Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

You searched for id:"handle:10803/404490". One record found.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters


Universitat de Barcelona

1. Verheij, Gerbert. The aesthetic of Lisbon: Writing and practices during the early 20th century.

Degree: 2017, Universitat de Barcelona

Este estudo aborda a noção de “estética urbana” ou “da cidade,” tal como foi formulada durante as primeiras três décadas do século XX em escritos sobre a cidade, e praticada em diferentes formas de produção de espaço. Um profuso vocabulário – estética urbana, estética citadina, estética da cidade, das edificações, da rua… – assinala um entendimento persistente da cidade experimentada e desejada como obra de arte. A ambição global deste estudo é a de dar visibilidade a e reconstruir as condições de legibilidade deste conjunto de escritos e práticas que respondiam ao apelo outrora tentador do estético. O território elegido para rastrear a trama conceptual e prática destas ideias – tão intrincadamente ligadas às especificidades do lugar – é Lisboa. Sobretudo a partir de 1900 o tema torna-se passagem quase obrigatória em escritos sobre o presente e o futuro da cidade. Argumentos de carácter estético eram mobilizados de forma consistente e insistente para descrever criticamente a beleza e, mais comummente, a fealdade urbanas, para promover “embelezamentos” e para justificar ou criticar ideias e projectos concretos. Este fenómeno é visto contra o fundo de um denso intercâmbio internacional durante a formação das modernas disciplinas urbanísticas, da Town and City Planning à Städtebau e ao Urbanisme. Neste panorama, considerações estéticas marcavam presença, e o florescimento da “estética urbana” em Lisboa é entendida como sintoma da recepção desta circulação internacional de ideias, palavras, imagens e pessoas. Mais especificamente, este estudo propõe uma espécie de arqueologia do olhar e do discurso da “estética urbana,” estudando as funções desempenhadas por este termo em diferentes contextos sociais, culturais e políticos e as relações e tensões que nasciam do seu confronto com realidades urbanas relevantes. Uma conclusão é que a noção de “estética urbana” ficou por definir; era um lugar comum que dependia mais de uma animosidade partilhada perante a moderna paisagem urbana do que um programa ou solução explícita. De seguida, a assimilação (e não-assimilação) das exigências públicas de “supervisão estética” em regulamentos e instituições municipais ou nacionais é rastreada. Os quatro anos em que o arquitecto Miguel Ventura Terra foi vereador da cidade, entre 1908 e 1913, revelam-se cruciais nesta tentativa de articular práticas efectivas de controlo estético e desenho urbano, mesmo se durante as duas décadas subsequentes estas nunca receberam a desejada abrangência legal e institucional. A partir de 1926 o vocabulário da “estética urbana” foi apropriado por uma nova geração de arquitectos, urbanistas e políticos, e posto ao serviço dos ideais urbanos da ditadura do Estado Novo, sinalizando a persistência de motivos estéticos na constituição da moderna disciplina urbanística. Um epílogo propõe que o olhar para e desde a estética urbana pode contribuir a trazer novas perspectivas sobre a produção e experiência da cidade de Lisboa durante as primeiras décadas do século XX. Advisors/Committee Members: Universitat de Barcelona. Facultat de Belles Arts, [email protected] (authoremail), false (authoremailshow), Cabezas Gelabert, Lino (director), Ricart Ulldemolins, Núria (director), Remesar, Antoni (tutor), true (authorsendemail).

Subjects/Keywords: Disseny urbà; Diseño urbano; Urban design; Art públic; Arte público; Public art; Espais públics; Espacios públicos; Public spaces; Estètica arquitectònica; Estética arquitectónica; Architectural aesthetics; Lisboa (Portugal); Lisbon (Portugal); Ventura Terra, Miguel, 1866-1919; Ciències Humanes i Socials; 71

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Verheij, G. (2017). The aesthetic of Lisbon: Writing and practices during the early 20th century. (Thesis). Universitat de Barcelona. Retrieved from http://hdl.handle.net/10803/404490

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Verheij, Gerbert. “The aesthetic of Lisbon: Writing and practices during the early 20th century.” 2017. Thesis, Universitat de Barcelona. Accessed July 22, 2017. http://hdl.handle.net/10803/404490.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Verheij, Gerbert. “The aesthetic of Lisbon: Writing and practices during the early 20th century.” 2017. Web. 22 Jul 2017.

Vancouver:

Verheij G. The aesthetic of Lisbon: Writing and practices during the early 20th century. [Internet] [Thesis]. Universitat de Barcelona; 2017. [cited 2017 Jul 22]. Available from: http://hdl.handle.net/10803/404490.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Verheij G. The aesthetic of Lisbon: Writing and practices during the early 20th century. [Thesis]. Universitat de Barcelona; 2017. Available from: http://hdl.handle.net/10803/404490

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.