Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

You searched for subject:(Licopen). One record found.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Loro, Ana Carolina. Caracterização química e funcional de tomates \"Sweet Grape\" e Italiano submetidos à desidratação osmótica e adiabática.

Degree: Mestrado, Química na Agricultura e no Ambiente, 2015, University of São Paulo

O tomate é um produto hortícola de importância comercial para o Brasil e seu consumo se dá tanto na forma in natura quanto de produtos processados. O Sweet Grape, híbrido de mini tomate de sabor mais adocicado, pode ser consumido como acompanhamento, tira-gosto ou in natura. No que tange aos tomates in natura, as principais dificuldades de comercialização estão relacionadas às perdas pós-colheita e ao excedente produtivo. Devido ao fato de ser altamente perecível, o processo de desidratação vem sendo uma grande alternativa ao fruto que não apresenta padrões de comercialização in natura e ao excedente produtivo, no entanto pouco se estudou sobre o processamento na variedade híbrida Sweet Grape. O processamento consistiu na desidratação em solução osmótica, seguido de secagem em secador convectivo adiabático. Diante disso, o presente trabalho objetivou estudar técnica de secagem em duas variedades de tomate, Italiano e Sweet Grape, por meio de análises de composição centesimal (umidade, cinzas, lipídios, proteínas, fibras e carboidratos), mineral, antioxidantes (fenólicos, luteína, betacaroteno, licopeno e ácido ascórbico) e sensorial dos tomates in natura e dos produtos desidratados. Na composição centesimal, o processamento realizado no Sweet Grape preservou melhor os parâmetros, comparado ao Italiano. Com relação aos minerais, o processamento teve mesma influência para a maioria deles, independentemente da variedade. Para os fenólicos, o processamento concentrou o teor de forma significativa, em ambas as variedades. Para os carotenoides, o processamento reduziu de forma significativa os teores de luteína e betacaroteno e de forma não significativa o licopeno, em ambas as variedades. Para o ácido ascórbico observou-se diminuição significativa com o processamento em ambas as variedades. A análise sensorial revelou que o Sweet Grape desidratado teve boa aceitação dos consumidores. Os resultados permitem concluir que a desidratação manteve a qualidade nutricional quando realizada no tomate Sweet Grape

The tomato is a vegetable of commercial importance to Brazil and its consumption occurs both in natura as processed products. The Sweet Grape, hybrid of mini tomato, can be consumed as a appetizer or in natura. For tomatoes in natura, the main market difficulties are related to post-harvest losses and the over production. Because of its high perishability, the dehydration process has been an alternative to fruit that has no commercial standards in natura and over production, however little has been studied about the processing of Sweet Grape. The processing consisted to osmotic dehydration in solution, followed by drying under adiabatic convective dryer. Thus, the present study investigated drying technique for two varieties of tomato, Italian and Sweet Grape, by chemical composition analysis (moisture, ash, fat, protein, fiber and carbohydrates), mineral, antioxidant (phenolic, lutein, beta carotene, lycopene and ascorbic acid) and sensory of fresh and dehydrated tomatoes. For the chemical composition, the processing…

Advisors/Committee Members: Spoto, Marta Helena Fillet.

Subjects/Keywords: Antioxidantes; Antioxidants; Drying; Italian; Italiano; Licopen; Licopeno; Secagem; Sweet Grape; Sweet Grape

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Loro, A. C. (2015). Caracterização química e funcional de tomates \"Sweet Grape\" e Italiano submetidos à desidratação osmótica e adiabática. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-06102015-113722/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Loro, Ana Carolina. “Caracterização química e funcional de tomates \"Sweet Grape\" e Italiano submetidos à desidratação osmótica e adiabática.” 2015. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed November 22, 2019. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-06102015-113722/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Loro, Ana Carolina. “Caracterização química e funcional de tomates \"Sweet Grape\" e Italiano submetidos à desidratação osmótica e adiabática.” 2015. Web. 22 Nov 2019.

Vancouver:

Loro AC. Caracterização química e funcional de tomates \"Sweet Grape\" e Italiano submetidos à desidratação osmótica e adiabática. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2015. [cited 2019 Nov 22]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-06102015-113722/ ;.

Council of Science Editors:

Loro AC. Caracterização química e funcional de tomates \"Sweet Grape\" e Italiano submetidos à desidratação osmótica e adiabática. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2015. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-06102015-113722/ ;

.