Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for subject:( Caryocar villosum). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters


Universidade Estadual de Campinas

1. Chisté, Renan Campos, 1983-. Avaliação da extração de compostos bioativos com propriedades antioxidantes e corantes presentes em urucum e piquiá .

Degree: 2011, Universidade Estadual de Campinas

Resumo: Os compostos bioativos presentes no reino vegetal possuem importantes funções e ações biológicas, podendo ser considerados promotores da saúde humana. Já é reconhecida a associação entre a ingestão de frutas e vegetais e a diminuição do risco de desenvolvimento de diversas desordens crônico-degenerativas, tais como câncer, inflamações, doenças cardiovasculares, catarata, degeneração macular e outras, sendo os carotenóides e compostos fenólicos alguns dos grupos de compostos bioativos aos quais são atribuídas tais ações. As sementes e os extratos de urucum (Bixa orellana L.) são utilizados como corantes nas indústrias alimentícias, farmacêutica e de cosméticos, devido à presença majoritária do carotenóide bixina. Até então, não havia sido relatada na literatura a composição de compostos fenólicos das sementes de urucum. Dessa forma, foi desenvolvido e validado um método por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada aos detectores de arranjo de diodos e espectrômetro de massas (HPLC-DAD-MS/MS) para separar, identificar e quantificar bixina e os compostos fenólicos em semente de urucum. Adicionalmente, foi otimizado um procedimento de extração simultânea desses compostos através da metodologia de superfície de resposta. Além de bixina, conhecida por ser o principal carotenóide em sementes de urucum, a hipolaetina e um derivado de ácido caféico foram identificados, pela primeira vez, como os principais compostos fenólicos. O procedimento otimizado envolveu 15 extrações com acetona:metanol:água (50:40:10, v/v/v) como solvente, razão sólido-líquido de 1:9 (m/v) e 5 min para cada extração em ultrassom. O método cromatográfico proposto foi validado com sucesso para a análise simultânea de compostos fenólicos e bixina em sementes de urucum. Extratos líquidos de urucum com elevada capacidade antioxidante e potencial de cor foram obtidos a partir da extração de bixina e de compostos fenólicos de sementes de urucum utilizando solventes com diferentes polaridades (água, etanol:água, etanol, etanol:acetato de etila e acetato de etila). Os valores mais elevados de compostos fenólicos totais foram encontrados nos extratos obtidos com água, etanol:água e etanol (0,5 mg equivalentes de ácido gálico/mL), e o valor mais elevado de bixina foi encontrado no extrato obtido com etanol:acetato de etila (5,2 mg/mL), que foi caracterizado como o mais vermelho e o mais vívido (a* = 40,5, h°=46,1, C* = 58,4). O extrato obtido com etanol:acetato de etila também apresentou a maior atividade anti-radical livre (4,7 umol equivalente Trolox/mL) e a maior porcentagem de proteção ao triptofano contra o oxigênio singlete (63,6 %). Por outro lado, acetato de etila e a mistura etanol:água foram os solventes menos eficazes para a extração de compostos fenólicos e bixina, respectivamente. De acordo com a análise estatística multivariada, etanol:acetato de etila e acetato de etila foram os solventes mais promissores para obtenção de extratos de urucum com ambas as propriedades antioxidantes e de cor. A partir da extração com diferentes… Advisors/Committee Members: Mercadante, Adriana Zerlotti, 1962- (advisor), Godoy, Helena Teixeira (committee member), Fernandes, Eduarda das Graças Rodrigues (committee member), Castro, Inar alves de (committee member), Alencar, Severino Matias de (committee member).

Subjects/Keywords: Carotenóides; Compostos fenólicos; Urucum; Caryocar villosum; Espécies de oxigênio reativas; Espécies reativas de nitrogênio

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Chisté, Renan Campos, 1. (2011). Avaliação da extração de compostos bioativos com propriedades antioxidantes e corantes presentes em urucum e piquiá . (Thesis). Universidade Estadual de Campinas. Retrieved from http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256351

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Chisté, Renan Campos, 1983-. “Avaliação da extração de compostos bioativos com propriedades antioxidantes e corantes presentes em urucum e piquiá .” 2011. Thesis, Universidade Estadual de Campinas. Accessed January 29, 2020. http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256351.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Chisté, Renan Campos, 1983-. “Avaliação da extração de compostos bioativos com propriedades antioxidantes e corantes presentes em urucum e piquiá .” 2011. Web. 29 Jan 2020.

Vancouver:

Chisté, Renan Campos 1. Avaliação da extração de compostos bioativos com propriedades antioxidantes e corantes presentes em urucum e piquiá . [Internet] [Thesis]. Universidade Estadual de Campinas; 2011. [cited 2020 Jan 29]. Available from: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256351.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Chisté, Renan Campos 1. Avaliação da extração de compostos bioativos com propriedades antioxidantes e corantes presentes em urucum e piquiá . [Thesis]. Universidade Estadual de Campinas; 2011. Available from: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256351

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

2. Maciel, Karen Medeiros. Estudos químicos de extratos bioativos de piquiá (Caryocar villosum (Aubl.) Pers.).

Degree: 2018, Universidade Federal do Amazonas

Os resíduos de frutos amazônicos são fontes promissoras de constituintes químicos e metabólitos que são responsáveis por diversas atividades biológicas. Muitas dessas substâncias são capazes de inibir o crescimento de microorganismos causadores de doenças infecciosas. Dentre esses frutíferos, o piquiá (Caryocar villosum) é um fruto nativo da Floresta amazônica, uma espécie pertencente à família Caryocaraceae, bastante apreciado por sua polpa carnosa e ótima qualidade de sua madeira. Estudos recentes descrevem substâncias bioativas em extratos etanólicos e hidroalcoólicos de cascas e sementes que possuem atividades antioxidantes, enzimáticas e capacidade fotoprotetora. O presente trabalho estudou a composição química dos extratos bioativos de cascas e sementes de piquiá. Após limpeza, secagem e trituração, as cascas e sementes pulverizadas foram extraídas por maceração e Soxhlet com etanol e, comparativamente, com solventes de polaridade crescente (hexano, acetato de etila e metanol). Os extratos etanólicos foram submetidos à partição líquido-líquido com hexano, diclorometano, acetato de etila e metanol. Todos os extratos e frações foram submetidos a testes na Fiocruz para avaliação da atividade antibacteriana pela técnica de difusão em ágar contra bactérias Gram positivas e negativas e para avaliação antiplasmódica por citometria de fluxo. Em testes de atividade biológica, a fração FASP mostrou-se moderadamente ativa frente às bactérias Staphylococcus aureus (12 mm), Staphylococcus aureus resistente à meticilina (12 mm) e Shigella flexneri (15 mm), enquanto que as amostras FHCP, EMCP, EMSP e EECP apresentaram baixa atividade frente à bactéria Shigella flexneri com halos de inibição 11 mm, 11 mm, 10 mm e 9 mm, respectivamente. Na avaliação antiplasmódica apenas o extrato EACP apresentou inibição significativa do parasita Plasmodium falciparum, com porcentagem de inibição parasitária acima de 60% em todas as concentrações testadas. O estudo fitoquímico das amostras bioativas foi realizado por técnicas cromatográficas e a identificação das substâncias foi realizada por técnicas espectrométricas e espectroscópicas. Nas análises por cromatografia em camada delgada (CCD) das amostras, observou-se bandas com coloração característica de compostos fenólicos, flavonoides, saponinas e terpenos. A amostra FHCP foi analisada por CCD e fracionada por cromatografia em coluna flash, uma das frações foi identificada como mistura dos fitoesteróis β-sitosterol e estigmasterol pelas análises espectrométricas em comparação dos dados com a literatura. Dados cromatográficos, espectroscópicos e espectrométricos da fração FASP e dos extratos EMCP/EMSP/EACP em comparação com os dados literários permitiram identificar a presença de derivados de ácidos gálico e elágico e podem ser os principais compostos responsáveis pela bioatividade dos extratos e frações do fruto.

The amazonian fruit residues are promising sources of chemical and metabolites constituents that are responsible for various biological activities. Many of these substances are…

Advisors/Committee Members: Veiga Junior, Valdir Florêncio da, 01872867790, http://lattes.cnpq.br/0581412073128121, Guimarães, Anderson Cavalcante, 38448270215, Pohlit, Adrian Martin, Almeida, Richardson Alves, [email protected].

Subjects/Keywords: Caryocar villosum; Atividade antibacteriana; Atividade antiplasmódica; Citotoxicidade; Ácidos fenólicos; CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICA: QUÍMICA ORGÂNICA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Maciel, K. M. (2018). Estudos químicos de extratos bioativos de piquiá (Caryocar villosum (Aubl.) Pers.). (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6665

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Maciel, Karen Medeiros. “Estudos químicos de extratos bioativos de piquiá (Caryocar villosum (Aubl.) Pers.).” 2018. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 29, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6665.

MLA Handbook (7th Edition):

Maciel, Karen Medeiros. “Estudos químicos de extratos bioativos de piquiá (Caryocar villosum (Aubl.) Pers.).” 2018. Web. 29 Jan 2020.

Vancouver:

Maciel KM. Estudos químicos de extratos bioativos de piquiá (Caryocar villosum (Aubl.) Pers.). [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2018. [cited 2020 Jan 29]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6665.

Council of Science Editors:

Maciel KM. Estudos químicos de extratos bioativos de piquiá (Caryocar villosum (Aubl.) Pers.). [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2018. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6665

.