Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(Etnomicologia). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. TRUJILLO, Jhonathan Paul Gamboa. Introdução à etnomicologia no Equador .

Degree: 2009, Universidade Federal de Pernambuco

O presente estudo registra macromicetes, macroliquens e mixomicetes usados em 13 comunidades (indígenas, colonas e afro-equatorianos) nas quatro regiões do Equador (Costa, Cordilheira e Amazônia e Ilhas Galápagos). Foram realizadas consultas bibliográficas, visitas aos herbários equatorianos, e coletas em feiras populares e em comunidades assentadas dentro das florestas protegidas durante os anos de 2002 a 2009, usando sistemas de entrevistas informais apoiados em na convivência nessas comunidades. Além disso, análises de artefatos foram realizadas em museus equatorianos, encontrando-se duas novas ocorrências micomórficas das ordens Geastrales e Agaricales. Das visitas às 13 comunidades, foram obtidos 2942 registros de macrofungos, liquens e mixomicetos, dos quais 477 representam espécies, famílias e filos para os quais foram relatados usos. Foram identificadas 157 espécies de 40 famílias em 11 categorias de uso: zôo-comestíveis, comestíveis, indicadoras de época de plantio, medicinais, lúdicos, ornamentais, rituais, mitológicas, alucinógenas, luminosas (bioluminescentes) e venenosas. As espécies mais utilizadas são: Favolus tenuiculus (8% dos registros) e Ganoderma australe (7%), seguidas por Auricularia delicata (6%), A. fuscosuccinea (6%) e Lentinus crinitus (6%). Das famílias identificadas, Polyporaceae (12%) apresentou maior freqüência de uso, seguida por Marasmiaceae (11%) e Xylariaceae (10%). O filo com maior freqüência de uso foi Basidiomycota (84%). A categoria mitológica foi mais vezes mencionada (28,5%), seguida pela comestível (24,5%) e medicinal (24,1%). O uso de Favolus tenuiculus, Ganoderma australe, Auricularia fuscosuccinea, A. delicata e Pleurotus djamor foi comum a todas as regiões do Equador continental, sendo algumas dessas espécies as mais freqüentes dentro de cada categoria. A região com maior freqüência de usos é a Amazônica (80,50% dos registros), seguida pela Costa (14,25%), Cordilheira (5,03%) e Ilhas Galápagos (0,20%), dados diretamente proporcionais ao número de etnias de cada região. As observações permitem concluir que o Equador é um país micófilo desde épocas ancestrais Advisors/Committee Members: GIBERTONI, Tatiana Baptista (advisor).

Subjects/Keywords: Etnomicologia; Nacionalidades indígenas; Categorias de uso; Equador

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

TRUJILLO, J. P. G. (2009). Introdução à etnomicologia no Equador . (Thesis). Universidade Federal de Pernambuco. Retrieved from http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/973

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

TRUJILLO, Jhonathan Paul Gamboa. “Introdução à etnomicologia no Equador .” 2009. Thesis, Universidade Federal de Pernambuco. Accessed October 27, 2020. http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/973.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

TRUJILLO, Jhonathan Paul Gamboa. “Introdução à etnomicologia no Equador .” 2009. Web. 27 Oct 2020.

Vancouver:

TRUJILLO JPG. Introdução à etnomicologia no Equador . [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Pernambuco; 2009. [cited 2020 Oct 27]. Available from: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/973.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

TRUJILLO JPG. Introdução à etnomicologia no Equador . [Thesis]. Universidade Federal de Pernambuco; 2009. Available from: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/973

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

2. Isla, Ruby Vargas. Taxonomia, biologia e produção de semente-inóculo de Panus strigellus, um cogumelo comestível da Amazônia.

Degree: 2012, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

A Amazônia apresenta condições climáticas que favorecem o crescimento de um grande número de espécies de cogumelos. Uma dessas espécies é Panus strigellus com potencial de uso na indústria alimentícia. Este trabalho apresenta estudos sobre a taxonomia, biologia e produção de semente-inóculo de P. strigellus. Esta espécie comestível apresenta características macroscópicas semelhantes a P. lecomtei. Para tanto, evidências combinadas de estudos morfológicos e moleculares foram utilizadas para confirmar a identificação das espécies. Detalhes de caracteres morfológicos para P. strigellus, assim como a ocorrência no Estado do Amazonas são descritas pela primeira vez. Também a distribuição geográfica nas Américas para ambas as espécies foi revisada. A produção de semente-inóculo conhecida como Spawn em inglês, Tanekin em Japonês e Blanc em francês é o primeiro passo para o cultivo de cogumelos. Neste trabalho foram obtidas com sucesso formulações para semente-inóculo de P. strigellus utilizando-se resíduos agroflorestais regionais. Também foram descritas características biológicas de P. strigellus, tais como a preservação micelial, a atividade enzimática extracelular, o ciclo de vida, incluindo o tipo de cruzamento (mating type). Para tanto, quatro métodos para a manutenção da cultura micelial foram estudados. Isolados desta espécie apresentaram atividade enzimática extracelular de amilase, celulase, esterase e lipase, em meio sólido específico. O ciclo de vida foi completado em condições laboratoriais e o tipo de cruzamento de P. strigellus foi confirmado como tetrapolar. Experimentos de cruzamento entre monocários de P. strigellus e de P. lecomtei foram realizados pela primeira vez, sendo que estes apresentaram incompatibilidade.

The Amazon climate favours the growth of numerous mushroom species. One of these species, Panus strigellus, has potential applications in food industries. This work presents studies about the taxonomy, biology and spawn s production of P. strigellus. This edible mushroom presented macroscopic characteristics similar to those of P. lecomtei. Combined evidences of morphological and molecular studies were used to confirm species identification. Morphological characters details for P. strigellus as well as its occurrence to Amazonas State are described at the first time. Geographical distribution in the Americas was reviewed for both species. The spawn production, known as Spawn in English, Tanekin in Japanese and Blanc in French, is the first step for mushrooms cultivation. In this work the spawn formulations of P. strigellus were obtained successfully using regional agroforestry residues. Also, the biological characteristics of P. strigellus were described, such as mycelial preservation, extracellular enzymatic activity, life cycle including the mating type. For this, four methods to mycelial culture maintenance were studied. Isolates of this species showed amylase, cellulase, esterase and lipase extracellular enzymatic activity in specific solid media. The life cycle under laboratory conditions…

Advisors/Committee Members: Ishikawa, Noemia Kazue, Marenco, Ricardo Antonio, Gasparotto, Luadir, Maki, Cristina Sayuri, Cavallazzi, José Renato Pereira, Kinupp, Valdely Ferreira, Kinupp, Valdely Ferreira.

Subjects/Keywords: Etnomicologia; Ciclo de vida; Mating type; Semente-inóculo; Taxonomia; Lentinus strigellus; CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA::BOTANICA APLICADA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Isla, R. V. (2012). Taxonomia, biologia e produção de semente-inóculo de Panus strigellus, um cogumelo comestível da Amazônia. (Doctoral Dissertation). Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Retrieved from http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1030

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Isla, Ruby Vargas. “Taxonomia, biologia e produção de semente-inóculo de Panus strigellus, um cogumelo comestível da Amazônia.” 2012. Doctoral Dissertation, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Accessed October 27, 2020. http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1030.

MLA Handbook (7th Edition):

Isla, Ruby Vargas. “Taxonomia, biologia e produção de semente-inóculo de Panus strigellus, um cogumelo comestível da Amazônia.” 2012. Web. 27 Oct 2020.

Vancouver:

Isla RV. Taxonomia, biologia e produção de semente-inóculo de Panus strigellus, um cogumelo comestível da Amazônia. [Internet] [Doctoral dissertation]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2012. [cited 2020 Oct 27]. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1030.

Council of Science Editors:

Isla RV. Taxonomia, biologia e produção de semente-inóculo de Panus strigellus, um cogumelo comestível da Amazônia. [Doctoral Dissertation]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2012. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1030

.