Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

You searched for id:"handle:11449/148957". One record found.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Camargo, Ana Carolina Lima [UNESP]. Papel da prolactina durante desenvolvimento prostático em ratos: avaliação da morfogênese glandular, proliferação e diferenciação das células epiteliais.

Degree: 2017, Universidade Estadual Paulista

A próstata é uma glândula acessória do sistema genital masculino e, além da dependência androgênica para o seu desenvolvimento e homeostasia, é influenciada por hormônios não esteróides, entre eles a prolactina (PRL). Estudos em modelos animais demonstraram que a PRL pode atuar com efeito anabólico sobre a glândula prostática. Assim, nosso objetivo foi investigar os efeitos da modulação de PRL sobre o desenvolvimento e maturação da próstata ventral (PV) de ratos. Foram utilizados ratos machos Sprague Dawley (DPN 90) divididos em 6 grupos (n=6): Grupo controle (CT): receberam solução salina; Prolactina (PRL): Prolactina (0,3mg/kg); Bromocriptiona (BR): inibidor de PRL (0,4mg/kg). Todos os animais foram submetidos diariamente (via subcutânea) do dia pós-natal 12 (DPN12) até os DPN 21 ou 35. Os animais foram anestesiados, pesados e posteriormente foram eutanasiados. O sangue e os lobos da PV foram coletados, pesados e processados para análises morfológicas, de western blot (WB) e RT qPCR. O tratamento com PRL induziu aumento de peso corpóreo dos animais no DPN35 comparado aos outros grupos. Histologicamente houve maior acumulo de screção no lúmen e diminuição do compartimento epitelial nos grupos PRL e BR comparados ao CT no DPN35. A reação imunohistoquímica para Ki67 demonstrou aumento de células proliferativas nos grupos tratados com PRL. A quantificação de PCNA confirmou estes dados, com aumento significante no grupo PRL35. A intensidade de reação imunohistoquímica para AR foi maior no grupo PRL35. A quantificação de AR por WB confirmou esses dados. A expressão gênica do PRLR aumento no DPN21, enquanto que no DPN35 os grupos PRL e BR diminuíram, em Stat3 aumento nos grupos BR no DPN21 e 35, enquanto que Stat5 não houve diferença nos diferentes grupos. A expressão proteica de PRL aumentou no PRL21, no DPN35 diminuiu em PRL e BR, o PRLR não teve diferença entre os grupos experimentais. A quantificação proteica de STAT3 aumento nos grupos PRL e BR em ambas as idades, no STAT5 AB e prostateína aumentou nos grupos PRL em relação aos outros dois grupos no DPN35. A expressão proteica de CK18 aumentou nos grupos tratados com BR no DPN21 e 35, em NKX3.1 o aumento no PRL em relação aos outro grupo no DPN21. Nossos resultados demonstram que a modulação de PRL interfere com a morfofisiologia prostática, aumentando a resposta proliferativa e atividade secretora, em especial nos animais tratados por período prolongado. Estes dados revelam o importante papel da PRL sobre o desenvolvimento prostático.

The prostate gland is an accessory gland of the male genital system and, in addition to androgenic dependence for its development and homeostasis, is influenced by non-steroidal hormones, among them the prolactin (PRL). Studies in animal models have shown that PRL can act with an anabolic effect on the prostate gland. Thus, our objective was to investigate the effects of PRL modulation on the development and maturation of the ventral prostate (VP) of rats. Male Sprague Dawley rats (PND 90) were divided in 6 groups (n= 6): Control…

Advisors/Committee Members: Justulin Junior, Luis Antonio [UNESP], Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Subjects/Keywords: Próstata; Prolactina; Morfologia; Desenvolvimento; Prostate; Prolactin; Morphology; Development

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Camargo, A. C. L. [. (2017). Papel da prolactina durante desenvolvimento prostático em ratos: avaliação da morfogênese glandular, proliferação e diferenciação das células epiteliais. (Thesis). Universidade Estadual Paulista. Retrieved from http://hdl.handle.net/11449/148957

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Camargo, Ana Carolina Lima [UNESP]. “Papel da prolactina durante desenvolvimento prostático em ratos: avaliação da morfogênese glandular, proliferação e diferenciação das células epiteliais.” 2017. Thesis, Universidade Estadual Paulista. Accessed June 24, 2017. http://hdl.handle.net/11449/148957.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Camargo, Ana Carolina Lima [UNESP]. “Papel da prolactina durante desenvolvimento prostático em ratos: avaliação da morfogênese glandular, proliferação e diferenciação das células epiteliais.” 2017. Web. 24 Jun 2017.

Vancouver:

Camargo ACL[. Papel da prolactina durante desenvolvimento prostático em ratos: avaliação da morfogênese glandular, proliferação e diferenciação das células epiteliais. [Internet] [Thesis]. Universidade Estadual Paulista; 2017. [cited 2017 Jun 24]. Available from: http://hdl.handle.net/11449/148957.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Camargo ACL[. Papel da prolactina durante desenvolvimento prostático em ratos: avaliação da morfogênese glandular, proliferação e diferenciação das células epiteliais. [Thesis]. Universidade Estadual Paulista; 2017. Available from: http://hdl.handle.net/11449/148957

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.