Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:(3 alquinil selenofeno). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters


Universidade Federal de Santa Maria

1. Ethel Antunes Wilhelm. AÇÃO FARMACOLÓGICA DO 3-ALQUINIL SELENOFENO EM MODELOS DE CONVULSÃO EM RATOS JOVENS.

Degree: 2012, Universidade Federal de Santa Maria

As convulsões têm conseqüências importantes em termos de mortalidade e qualidade de vida da população afetada, sendo um fator de risco para o desenvolvimento de alterações cognitivas e anormalidades comportamentais. Tendo em vista as promissoras propriedades farmacológicas das moléculas contendo selênio, no artigo 1 avaliamos a ação anticonvulsivante do (1-(2,5-difenilselenofeno-3-il)-3-metilpent-1-in-3-ol, que foi genericamente denominado de 3-alquinil selenofeno (3-ASP) frente as convulsões induzidas por pilocarpina (PC), pentilenotetrazole (PTZ) e cainato (KA) em ratos de 21 dias de vida. Os animais foram pré-tratados com 3-ASP (10, 25 ou 50 mg/kg; per oral, p.o.) ou veículo, 30 minutos antes da administração intraperitoneal (i.p.) de PC (400 mg/kg), PTZ (80 mg/kg) ou KA (45 mg/kg). Verificamos que o pré-tratamento com 3-ASP (50 mg/kg) aboliu as convulsões e a morte induzidas pela administração de PC. O 3-ASP (50 mg/kg) aumentou a latência para o primeiro episódio convulsivo, bem como, diminuiu a mortalidade e a incidência das convulsões causadas por PTZ e KA. Ainda no artigo 1, consideramos importante o estudo da ação antioxidante do 3-ASP (10, 25 e 50 mg/kg; p.o.) frente ao estresse oxidativo induzido pela PC (400 mg/kg, i.p.) em ratos de 21 dias de vida. Os resultados demonstraram que o pré-tratamento com 3-ASP mostrou-se eficaz na proteção contra a inibição da atividade cerebral da superóxido dismutase, diminuição dos níveis de ácido ascórbico, estimulação da atividade da catalase e aumento dos níveis de espécies reativas causadas pela PC. Adicionalmente, o 3-ASP protegeu contra a inibição da atividade da acetilcolinesterase e da Na+,K+-ATPase resultantes das convulsões induzidas pela PC. Em um segundo momento, o envolvimento dos sistemas glutamatérgico e GABAérgico na ação anticonvulsivante do 3-ASP foi verificado (Artigos 1 e 2). A combinação de doses sub-efetivas de 3-ASP (10 mg/kg, p.o.) e diazepam (agonista GABAérgico; 0,5 mg/kg, i.p.), 5S,10R (+)-5-metil-10,11-dihidro-5H-dibenzo [a,d] ciclohepteno -5,10- imina maleato (MK-801; antagonista não-competitivo do receptor NMDA; 0.1mg/kg, i.p.) ou 6,7-dinitroquinoxalina-2,3-diona (DNQX; antagonista de receptores não-NMDA; 5 mg/kg, i.p.) aumentou a latência para o primeiro episódio convulsivo, bem como diminuiu a incidência de convulsões induzidas pela PC. Por outro lado, a combinação de 3-ASP e 2-metil-6-feniletinil piridina hidroclorada (MPEP; antagonista do receptor glutamatérgico metabotrópico do tipo 5; 0,5 mg/kg, i.p.) não apresentou efeito protetor contra os episódios convulsivos. A administração oral de 3-ASP (50 mg/kg) causou uma inibição de 64% e 58% da captação de GABA no córtex e no hipocampo, respectivamente. Entretanto, nenhuma alteração na captação de glutamato após a administração de 3-ASP (50 mg/kg) foi observada. Adicionalmente, no artigo 2 investigamos a possível interação entre doses sub-efetivas de 3-ASP e inibidores da captação de GABA ou da GABA transaminase (GABA-T) frente às convulsões induzidas por PC em ratos de 21 dias de vida. Para… Advisors/Committee Members: Cinthia Melazzo Andrade Mazzanti, Tatiana Emanuelli, Félix Alexandre Antunes Soares, Cristina Wayne Nogueira, Ana Flávia Furian.

Subjects/Keywords: glutamato; -aminobutírico; ácido γ; estresse oxidativo; hipertermia; anticonvulsivante; selênio; 3-alquinil selenofeno; CIENCIAS BIOLOGICAS; selenium; 3-alkynyl selenophene; anticonvulsant; hiperthermia; oxidative stress; γ; -aminobutyric acid; glutamate

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Wilhelm, E. A. (2012). AÇÃO FARMACOLÓGICA DO 3-ALQUINIL SELENOFENO EM MODELOS DE CONVULSÃO EM RATOS JOVENS. (Thesis). Universidade Federal de Santa Maria. Retrieved from http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4381

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Wilhelm, Ethel Antunes. “AÇÃO FARMACOLÓGICA DO 3-ALQUINIL SELENOFENO EM MODELOS DE CONVULSÃO EM RATOS JOVENS.” 2012. Thesis, Universidade Federal de Santa Maria. Accessed June 19, 2019. http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4381.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Wilhelm, Ethel Antunes. “AÇÃO FARMACOLÓGICA DO 3-ALQUINIL SELENOFENO EM MODELOS DE CONVULSÃO EM RATOS JOVENS.” 2012. Web. 19 Jun 2019.

Vancouver:

Wilhelm EA. AÇÃO FARMACOLÓGICA DO 3-ALQUINIL SELENOFENO EM MODELOS DE CONVULSÃO EM RATOS JOVENS. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Santa Maria; 2012. [cited 2019 Jun 19]. Available from: http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4381.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Wilhelm EA. AÇÃO FARMACOLÓGICA DO 3-ALQUINIL SELENOFENO EM MODELOS DE CONVULSÃO EM RATOS JOVENS. [Thesis]. Universidade Federal de Santa Maria; 2012. Available from: http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4381

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation


Universidade Federal de Santa Maria

2. Ethel Antunes Wilhelm. EFEITO HEPATOPROTETOR CAUSADO PELO 3-ALQUINIL SELENOFENO CONTRA O DANO OXIDATIVO INDUZIDO POR AGENTES QUÍMICOS EM RATOS.

Degree: 2009, Universidade Federal de Santa Maria

O fígado apresenta extraordinária pluralidade funcional, destacando-se no controle de produção de energia, defesa imunológica e reserva volêmica. No meio ambiente e ocupacionalmente, o ser humano está exposto a uma variedade de compostos hepatotóxicos, como por exemplo, no uso de tintas e seus derivados (2-nitropropano, 2- NP), reagentes químicos (tetracloreto de carbono, CCl4) e na exposição ao cigarro (2-NP). Portanto, é interessante o estudo de terapias que previnam ou até mesmo revertam a intoxicação causada por estes compostos. Considerando que as espécies reativas de oxigênio (EROs) apresentam importante papel sobre diversas patologias, em especial nas doenças hepáticas, o uso de terapias antioxidantes deve ser considerada. Neste contexto, destacam-se os compostos heterocíclicos contendo selênio em sua estrutura. Deste modo, neste estudo investigou-se a atividade antioxidante de 3-alquinil selenofenos em modelos de dano oxidativo in vitro e ex vivo em ratos (Wistar, machos, pesando entre 200 300 g). Para esse fim, testou-se uma classe de compostos 3-alquinil selenofeno, com diferentes substituições na estrutura química, com o objetivo de avaliar o perfil antioxidante e seu possível efeito tóxico in vitro em ratos. Como resultado, 3- alquinil selenofenos tiveram atividade antioxidante, porém esta atividade foi dependente da presença de um alquino terminal na molécula ou da fácil conversão da molécula a um alquino terminal. Além disso, o possível efeito tóxico dos 3-alquinil selenofenos foi avaliado através da atividade da enzima δ-aminolevulinato desidratase (δ-ALA-D) in vitro. Os resultados obtidos demonstraram que nenhum dos 3-alquinil selenofenos testados inibiu a atividade desta enzima, sugerindo que esta classe de compostos não apresentou toxicidade sobre a atividade da δ-ALA-D. A partir destes resultados, selecionou-se o selenofeno h (que obteve melhor atividade antioxidante in vitro) para a avaliação do seu efeito protetor contra o dano oxidativo induzido por 2-NP e CCl4 em ratos (ex vivo). O selenofeno h (25 mg/kg) protegeu contra o aumento dos marcadores de dano hepático (aspartato aminotranferase (AST) e alanina aminotransferase (ALT)) e de estresse oxidativo induzidos pela administração do 2-NP. O 2-NP induziu alterações microscópicas avaliadas por inspeções histopatológicas as quais foram protegidas pelo composto. O selenofeno h demonstrou efeito protetor contra o aumento da peroxidação lipídica e inibição da atividade da δ-ALA-D nos animais tratados com 2-NP. Além disso, o selenofeno h protegeu contra o dano oxidativo induzido pelo CCl4 em ratos. Uma única dose de CCl4 causou significante hepatotoxicidade, evidenciada por elevação da atividade plasmática das enzimas AST e ALT, aumento da incidência de lesões histopatológicas, aumento dos níveis de peroxidação lipídica e da atividade da enzima glutationa-S-transferase (GST), bem como diminuição dos níveis de ácido ascórbico e da atividade das enzimas catalase e δ-ALA-D. A partir dos resultados demonstrados, verificou-se que o… Advisors/Committee Members: Cristina Wayne Nogueira, Alexandre Mazzanti, Carla Denise Bonan, Lucielli Savegnago.

Subjects/Keywords: tetracloreto de carbono; 3-alquinil selenofeno; selênio; dano hepático; BIOQUIMICA; selenium; liver damage; 3-alkynyl selenophene; carbon tetrachloride; 2-nitropropane; 2-nitropropano

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Wilhelm, E. A. (2009). EFEITO HEPATOPROTETOR CAUSADO PELO 3-ALQUINIL SELENOFENO CONTRA O DANO OXIDATIVO INDUZIDO POR AGENTES QUÍMICOS EM RATOS. (Thesis). Universidade Federal de Santa Maria. Retrieved from http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2391

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Wilhelm, Ethel Antunes. “EFEITO HEPATOPROTETOR CAUSADO PELO 3-ALQUINIL SELENOFENO CONTRA O DANO OXIDATIVO INDUZIDO POR AGENTES QUÍMICOS EM RATOS.” 2009. Thesis, Universidade Federal de Santa Maria. Accessed June 19, 2019. http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2391.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Wilhelm, Ethel Antunes. “EFEITO HEPATOPROTETOR CAUSADO PELO 3-ALQUINIL SELENOFENO CONTRA O DANO OXIDATIVO INDUZIDO POR AGENTES QUÍMICOS EM RATOS.” 2009. Web. 19 Jun 2019.

Vancouver:

Wilhelm EA. EFEITO HEPATOPROTETOR CAUSADO PELO 3-ALQUINIL SELENOFENO CONTRA O DANO OXIDATIVO INDUZIDO POR AGENTES QUÍMICOS EM RATOS. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Santa Maria; 2009. [cited 2019 Jun 19]. Available from: http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2391.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Wilhelm EA. EFEITO HEPATOPROTETOR CAUSADO PELO 3-ALQUINIL SELENOFENO CONTRA O DANO OXIDATIVO INDUZIDO POR AGENTES QUÍMICOS EM RATOS. [Thesis]. Universidade Federal de Santa Maria; 2009. Available from: http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2391

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.