Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(Defesa Induzida). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Soares, Eduardo Calixto. Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas.

Degree: Mestrado, Entomologia, 2015, University of São Paulo

As plantas, produtores da base das cadeias tróficas, apresentam diversos tipos de defesas contra a ação de consumidores, os herbívoros, podendo ser defesas físicas, químicas e bióticas. Nas defesas bióticas, plantas fornecem recursos alimentares (e.g. néctar extrafloral) e/ou moradia para predadores que em troca podem fornecer proteção contra herbívoros. Assim, a partir de comportamentos agressivos e/ou de patrulha, formigas são consideradas os principais protetores de plantas. Nessa perspectiva, a presente dissertação buscou investigar a influência que o néctar extrafloral tem sob a interação formiga-planta em uma área de Cerrado. O estudo foi realizado na Reserva Ecológica do Clube Caça e Pesca Itororó de Uberlândia, no município de Uberlândia, MG, em uma área com fitofisionomia de cerrado sentido restrito. A espécie de planta utilizada neste estudo foi Qualea multiflora (Vochysiaceae), uma das espécies mais abundantes do Cerrado, a qual apresenta nectários extraflorais (NEFs) na base do pecíolo foliar e nas inflorescências. Nossas hipóteses principais foram: a) que formigas visitantes dos NEFs de Q. multiflora impactam positivamente a planta, reduzindo a ação de herbívoros; b) que essas interações formigas-plantas são modificadas ao longo do desenvolvimento fenológico das folhas das plantas; c) que diferentes níveis de herbivoria nas plantas produzem também diferentes reações nas formigas visitantes; e d) que diferentes estruturas das plantas apresentam diferentes níveis de defesas. Os resultados demonstrados no Capítulo 1 comprovam que a herbivoria foliar em Q. multiflora foi baixa e similar nos diferentes estágios de desenvolvimento da folha, mostrando que as defesas expressas pela planta são eficientes. Das três defesas foliares avaliadas durante o desenvolvimento foliar, observou-se que a densidade de tricomas apresenta pico de efetividade no início do desenvolvimento, a defesa biótica (produtividade dos NEFs) apresenta pico de efetividade no período intermediário do desenvolvimento, e a dureza foliar apresenta pico de efetividade no período em que a folha já está adulta. Esses resultados comprovam a eficiência da variação temporal nas defesas foliares de Q. multiflora, o que interfere diretamente na interação formiga-planta. No Capítulo 2, foi mostrado que NEFs localizados em inflorescências produzem néctar mais volumoso e energético que atrai maior quantidade de formigas comparado ao néctar produzido pelos NEFs foliares. A produtividade e a atratividade dos NEFs, assim como o forrageamento de formigas, também foram afetados por variações na herbivoria (simulada experimentalmente). Esses resultados demonstram que Q. multiflora sincroniza suas defesas foliares ao longo do tempo garantindo a proteção contra herbívoros e que essas defesas (como evidenciado para defesa biótica) podem ser alteradas de acordo com o valor e probabilidade de ataque de suas estruturas.

Plants, producers of food chains, have different types of defenses against action of consumers, herbivores, which can be physical, chemical and…

Advisors/Committee Members: Claro, Kleber Del.

Subjects/Keywords: Defesa Induzida; Herbivory simulation; Induced defenses; Optimal Defense Theory; Qualea multiflora.; Qualea multiflora.; Simulação de herbivoria; Teoria da Defesa Ótima

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Soares, E. C. (2015). Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-15092015-223749/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Soares, Eduardo Calixto. “Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas.” 2015. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed October 20, 2020. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-15092015-223749/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Soares, Eduardo Calixto. “Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas.” 2015. Web. 20 Oct 2020.

Vancouver:

Soares EC. Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2015. [cited 2020 Oct 20]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-15092015-223749/ ;.

Council of Science Editors:

Soares EC. Interação formiga-planta: impacto da variação na oferta de néctar extrafloral sobre o forrageamento de formigas. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2015. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-15092015-223749/ ;

2. Sinara Cristina de Moraes. Ecologia das interações entre formigas e a mirmecófita Tococa guianensis no Cerrado brasileiro.

Degree: 2006, Federal University of Uberlândia

Tococa guianensis (Melastomataceae) é uma das poucas espécies de plantas mirmecófitas que ocorrem no Cerrado Brasileiro e apesar de neste bioma esta espécie ser comumente encontrada em matas galerias e matas ciliares (e eventualmente em formações campestres), pouco se sabe sobre sua interação com formigas. Para isto, foram analisadas três populações de T. guianensis no sudeste e centro-oeste Brasileiro. Em Uberlândia, MG, foram amostrados dois fragmentos de mata de galeria, em Jataí, GO, uma área de campo e quatro matas de galeria não fragmentadas (porém com histórico de perturbação antrópica), e no Parque Nacional de Emas, GO, duas matas de galeria não perturbadas. Em cada uma destas áreas amostrais foi determinada a porcentagem de plantas colonizadas por formigas e as espécies de formigas associadas. Essas foram classificadas como espécies obrigatórias ou não obrigatórias, dependendo do fato de a formiga nidificar regularmente na planta hospedeira. O efeito das formigas obrigatórias sobre a herbivoria da planta hospedeira foi determinado através de comparações no nível de herbivoria entre plantas sem formigas ou com formigas não obrigatórias e plantas com formigas obrigatórias. Foram tomadas medidas da morfologia, do teor de água, dureza e densidade de tricomas das folhas de plantas de duas áreas amostrais em Jataí (uma em mata e outra em campo) e uma em Uberlândia. Finalmente, foi estabelecida uma comparação das características defensivas (dureza e densidade de tricomas) entre plantas com formigas obrigatórias (controle) e plantas cujas formigas foram removidas experimentalmente da planta hospedeira. Das 238 plantas amostradas, 67,2% tinham formigas obrigatórias (entre as quais Allomerus sp. foi a espécie predominante), 21 % outras formigas e 11,8% não possuíam formigas. Houve diferenças significativas entre as três áreas de estudo em relação à proporção de plantas colonizadas por formigas obrigatórias. Enquanto em Jataí e Emas mais de 75% das plantas tinham formigas obrigatórias, em Uberlândia nenhuma das plantas possuíam estas formigas. Apesar de formigas obrigatórias serem comuns nas matas galeria de Jataí, no campo adjacente a uma destas matas elas não ocorreram. A herbivoria em plantas com formigas obrigatórias foi significativamente menor do que em plantas sem formigas ou com outras formigas. A herbivoria foi significativamente maior nas plantas de Uberlândia do que nas plantas de Jataí e Emas, e maior em Jataí do que em Emas. A maior herbivoria em Uberlândia pode ser atribuída à ausência de formigas obrigatórias, enquanto a diferença entre as plantas de Jataí e Emas talvez esteja relacionada ao grau de perturbação das matas destas duas localidades. Plantas sem formigas obrigatórias (de um fragmento de mata em Uberlândia e de um campo em Jataí) apresentaram diferenças significativas em várias características foliares comparativamente às plantas com formigas obrigatórias (de uma mata em Jataí). As folhas jovens e maduras de plantas com formigas eram mais alongadas (menor razão entre largura e comprimento da… Advisors/Committee Members: Cecilia Lomônaco de Paula, Thiago Junqueira Izzo, Heraldo Luís de Vasconcelos.

Subjects/Keywords: ECOLOGIA; Mutualismo entre formigas e plantas; Herbivoria; Defesa induzida; Defesa biótica; Cerrado; Mata galeria; Inseto; Interação inseto-planta; Melastomataceae

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Moraes, S. C. d. (2006). Ecologia das interações entre formigas e a mirmecófita Tococa guianensis no Cerrado brasileiro. (Thesis). Federal University of Uberlândia. Retrieved from http://www.bdtd.ufu.br//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=843

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Moraes, Sinara Cristina de. “Ecologia das interações entre formigas e a mirmecófita Tococa guianensis no Cerrado brasileiro.” 2006. Thesis, Federal University of Uberlândia. Accessed October 20, 2020. http://www.bdtd.ufu.br//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=843.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Moraes, Sinara Cristina de. “Ecologia das interações entre formigas e a mirmecófita Tococa guianensis no Cerrado brasileiro.” 2006. Web. 20 Oct 2020.

Vancouver:

Moraes SCd. Ecologia das interações entre formigas e a mirmecófita Tococa guianensis no Cerrado brasileiro. [Internet] [Thesis]. Federal University of Uberlândia; 2006. [cited 2020 Oct 20]. Available from: http://www.bdtd.ufu.br//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=843.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Moraes SCd. Ecologia das interações entre formigas e a mirmecófita Tococa guianensis no Cerrado brasileiro. [Thesis]. Federal University of Uberlândia; 2006. Available from: http://www.bdtd.ufu.br//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=843

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation


Universidade Federal de Viçosa

3. Renato de Almeida Sarmento. Defesas induzidas em plantas de tomate mediando interações ecológicas entre artrópodes.

Degree: 2007, Universidade Federal de Viçosa

Neste estudo foi investigado o efeito das defesas induzidas diretas e indiretas de plantas de tomate sobre características ecológicas do ácaro vermelho Tetranychus evansi Baker &Pritchard (Acari: Tetranychidae), pelo fato desse ácaro ser praga importante do tomateiro. Também foi avaliado o efeito de defesas indiretas de plantas de tomate, tais como a emissão de compostos voláteis induzidos por herbivoria, no comportamento de forrageamento do coccinelídeo predador Cycloneda sanguinea Linnaeus (Coleoptera: Coccinellidae), e se este predador usa pistas voláteis para detectar a presença de predadores heteroespecíficos em seus locais de alimentação e oviposição. Foi observado que fêmeas do ácaro T. evansi foram atraídas ao invés de repelidas por voláteis provenientes de plantas de tomate infestadas com ácaros da mesma espécie. Além disso, a fecundidade de fêmeas de T. evansi em folhas de tomate que previamente receberam dano desses ácaros foi aproximadamente duas vezes maior que em folhas de plantas de tomate limpas, enquanto a fecundidade em folhas de plantas induzidas foi similar àquela obtida em plantas limpas. Em seguida, foi observado que a atividade de inibidores de protease foi aproximadamente três vezes mais baixa em folhas danificadas pelo ácaro T. evansi do que em folhas limpas e duas vezes menor que em folhas limpas de plantas danificadas (folhas induzidas). Contudo, quando folhas de plantas de tomate foram danificadas pelo ácaro rajado Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae), observou-se um aumento expressivo dos níveis desses inibidores de protease nessas folhas. Em seguida, observou-se que a menor taxa de oviposição de fêmeas de T. evansi em folhas de plantas de tomate que foram previamente infestadas com espécimens de T. urticae coincidiu com a preferência de fêmeas de T. evansi por plantas de tomate infestadas por ácaros da mesma espécie, quando testada contra plantas infestadas com o ácaro rajado T. urticae. Estes resultados indicam que o ácaro T. evansi é capaz de enfraquecer o sistema de defesa de suas plantas hospedeiras, o que explicaria a maior atratividade dessas plantas a T. evansi, bem como o melhor desempenho de fêmeas deste ácaro em plantas infestadas por ácaros da mesma espécie, quando comparada a plantas limpas. Já o desempenho inferior de fêmeas de T. evansi em folhas de plantas de tomate que receberam danos do ácaro rajado T. urticae, pode ter sido determinada pela baixa qualidade nutricional de tais plantas, causada pelos altos níveis de inibidores de protease nessas plantas. Adicionalmente, a densidade relativa de teia produzida por fêmeas de T. evansi foi aproximadamente três vezes menor em discos feitos de folhas de plantas que foram previamente infestadas com ácaros da mesma espécie do que em discos de folhas de plantas que foram previamente infestadas com T. urticae. Já a taxa de oviposição de fêmeas de T. evansi foi aproximadamente duas vezes maior em discos feitos de folhas de plantas de tomate que foram previamente infestadas com ácaros da mesma espécie do que em folhas de… Advisors/Committee Members: Derly José Henriques da Silva, Eraldo Rodrigues de Lima, Madelaine Venzon, José Henrique Schoereder, Ângelo Pallini Filho.

Subjects/Keywords: Lycopersicum esculentum; Solanum lycopersicon; Defesa induzida; Inibidores de protease; Resistência; Ácaros-praga; Predadores; FITOSSANIDADE; Lycopersicum esculentum; Solanum lycopersicon; Induced defense; Proteinase inhibitors; Resistance; Acari; Predators

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Sarmento, R. d. A. (2007). Defesas induzidas em plantas de tomate mediando interações ecológicas entre artrópodes. (Thesis). Universidade Federal de Viçosa. Retrieved from http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=513

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Sarmento, Renato de Almeida. “Defesas induzidas em plantas de tomate mediando interações ecológicas entre artrópodes.” 2007. Thesis, Universidade Federal de Viçosa. Accessed October 20, 2020. http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=513.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Sarmento, Renato de Almeida. “Defesas induzidas em plantas de tomate mediando interações ecológicas entre artrópodes.” 2007. Web. 20 Oct 2020.

Vancouver:

Sarmento RdA. Defesas induzidas em plantas de tomate mediando interações ecológicas entre artrópodes. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Viçosa; 2007. [cited 2020 Oct 20]. Available from: http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=513.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Sarmento RdA. Defesas induzidas em plantas de tomate mediando interações ecológicas entre artrópodes. [Thesis]. Universidade Federal de Viçosa; 2007. Available from: http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=513

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.