Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(Biofarmacologia). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Molina, Erika de Simone. Avaliação de indução de resposta imunológica ao fator VIII da coagulação humano recombinante no modelo murino de hemofilia A.

Degree: Mestrado, Biotecnologia, 2013, University of São Paulo

O fator VIII da coagulação é utilizado para o tratamento da hemofilia A e pode ser obtido a partir de concentrados do plasma humano ou na sua forma recombinante (rFVIII). Nosso laboratório tem explorado uma alternativa mais eficiente para a produção do rFVIII em células de mamíferos, utilizando um variante artificial do rFVIII humano (rFVIII-lab). O objetivo principal deste trabalho foi avaliar a imunogenicidade do rFVIII-lab utilizando camundongos modelo da hemofilia A, tendo como objetivos experimentais a purificação, caracterização de atividade funcional in vivo e caracterização de imunogenicidade do rFVIII-lab comparada a produtos de referência, um derivado de plasma e outro recombinante. Os resultados indicam que o perfil de imunogenicidade observado para o rFVIII-lab foi menos intenso e a atividade funcional observada foi similar quando comparado aos produtos de referência. A expectativa é que o presente estudo contribua para o estabelecimento de uma plataforma de produção do rFVIII no país visando o tratamento dos pacientes hemofílicos brasileiros.

Factor VIII (FVIII) replacement therapy employing either FVIII concentrates from blood plasma or recombinant FVIII is the standard of care for management of hemophilia A. Our group has been exploring a more efficient alternative for recombinant FVIII production in mammalian cells employing an engineered artificial variant of the protein (rFVIII-lab). The main objective of this study was to evaluate the immunogenicity of the rFVIII-lab using a murine model of hemophilia A and the specific experimental objectives were to purify, evaluate the in vivo functional activity and the immunogenicity of rFVIII-lab compared to plasma derived and recombinant reference products. Data revealed reduced immunogenicity of rFVIII-lab whereas functional activity was similar when compared to the reference products. The presented study is expected to contribute to the establishment of a locally production platform for the rFVIII aiming at the treatment of Brazilian hemophilic patients.

Advisors/Committee Members: Demasi, Marcos Angelo Almeida.

Subjects/Keywords: Bio pharmacology; Biofarmacologia; Blood clotting factors; Camundongos; Fatores de coagulação sanguínea; Hemofilia; Hemophilia; Immunogenetics; Imunogenética; Mice

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Molina, E. d. S. (2013). Avaliação de indução de resposta imunológica ao fator VIII da coagulação humano recombinante no modelo murino de hemofilia A. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-06112013-110452/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Molina, Erika de Simone. “Avaliação de indução de resposta imunológica ao fator VIII da coagulação humano recombinante no modelo murino de hemofilia A.” 2013. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed September 20, 2020. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-06112013-110452/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Molina, Erika de Simone. “Avaliação de indução de resposta imunológica ao fator VIII da coagulação humano recombinante no modelo murino de hemofilia A.” 2013. Web. 20 Sep 2020.

Vancouver:

Molina EdS. Avaliação de indução de resposta imunológica ao fator VIII da coagulação humano recombinante no modelo murino de hemofilia A. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2013. [cited 2020 Sep 20]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-06112013-110452/ ;.

Council of Science Editors:

Molina EdS. Avaliação de indução de resposta imunológica ao fator VIII da coagulação humano recombinante no modelo murino de hemofilia A. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2013. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-06112013-110452/ ;

2. Stephano, Marco Antonio. Veneno de Bothrops jararaca modificado com mPEG (monometoxipolietileno glicol) para elaboração de um adjuvante complexado à partícula antigênica.

Degree: PhD, Tecnologia de Fermentações, 2005, University of São Paulo

Enzimas, biofármacos e produtos de origem biológica de modo geral sempre foram obstáculos para o uso terapêutico. Isto em função dos riscos de reação adversa que poderiam ocasionar bem como a indução de uma resposta imunológica desejável ou não. A utilização do monometoxipolietileno glicol (mPEG) conjugado a proteínas e enzimas trouxe novas perspectivas de utilização de substâncias naturais como substâncias farmacológicas ativas, pois o fato de estarem conjugadas a um polímero inerte atribui uma nova estrutura físico-química a essas substâncias, diminuindo consideravelmente os riscos de anafilaxia e a biodegradação por formação de complexos antígeno-anticorpo. Os estudos das variáveis inseridas no fenômeno de formação da estrutura mPEG e proteína, como também os novos sistemas de fornecimento de fármaco-químicos, trouxeram subsídios para o desenvolvimento deste trabalho no que se refere ao fornecimento de antígeno para o sistema imunológico. Este trabalho demonstrou que o mPEG pode ser utilizado como adjuvante e ao mesmo tempo como indutor de mecanismos de tolerância imunológica. Esta modulação ocorre em função da concentração de mPEG conjugado a molécula protéica, de modo que baixas concentrações de aminas conjugadas levam a um mecanismo de adjuvanticidade com aumento da produção de Il-4 e IL-5 e consequentemente aumento da produção de anticorpos quando comparados ao antígeno somente. Por outro lado os mecanismos de tolerância foram demonstrados pelo aumento da produção de IL-2, INF-γ e TNF-α quando concentração de mPEG ultrapassa a de 30% das aminas livres demonstrando uma ativação de células Th1. Também ficou demonstrado que a utilização do mPEG pode ser uzadopara diminuir ou até mesmo eliminar a atividade tóxicas de venenos peçonhentos. Pois durante os experimentos realizados houve uma diminuição de no mínimo de 50% da toxicidade.

Enzymes, biopharmaceutics and biological products in general way had always been obstacles for the therapeutically use. This in function of the risks of adverse reaction that could cause as well as the induction of a desirable immunological reply or not. The use of the monomethoxypolyethylene glycol (mPEG) conjugated proteins and enzymes brought new perspectives of natural substance use as active pharmacology substances, therefore the fact to be conjugated to an inert polymer had given to a good new physical-chemistry structure of these substances, diminishing the risks of anaphylaxis and the biodegradation for of complexes antigen-antibody formation. However the new studies of the inserted variable in the phenomenon of structure mPEG and protein formation as the system of supply of pharmacology-chemistries had also brought subsidies for the development of this work as for supply of antigen for the immune system. This work demonstrated that the MPEG can be used as adjuvant and at the same time as inductive of mechanisms of immunological tolerance. This modulation occurs in function of the concentration of conjugated MPEG the protein molecule, in way that low conjugated…

Advisors/Committee Members: Abrahao Neto, Jose.

Subjects/Keywords: Adjuvant; Adjuvantes; Antibody; Anticorpos; Antigen (Immunology); Antigenos (Imunologia); Antiveneno; Antivenom; Biofarmacologia; Biopharmacology; Brotops; Brotops; mPEG; mPEG; Polímeros sintéticos (Aplicações terapêuticas); Synthetic polymer (Therapeutic appliactions); Toxinas (Aplicações terapêuticas); Toxins (Therapeutic appliactions); Veneno; Venom

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Stephano, M. A. (2005). Veneno de Bothrops jararaca modificado com mPEG (monometoxipolietileno glicol) para elaboração de um adjuvante complexado à partícula antigênica. (Doctoral Dissertation). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9134/tde-12092012-161422/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Stephano, Marco Antonio. “Veneno de Bothrops jararaca modificado com mPEG (monometoxipolietileno glicol) para elaboração de um adjuvante complexado à partícula antigênica.” 2005. Doctoral Dissertation, University of São Paulo. Accessed September 20, 2020. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9134/tde-12092012-161422/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Stephano, Marco Antonio. “Veneno de Bothrops jararaca modificado com mPEG (monometoxipolietileno glicol) para elaboração de um adjuvante complexado à partícula antigênica.” 2005. Web. 20 Sep 2020.

Vancouver:

Stephano MA. Veneno de Bothrops jararaca modificado com mPEG (monometoxipolietileno glicol) para elaboração de um adjuvante complexado à partícula antigênica. [Internet] [Doctoral dissertation]. University of São Paulo; 2005. [cited 2020 Sep 20]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9134/tde-12092012-161422/ ;.

Council of Science Editors:

Stephano MA. Veneno de Bothrops jararaca modificado com mPEG (monometoxipolietileno glicol) para elaboração de um adjuvante complexado à partícula antigênica. [Doctoral Dissertation]. University of São Paulo; 2005. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9134/tde-12092012-161422/ ;

.