Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

You searched for subject:(Brasiliorchis). One record found.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Novello, Mariana. Filogenia molecular e delimitação de espécies no gênero Brasiliorchis (MAXILLARIINAE, ORCHIDACEAE).

Degree: Mestrado, Genética e Melhoramento de Plantas, 2013, University of São Paulo

O gênero Brasiliorchis inclui atualmente 14 espécies de orquídeas restritas ao bioma Mata Atlântica, ocorrendo desde Misiones, Argentina, até o Estado da Bahia, na região nordeste do Brasil.Embora estas espécies tenham sido tradicionalmente reconhecidas pelos seus caracteres vegetativos e principalmente florais, elas são morfologicamente muito similares e apresentam caracteres diagnósticos contínuos,assim, ousoexclusivo da morfologiapode não ser útil para identificação das espéciesneste grupo de orquídeas. Um estudo morfométrico anteriormente realizado com seis espécies deste gênero não conseguiu identificar agrupamentos claros. Amaioria dos caracteres analisados apresentou sobreposição entre diferentes espécies, sendo que apenas a espécie B. gracilisse mostrou distinta das demais. O objetivo desse estudo foi contribuir para aidentificação de linhagens evolutivamente distintas dentro do gênero e avaliar se os padrões filogenéticos de diversificação corroboram com o estudo morfométrico anteriormente realizado.Foram utilizados dados de sequências de plastídios (psbj-petA, atpl-atpH)e nucleares (ITS1-2) considerandoampla variação geográfica e morfológica observada no grupo. Foram amostrados 96 indivíduos,originados de 37 localidades de ocorrência no Brasil, incluindo 11 espéciesdo gênero. Análises de máxima parcimônia e bayesiana foram realizadas considerando os dados separadamente e concatenados.Os resultados suportam B. schunkeana como irmã de todas as outras espécies do gênero. B. barbozaefoi reconhecida como um grupo monofilético distinto, corroborando com os caracteres morfológicos diagnósticos desta espécie, e possivelmente irmão das espécies do complexo B. picta.A espécie B. gracilis não foi reconhecida como um grupo monofilético, não corroborando com o estudo de morfometria, na qual essa espécie se apresentou distinta das outras do complexo. Contudo, nas análises concatenadas alguns indivíduos apresentaram-se como irmãos das espécies do complexo B. picta. As espécies morfologicamente homogêneas pertencentes ao complexo B. picta (B. chrysantha, B. marginata, B. porphyrostele, B. ubatubana, B. phoenicanthera e B. picta) não formaram clados monofiléticos distintos. B. kautskyi e B. consanguinea, as quais são morfologicamente distintas, foram incluídas nos clados constituídos pelas espécies do complexo B. picta.Eventos de introgressão e hibridação podem ser potenciais causas da insuficiente resolução das árvores filogenéticas obtidas nesse estudo. Os padrões observados também sugerem que a separação das linhagens pode ter ocorrido recentemente e/ou rapidamente. Marcadores adicionais e análises de árvores de espécies podem ajudar a esclarecer os padrões de diversificação neste grupo.

The genus Brasiliorchis currently includes 14 species of orchids occurring mainly in the Atlantic Forest Biome, from Misiones, Argentina, to the stateof Bahia, in northeastern Brazil. Although these species have been traditionally recognized by vegetative andmainly floral traits, they are morphologically very similar and display…

Advisors/Committee Members: Veasey, Elizabeth Ann.

Subjects/Keywords: Brasiliorchis; Brasiliorchis; cpDNA; cpDNA; Filogenia; ITS; ITS; Orchidaceae; Orchidaceae; Phylogeny

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Novello, M. (2013). Filogenia molecular e delimitação de espécies no gênero Brasiliorchis (MAXILLARIINAE, ORCHIDACEAE). (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-22082013-160556/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Novello, Mariana. “Filogenia molecular e delimitação de espécies no gênero Brasiliorchis (MAXILLARIINAE, ORCHIDACEAE).” 2013. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed August 09, 2020. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-22082013-160556/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Novello, Mariana. “Filogenia molecular e delimitação de espécies no gênero Brasiliorchis (MAXILLARIINAE, ORCHIDACEAE).” 2013. Web. 09 Aug 2020.

Vancouver:

Novello M. Filogenia molecular e delimitação de espécies no gênero Brasiliorchis (MAXILLARIINAE, ORCHIDACEAE). [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2013. [cited 2020 Aug 09]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-22082013-160556/ ;.

Council of Science Editors:

Novello M. Filogenia molecular e delimitação de espécies no gênero Brasiliorchis (MAXILLARIINAE, ORCHIDACEAE). [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2013. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-22082013-160556/ ;

.