Thesis, Universidade Federal de Pernambuco. Accessed August 17, 2019. http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16950.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

CUNHA, Maria Falcão Soares da. “Reflexões em torno da criação de arquivos memoriais: o acervo do exílio de Miguel Arraes .” 2015. Web. 17 Aug 2019.

Vancouver:

CUNHA MFSd. Reflexões em torno da criação de arquivos memoriais: o acervo do exílio de Miguel Arraes . [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Pernambuco; 2015. [cited 2019 Aug 17]. Available from: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16950.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

CUNHA MFSd. Reflexões em torno da criação de arquivos memoriais: o acervo do exílio de Miguel Arraes . [Thesis]. Universidade Federal de Pernambuco; 2015. Available from: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/16950

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.