Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"University of São Paulo" +contributor:("Vernilli Junior, Fernando"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Lopes, José Milton Gabriel. Estudo comparativo entre os efeitos da adição de fluorita e sodalita nefelínica nas propriedades da escória do refino primário de aços.

Degree: Mestrado, Materiais Metálicos, Cerâmicos e Poliméricos, 2014, University of São Paulo

O controle das características da escória de refino primário pode ser realizado pela adição de fluxantes, sendo comumente utilizado a Fluorita (CaF2), isto porque a Fluorita aumenta a solubilidade de CaO e, por conseguinte, aumenta a capacidade de desfosforação de escória. Apesar disso, alguns estudos advertem sobre o risco de liberação de gás tetra fluoreto de silício, que tem caráter nocivo para o meio ambiente. Outro problema relatado é o aumento do desgaste do revestimento refratário impactando nos custos de produção. Neste trabalho de mestrado o uso de Sodalita Nefelínica como fluxante foi comparado com a Fluorita em relação ao desgaste de refratários a base de MgO-C e à fluidez. Os ensaios consistiram em dopar escória de conversor LD com diferentes quantidades de Fluorita e Sodalita (1, 2, 3, 4 % em massa). Os resultados demonstraram que a Fluorita fornece uma escória com menor ponto de fusão e mais fluida, porém ela causa maior desgaste no revestimento refratário, mais que o dobro do desgaste causado pela Sodalita. Acredita-se que isso tenha ocorrido devido a Fluorita ser capaz de aumentar a dissolução tanto do CaO presente na escória quanto do MgO presente no refratário. Este processo é intensificado pela baixa viscosidade apresentada com este fluxante.

The control of the slag characteristics from primary refining can be accomplished by adding fluxes, being commonly used Fluorite (CaF2). This happens because the fluorite increases the solubility of CaO and thus increases the ability of the slag dephosphorization. Nevertheless, some studies warn about the risk of releasing silicon tetra-fluoride gas which has harmful character to the environment. Another problem reported is the increased wear of the refractory lining impacting on production costs. In this master dissertation the use of Sodalite Nepheline as flux was compared with Fluorite concerning MgO-C based refractories wear and fluidity. The tests consisted of doping LD converter slag with different amounts of Fluorite and Sodalite (1, 2, 3, 4 % mass). The results showed that the Fluorite provides a slag with a lower melting point and becomes more fluid, but it causes greater wear on the refractory lining, more than double the wear caused by Sodalite. It is believed that this has occurred due Fluorite be able to enhance the dissolution of the CaO in slag as well as MgO present in the refractory. This process is intensified by the low slag viscosity presented with this flux.

Advisors/Committee Members: Vernilli Junior, Fernando.

Subjects/Keywords: Escória; Fluorita; Fluorite; MgO-C Refractories; Nefelina; Nepheline; Refratários de MgO-C; Slag; Sodalita Nefelínica; Sodalite Nepheline

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Lopes, J. M. G. (2014). Estudo comparativo entre os efeitos da adição de fluorita e sodalita nefelínica nas propriedades da escória do refino primário de aços. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-07112014-161607/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Lopes, José Milton Gabriel. “Estudo comparativo entre os efeitos da adição de fluorita e sodalita nefelínica nas propriedades da escória do refino primário de aços.” 2014. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed February 23, 2019. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-07112014-161607/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Lopes, José Milton Gabriel. “Estudo comparativo entre os efeitos da adição de fluorita e sodalita nefelínica nas propriedades da escória do refino primário de aços.” 2014. Web. 23 Feb 2019.

Vancouver:

Lopes JMG. Estudo comparativo entre os efeitos da adição de fluorita e sodalita nefelínica nas propriedades da escória do refino primário de aços. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2014. [cited 2019 Feb 23]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-07112014-161607/ ;.

Council of Science Editors:

Lopes JMG. Estudo comparativo entre os efeitos da adição de fluorita e sodalita nefelínica nas propriedades da escória do refino primário de aços. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2014. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-07112014-161607/ ;

2. Silva, Mariane Capellari Leite da. Caracterização físico-química de SiC sintetizado pelo processo Acheson a partir de diferentes fontes de SiO2.

Degree: Mestrado, Materiais Metálicos, Cerâmicos e Poliméricos, 2015, University of São Paulo

Atualmente, há uma forte demanda por cerâmicas como materiais estruturais para substituição de metais e ligas de elevada dureza e para uso em ambientes hostis. Dentre as famílias das cerâmicas estruturais, o SiC se destaca devido ao seu conjunto de propriedades: alta resistência à oxidação/corrosão, elevada resistência à abrasão, elevada condutividade térmica, baixa massa específica, elevada dureza, boa resistência ao choque térmico e manutenção da maioria destas propriedades em temperaturas elevadas. O processo Acheson se caracteriza, industrialmente, como o principal processo de síntese do SiC, consistindo em dois eletrodos sólidos, conectados a pó de grafite compactado, circundados por uma mistura de sílica e coque, em que o aquecimento é realizado eletricamente entre temperaturas de 2200 a 2600 °C [SOMIYA, 1991]. A formação do SiC é dependente da pressão parcial dos gases, da temperatura, do tamanho de grão dos reagentes, das propriedades individuais de cada grão, assim como da área de contato e do grau de mistura entre SiO2 e C [LINDSTAD, 2002]. O SiC produzido pelo processo Acheson contém impurezas como Al, Fe, Ti, Na, provindas da matéria-prima, que durante a síntese têm seu comportamento influenciado pela variação de temperatura. Partículas metálicas ou carbetos dessas impurezas estão distribuídos na matriz de SiC, sendo encontrados à medida que a temperatura diminui, com exceção do Al que se encontra em solução sólida com o SiC, substituindo os átomos de Si na rede cristalina [WEIMER, 1997]. Os objetivos deste trabalho se concentraram na caracterização e avaliação da influência da matéria-prima e das condições de processo no SiC obtido pelo processo Acheson. Podendo-se observar, através das análises químicas, mineralógicas e microestruturais, que a distribuição das impurezas, ao longo da secção transversal do SiC, é independente da matéria-prima precursora, sendo que estas se concentram nas regiões mais distantes do núcleo de grafite, porém seus teores são superiores para o SiC sintetizado a partir de uma matéria-prima menos pura, as quais ainda apresentaram temperatura de início do processo de oxidação do SiC pelo menos 50 °C menor, quando comparado ao SiC sinterizados a partir de matérias-primas com maior grau de pureza.

Currently, there is a strong demand for ceramics as structural materials to replace metals and alloys with high hardness for use in hostile environments. Among structural ceramics families, silicon carbide stands out due to its unique properties combination: high corrosion/oxidation resistance, high abrasion resistance, low density, high hardness, high thermal conductivity, good thermal shock resistance and maintenance of the majority of these properties at elevated temperatures. The Acheson process is industrially the main synthesis process of silicon carbide, consisting of two solid electrodes connected to compacted graphite powder, surrounded by a mixture of silica and petroleum coke, wherein the heating is performed electrically between 2200 to 2600 °C [SOMIYA, 1991]. The formation…

Advisors/Committee Members: Vernilli Junior, Fernando.

Subjects/Keywords: Acheson Process; Caracterização Físico-Química; Carbeto de Silício; Physical-Chemical Characterization; Processo Acheson; Silicon Carbide

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Silva, M. C. L. d. (2015). Caracterização físico-química de SiC sintetizado pelo processo Acheson a partir de diferentes fontes de SiO2. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-06052015-165740/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Silva, Mariane Capellari Leite da. “Caracterização físico-química de SiC sintetizado pelo processo Acheson a partir de diferentes fontes de SiO2.” 2015. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed February 23, 2019. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-06052015-165740/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Silva, Mariane Capellari Leite da. “Caracterização físico-química de SiC sintetizado pelo processo Acheson a partir de diferentes fontes de SiO2.” 2015. Web. 23 Feb 2019.

Vancouver:

Silva MCLd. Caracterização físico-química de SiC sintetizado pelo processo Acheson a partir de diferentes fontes de SiO2. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2015. [cited 2019 Feb 23]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-06052015-165740/ ;.

Council of Science Editors:

Silva MCLd. Caracterização físico-química de SiC sintetizado pelo processo Acheson a partir de diferentes fontes de SiO2. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2015. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-06052015-165740/ ;

3. Martini, Matheus. Avaliação do potencial de expansão de agregados siderúrgicos através da Difratometria de Raios X e Método de Rietveld.

Degree: Mestrado, Materiais Metálicos, Cerâmicos e Poliméricos, 2015, University of São Paulo

A escória de aciaria LD é um coproduto originado do refino do ferro gusa em aço e da metalurgia secundária, sendo gerado, em média, uma quantidade de aproximadamente 120 kg/t de aço produzido. Assim como as escórias de alto-forno, que são utilizadas como matéria-prima para a fabricação do cimento, as escórias de aciaria LD, após beneficiamento (chamadas de agregados siderúrgicos), possuem diversas aplicações, tais como: artigos de concreto, diques marítimos, tratamentos de efluentes, lastro ferroviário, base e sub-base para pavimentos de rodovia, corretivo de solos, entre outros. Entretanto, este material possui compostos (CaO e MgO quando livres, Fe0, FeO e mCaO.nSiO2) que sofrem reações quando exposto ao ambiente, provocando expansão e desintegração dos materiais onde é aplicado, sendo necessária a estocagem em pátios para cura ou envelhecimento e consequente minimização da expansão. Atingido um determinado tempo de envelhecimento, o agregado é avaliado sob o ponto de vista do potencial de expansão para que, a partir dos resultados obtidos, seja ainda mantido sob cura ou destinado à sua aplicação. Os métodos mais comuns que avaliam a expansão de escórias de aciaria são o PTM-130/78, JIS A 5015/92 e o ASTM D4792/00. No Brasil, atualmente, o ensaio PTM-130 é o mais utilizado pelo Departamento de Estradas de Rodagem, entretanto o método leva 14 dias para obtenção dos resultados, que em geral são pouco detalhados sobre o comportamento da escória. Desta forma, o presente trabalho buscou correlacionar o método de avaliação do potencial de expansão volumétrica da escória de aciaria LD com a concentração de determinados compostos, quantificados através da difratometria de raios X em pós e o método de Rietveld, respectivamente. Buscou-se, também, compreender a influência dos diferentes compostos sobre a expansibilidade.

BOF slag is a byproduct originated from the hot metal refining to steel and its subsequent types of secondary metallurgy processes, being generated, on average, an amount about 120 kg/t of steel. Similar to blast furnace slag which is used as raw material for the manufacturing of cement, BOF slag, after treatment (so-called of steel slag aggregates), has many applications such as: concrete components, marine docks, effluent treatment, ballast, road and highways base, correction of soil, among others. However, BOF slag is composed by chemical products (such as free CaO and MgO, Fe0, FeO and mCaO.nSiO2) which suffer expansive reactions when exposed to the atmosphere, causing expansion and disintegration of the materials where it is applied. Therefore, it is required some temporary storage for curing or aging to minimize the volumetric instability that is evaluated trough the potential of expansion. Depending on the volumetric expansion results, steel slag aggregates may be approved or disapproved according to a specified limit that will allow to be used or not. The most common methods to evaluate the expansion of BOF slags are the PTM-130/78, JIS A 5015/92 and ASTM D4792:2013. In Brazil, PTM-130 test is…

Advisors/Committee Members: Vernilli Junior, Fernando.

Subjects/Keywords: BOF slag; difratometria de raios X; escória; expansibilidade; expansion; método de Rietveld; Rietveld method; Siderurgia; Steel industry; x-ray diffractometry

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Martini, M. (2015). Avaliação do potencial de expansão de agregados siderúrgicos através da Difratometria de Raios X e Método de Rietveld. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-05082015-154141/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Martini, Matheus. “Avaliação do potencial de expansão de agregados siderúrgicos através da Difratometria de Raios X e Método de Rietveld.” 2015. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed February 23, 2019. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-05082015-154141/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Martini, Matheus. “Avaliação do potencial de expansão de agregados siderúrgicos através da Difratometria de Raios X e Método de Rietveld.” 2015. Web. 23 Feb 2019.

Vancouver:

Martini M. Avaliação do potencial de expansão de agregados siderúrgicos através da Difratometria de Raios X e Método de Rietveld. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2015. [cited 2019 Feb 23]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-05082015-154141/ ;.

Council of Science Editors:

Martini M. Avaliação do potencial de expansão de agregados siderúrgicos através da Difratometria de Raios X e Método de Rietveld. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2015. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/97/97134/tde-05082015-154141/ ;

.