Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(Categorias de uso). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Alexandra Maria de Castro e Santos AraÃjo. O complexo TAM (Tempo, Aspecto e Modalidade) em materiais didÃticos de FrancÃs e PortuguÃs LÃngua Estrangeira.

Degree: PhD, 2016, Universidade Federal do Ceará

à luz de pressupostos funcionalistas, esta Tese apresenta uma anÃlise do tratamento dado Ãs categorias Tempo, Aspecto e Modalidade nos materiais didÃticos tanto de FrancÃs quanto de PortuguÃs LÃngua Estrangeira, utilizados nos cursos de ExtensÃo da Universidade Federal do Cearà (UFC). Em relaÃÃo ao Tempo, verificamos se os materiais didÃticos correlacionam forma > funÃÃes e funÃÃo > formas, ou seja, se mencionam o fato de uma forma codificar mais de uma funÃÃo e/ou de uma funÃÃo ser codificada por mais de uma forma, e se abordam diferentes mecanismos de marcaÃÃo de Tempo: morfossintÃticos e semÃntico-discursivos. Quanto ao Aspecto, tratamos dos traÃos aspectuais de duratividade (habitualidade x iteratividade) e telicidade e da marcaÃÃo Aspectual: inerente e composicional. Para Modalidade, analisamos mecanismos de marcaÃÃo da Modalidade por meio do verbo, advÃrbio e adjetivo (em posiÃÃo predicativa) e correlaÃÃo dos usos modais à fonte e ao alvo. O corpus à composto por duas coleÃÃes: Latitudes, de FrancÃs LÃngua Estrangeira, contendo trÃs volumes, trÃs cadernos de exercÃcios e trÃs guias pedagÃgicos; e Bem-Vindo!, de PortuguÃs LÃngua Estrangeira, contendo cinco volumes e dois cadernos de exercÃcios. Os resultados apontaram que dos 2.232 exercÃcios no conjunto de materiais de FrancÃs, 144 relacionaram-se à categoria Tempo, 82 à categoria Aspecto e 199 à categoria Modalidade. Quanto ao conjunto de exercÃcios de PortuguÃs, dos 768 exercÃcios, 57 foram para Tempo, 29 para Aspecto e 57 para Modalidade. Observamos que, nos materiais de FrancÃs, a categoria Modalidade sobressaiu-se em relaÃÃo Ãs categorias de Tempo e Aspecto. Nos materiais de PortuguÃs, Tempo e Modalidade apresentaram o mesmo quantitativo, jà Aspecto foi a categoria com menos exercÃcios em relaÃÃo a Tempo e Modalidade em ambos os materiais. Para a categoria Tempo, nos materiais de FrancÃs, os Ãndices percentuais para forma-funÃÃes e funÃÃo-formas foram, respectivamente, 0,09% e 0,94%; para mecanismos morfossintÃticos de codificaÃÃo temporal, o percentual foi de 4,39% e para mecanismos semÃntico-discursivos de codificaÃÃo temporal, 1,03%. Para a categoria Tempo, nos materiais de PortuguÃs, os Ãndices estÃo assim distribuÃdos: forma-funÃÃes (0,52%); funÃÃo-formas (1,30%); mecanismos morfossintÃticos de codificaÃÃo temporal (4,81%) e mecanismos semÃntico-discursivos de codificaÃÃo temporal (0,78%). Para a categoria Aspecto, nos materiais de FrancÃs, o Ãndice percentual para traÃos aspectuais foi 1,34%, prevalecendo o traÃo duratividade em detrimento do traÃo telicidade; quanto aos mecanismos de marcaÃÃo aspectual: hà 1,12% para aspecto inerente e 1,20% para composicional. Nos materiais de PortuguÃs, hà 1,30% de atividades que consideram o traÃo aspectual de duratividade, 1,17% para mecanismos de marcaÃÃo aspectual inerente e 1,30% para mecanismos composicionais. Para a categoria Modalidade, nos materiais de FrancÃs, observamos mecanismos de marcaÃÃo da modalidade: verbo (6,04%), advÃrbio (0,67%) e adjetivo em posiÃÃo predicativa (1,61%); e correlaÃÃo dos usos… Advisors/Committee Members: Marlene GonÃalves Mattes, MÃrluce Coan, Rosemeire Selma Monteiro, Rozania Maria Alves de Moraes, Angela Cristina Di Palma Back.

Subjects/Keywords: LINGUISTICA; Complexo TAM (Tempo, Aspecto e Modalidade); Funcionalismo; Material DidÃtico de FrancÃs; Material DidÃtico de PortuguÃs; LÃngua Estrangeira; Complexe TAM (Temps, Aspect et ModalitÃ); Fonctionnalisme; MatÃriel didactique de FranÃais; MatÃriel didactique de Portugais; Langue ÃtrangÃre; Funcionalismo (LinguÃstica); LÃngua Francesa â ComposiÃÃo e ExercÃcios; LÃngua Portuguesa (LÃngua Estrangeira) ComposiÃÃo e ExercÃcios; LÃngua Francesa â uso da Norma LinguÃstica â Estudo e Ensino; Categorias Gramaticais

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

AraÃjo, A. M. d. C. e. S. (2016). O complexo TAM (Tempo, Aspecto e Modalidade) em materiais didÃticos de FrancÃs e PortuguÃs LÃngua Estrangeira. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Ceará. Retrieved from http://www.teses.ufc.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=17126 ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

AraÃjo, Alexandra Maria de Castro e Santos. “O complexo TAM (Tempo, Aspecto e Modalidade) em materiais didÃticos de FrancÃs e PortuguÃs LÃngua Estrangeira.” 2016. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Ceará. Accessed October 22, 2020. http://www.teses.ufc.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=17126 ;.

MLA Handbook (7th Edition):

AraÃjo, Alexandra Maria de Castro e Santos. “O complexo TAM (Tempo, Aspecto e Modalidade) em materiais didÃticos de FrancÃs e PortuguÃs LÃngua Estrangeira.” 2016. Web. 22 Oct 2020.

Vancouver:

AraÃjo AMdCeS. O complexo TAM (Tempo, Aspecto e Modalidade) em materiais didÃticos de FrancÃs e PortuguÃs LÃngua Estrangeira. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Ceará 2016. [cited 2020 Oct 22]. Available from: http://www.teses.ufc.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=17126 ;.

Council of Science Editors:

AraÃjo AMdCeS. O complexo TAM (Tempo, Aspecto e Modalidade) em materiais didÃticos de FrancÃs e PortuguÃs LÃngua Estrangeira. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Ceará 2016. Available from: http://www.teses.ufc.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=17126 ;

2. Ammann, Stefan. Etnobotânica de árvores e palmeiras em três comunidades ribeirinhas do rio Jauaperi, na divisa entre Roraima e Amazonas.

Degree: 2014, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Este estudo investiga o conhecimento e o uso de árvores e palmeiras em quatro trilhas utilizadas pelos moradores das comunidades Gaspar, Itaquera e Xixuaú, localizadas nas margens do rio Jauaperi, na divisa de Novo Airão (AM) e Rorainópolis (RR). Foram realizadas 48 entrevistas independentes, na forma de turnê guiada, com a aplicação de um questionário estruturado totalizando 50 dias em campo entre os meses de julho e outubro de 2012. O estímulo que norteou o estudo foi apresentar árvores e palmeiras previamente marcadas aos participantes da pesquisa, e a pergunta que o guiou foi: “O(A) senhor(a) conhece esse vegetal/planta?” Em caso afirmativo, o informante era indagado pelo nome como ele(a) o chamava, bem como o(s) uso(s) e a(s) parte(s) utilizada(s). Um total de 44 informantes entre 12 e 66 anos de idade participou das entrevistas. Foi abordado o conhecimento e o uso de 126 espécies de árvores e 11 de palmeiras com informantes masculinos e femininos de diferentes idades e com diferentes habilidades dentro da comunidade. Esta foi a primeira pesquisa a avaliar o conhecimento sobre árvores e palmeiras em três comunidades ribeirinhas do rio Jauaperi mediante a padronização do estímulo. Foram registradas 26 zonas de vegetação. Foram registrados 100 nomes de consenso. O grau de competência etnobotânica para os informantes variou de 5% a 96%. O tempo de residência na região oferece melhor explicação sobre o grau de conhecimento etnobotânico dos informantes que a idade do informante. A família Arecaceae apresentou o maior Family Use Value (FUV) de todas as famílias. Nas quatro trilhas marcadas, 94% (37 de 39) das famílias e 92% (127 das 137) das espécies foram citadas como úteis pelos ribeirinhos das três comunidades. Excluída a categoria combustível, 92% das famílias (36) e 89% das espécies (122) são citadas como úteis.

This study is of the use and knowledge of trees and palms in four trails used by the inhabitants of three villages, Gaspar, Itaquera and Xixuaú, on the banks of the River Jauaperi, on the frontier between Novo Airão (Amazonas state) and Rorainópolis (Roraima state). A total of 48 independent interviews made during a guided walk with a structured questionnaire, during 50 days from July to October 2012. The questions were based on previously marked trees and palms which were shown to the interviewees, with the question “do you know this plant?”. If the reply was affirmative, the interviewee was asked for its name, and what was the utility of the plant, and which part was used. A total of 44 informants between 12 and 66 years of age participated in the interviews. The knowledge and use of 126 species of trees and 11 palms was documented, and informants were of both genders, various ages, and with different histories and experiences within the communities. This is the first structured study of local knowledge of trees and palms of communities on the River Jauaperi. Twenty six names for vegetation types were recorded. One hundred consensus names were registered. The ethnobotanical competence level of the…

Advisors/Committee Members: Hopkins, Michael John Gilbert, Scudeller, Veridiana Vizoni, Milliken, William.

Subjects/Keywords: Etnobotânica; Categorias de uso; Comunidades tradicionais; CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Ammann, S. (2014). Etnobotânica de árvores e palmeiras em três comunidades ribeirinhas do rio Jauaperi, na divisa entre Roraima e Amazonas. (Masters Thesis). Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Retrieved from http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1646

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Ammann, Stefan. “Etnobotânica de árvores e palmeiras em três comunidades ribeirinhas do rio Jauaperi, na divisa entre Roraima e Amazonas.” 2014. Masters Thesis, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Accessed October 22, 2020. http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1646.

MLA Handbook (7th Edition):

Ammann, Stefan. “Etnobotânica de árvores e palmeiras em três comunidades ribeirinhas do rio Jauaperi, na divisa entre Roraima e Amazonas.” 2014. Web. 22 Oct 2020.

Vancouver:

Ammann S. Etnobotânica de árvores e palmeiras em três comunidades ribeirinhas do rio Jauaperi, na divisa entre Roraima e Amazonas. [Internet] [Masters thesis]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2014. [cited 2020 Oct 22]. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1646.

Council of Science Editors:

Ammann S. Etnobotânica de árvores e palmeiras em três comunidades ribeirinhas do rio Jauaperi, na divisa entre Roraima e Amazonas. [Masters Thesis]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2014. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1646

3. TRUJILLO, Jhonathan Paul Gamboa. Introdução à etnomicologia no Equador .

Degree: 2009, Universidade Federal de Pernambuco

O presente estudo registra macromicetes, macroliquens e mixomicetes usados em 13 comunidades (indígenas, colonas e afro-equatorianos) nas quatro regiões do Equador (Costa, Cordilheira e Amazônia e Ilhas Galápagos). Foram realizadas consultas bibliográficas, visitas aos herbários equatorianos, e coletas em feiras populares e em comunidades assentadas dentro das florestas protegidas durante os anos de 2002 a 2009, usando sistemas de entrevistas informais apoiados em na convivência nessas comunidades. Além disso, análises de artefatos foram realizadas em museus equatorianos, encontrando-se duas novas ocorrências micomórficas das ordens Geastrales e Agaricales. Das visitas às 13 comunidades, foram obtidos 2942 registros de macrofungos, liquens e mixomicetos, dos quais 477 representam espécies, famílias e filos para os quais foram relatados usos. Foram identificadas 157 espécies de 40 famílias em 11 categorias de uso: zôo-comestíveis, comestíveis, indicadoras de época de plantio, medicinais, lúdicos, ornamentais, rituais, mitológicas, alucinógenas, luminosas (bioluminescentes) e venenosas. As espécies mais utilizadas são: Favolus tenuiculus (8% dos registros) e Ganoderma australe (7%), seguidas por Auricularia delicata (6%), A. fuscosuccinea (6%) e Lentinus crinitus (6%). Das famílias identificadas, Polyporaceae (12%) apresentou maior freqüência de uso, seguida por Marasmiaceae (11%) e Xylariaceae (10%). O filo com maior freqüência de uso foi Basidiomycota (84%). A categoria mitológica foi mais vezes mencionada (28,5%), seguida pela comestível (24,5%) e medicinal (24,1%). O uso de Favolus tenuiculus, Ganoderma australe, Auricularia fuscosuccinea, A. delicata e Pleurotus djamor foi comum a todas as regiões do Equador continental, sendo algumas dessas espécies as mais freqüentes dentro de cada categoria. A região com maior freqüência de usos é a Amazônica (80,50% dos registros), seguida pela Costa (14,25%), Cordilheira (5,03%) e Ilhas Galápagos (0,20%), dados diretamente proporcionais ao número de etnias de cada região. As observações permitem concluir que o Equador é um país micófilo desde épocas ancestrais Advisors/Committee Members: GIBERTONI, Tatiana Baptista (advisor).

Subjects/Keywords: Etnomicologia; Nacionalidades indígenas; Categorias de uso; Equador

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

TRUJILLO, J. P. G. (2009). Introdução à etnomicologia no Equador . (Thesis). Universidade Federal de Pernambuco. Retrieved from http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/973

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

TRUJILLO, Jhonathan Paul Gamboa. “Introdução à etnomicologia no Equador .” 2009. Thesis, Universidade Federal de Pernambuco. Accessed October 22, 2020. http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/973.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

TRUJILLO, Jhonathan Paul Gamboa. “Introdução à etnomicologia no Equador .” 2009. Web. 22 Oct 2020.

Vancouver:

TRUJILLO JPG. Introdução à etnomicologia no Equador . [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Pernambuco; 2009. [cited 2020 Oct 22]. Available from: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/973.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

TRUJILLO JPG. Introdução à etnomicologia no Equador . [Thesis]. Universidade Federal de Pernambuco; 2009. Available from: http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/973

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.