Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"University of São Paulo" +contributor:("Alvarenga, Marle dos Santos"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Oliboni, Carolina Marques. Duas grandes transformações ao mesmo tempo: atitudes em relação à alimentação e ao corpo em gestantes adolescentes.

Degree: Mestrado, Nutrição em Saúde Pública, 2014, University of São Paulo

Introdução - Adolescência e gestação são caracterizadas por intensas transformações relacionadas ao corpo, e ocorrendo concomitantemente podem potencializar riscos para o surgimento de problemas com a imagem corporal, atitudes alimentares disfuncionais e comportamentos de risco para transtornos alimentares. Objetivo - Avaliar as atitudes em relação à alimentação, ao peso e ao corpo de um grupo de adolescentes grávidas. Métodos - Uma amostra de adolescentes grávidas (n=67) foi avaliada por meio do Questionário de Imagem Corporal (BSQ), da Escala de Atitudes em relação ao Ganho de Peso na Gestação (AGPG) e questões sobre comportamento alimentar e de risco para transtornos alimentares e práticas não saudáveis para controle de peso. Associações entre as variáveis foram analisadas com os testes ANOVA ou Kruskal-Wallis, e correlação de Pearson ou de Spearman. Uma regressão logística avaliou a influência das variáveis independentes com relação a pular refeições, satisfação corporal e compulsão alimentar. Resultados - A amostra tinha em média 15,3 anos de idade e 21,9 semanas de gestação. O escore médio da AGPG foi 52,6 pontos (indicando boa atitude em relação ao ganho de peso), e 82,1 por cento das gestantes apresentaram satisfação corporal. As gestantes obesas apresentaram mais insatisfação corporal (p=0,001), e aquelas com sobrepeso pensavam mais em comida (p=0,025) e em comer (p=0,03). A frequência de compulsão alimentar foi de 41,8 por cento , e de pular refeições 19,0 por cento . A regressão evidenciou que o Índice de Massa Corporal atual (p=0,030; OR=1,181) e importância da percepção do corpo e forma física antes da gestação (p=0,033; OD=4,625) foram preditores de pular refeições. Maior nível socioeconômico (p=0,040; OD=0,554) e maior preocupação com ganho de peso (p=0,037; OD=0,317) predisseram compulsão alimentar. Conclusão - A maioria das gestantes apresentou atitudes positivas em relação ao ganho de peso e satisfação corporal; no entanto, as mais pesadas e mais preocupadas com ganho de peso tiveram maior risco de atitudes não saudáveis, enquanto que as de menor classe social, menos preocupadas com ganho de peso e menos envergonhadas sobre seu corpo atual tiveram menor risco de atitudes não saudáveis.

Introduction - Adolescence and pregnancy are characterized by intense body changes and occurring concomitantly may potentiate the risk for the emergence of problems with body image, dysfunctional eating attitudes and eating disorder risk behaviors. Objective - To assess attitudes about food, weight and body of a pregnant teenagers group. Method - A sample of pregnant adolescents (n = 67) was assessed using the Body Image Questionnaire (BSQ), the Attitude toward Weight Gain during Pregnancy scale (AWGP) and questions about eating behavior and risk for eating disorders and unhealthy weight control practices. Associations between variables were analyzed with ANOVA or Kruskal-Wallis, Pearson or Spearman tests. A logistic regression evaluated the influence of the independent variables regarding to skipping meals, body…

Advisors/Committee Members: Alvarenga, Marle dos Santos.

Subjects/Keywords: Body Image; Comportamento Alimentar; Eating Disorders; Feeding Behavior; Gravidez na Adolescência; Imagem Corporal; Pregnancy in Adolescence

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Oliboni, C. M. (2014). Duas grandes transformações ao mesmo tempo: atitudes em relação à alimentação e ao corpo em gestantes adolescentes. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-21102014-122447/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Oliboni, Carolina Marques. “Duas grandes transformações ao mesmo tempo: atitudes em relação à alimentação e ao corpo em gestantes adolescentes.” 2014. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed January 19, 2019. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-21102014-122447/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Oliboni, Carolina Marques. “Duas grandes transformações ao mesmo tempo: atitudes em relação à alimentação e ao corpo em gestantes adolescentes.” 2014. Web. 19 Jan 2019.

Vancouver:

Oliboni CM. Duas grandes transformações ao mesmo tempo: atitudes em relação à alimentação e ao corpo em gestantes adolescentes. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2014. [cited 2019 Jan 19]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-21102014-122447/ ;.

Council of Science Editors:

Oliboni CM. Duas grandes transformações ao mesmo tempo: atitudes em relação à alimentação e ao corpo em gestantes adolescentes. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2014. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-21102014-122447/ ;

2. Obara, Angelica Almeida. Atitudes de estudantes universitários de nutrição em relação aos indivíduos obesos e à obesidade.

Degree: Mestrado, Nutrição em Saúde Pública, 2015, University of São Paulo

Introdução - Dentre as consequências da obesidade, estão questões psicológicas e sociais como o preconceito e a discriminação social, que trazem implicações negativas para a saúde do indivíduo obeso. As atitudes de profissionais da saúde em relação à obesidade podem ser influenciadas por visões negativas sobre os indivíduos obesos e as causas que o levaram a obesidade e podem influenciar a conduta profissional. Objetivo - Avaliar a existência de atitudes negativas em relação aos indivíduos obesos entre estudantes universitários de nutrição. Métodos - Estudo transversal descritivo, no qual estudantes de nutrição responderam instrumentos on-line no site do projeto Estudo de Saúde de Nutricionistas (NutriHS): a) avaliação sociodemográfica e do estado nutricional; b) escala de silhuetas brasileiras para avaliação de satisfação e percepção corporal; c) fatores de desenvolvimento da obesidade; d) Antifat Attitudes Test (AFAT) - adaptado transculturalmente para este estudo; e) avaliação da conduta terapêutica em relação ao paciente obeso. A frequência de resposta para os fatores de desenvolvimento da obesidade foi analisada, e seu escore comparado com a pontuação na AFAT total e subescalas, percepção e insatisfação corporal e Índice de Massa Corpórea (IMC) utilizando o coeficiente de correlação de Pearson. Escores na AFAT (total e subescalas) foram comparados entre os sexos, e associações entre os mesmos foram avaliadas com relação às variáveis sociodemográficas e de caracterização da amostra. Análises de regressão linear simples e múltipla foram utilizadas para avaliar a relação entre as características da amostra e as atitudes dos estudantes de nutrição. A comparação das respostas dos estudantes com relação à conduta terapêutica em relação ao paciente obeso foi conduzida por meio do Teste de Kruskal Wallis, seguido de Teste de Comparações Múltiplas das Médias 3 das Ordens. Resultados Participaram do estudo 335 alunos de nutrição (idade média 23 anos) de universidade/faculdades diversas, principalmente do 1º ano de graduação (40 por cento ), sexo feminino (94 por cento ), solteiros (87 por cento ), e com renda familiar entre 1 e 5 salários mínimos (62 por cento ). Houve elevado índice de insatisfação corporal - 54 por cento das mulheres 58 por cento dos homens - e percepção corporal alterada especialmente entre as mulheres (71 por cento ). Os principais fatores determinantes da obesidade listados foram: 1) Inatividade física; 2) Comer uma quantidade maior do que a necessária; 3) Alterações metabólico-hormonais; 4) Vício/dependência em comida; 5) Comer alimentos inadequados. A pontuação na AFAT total foi associada positivamente a idade e ao sexo masculino e negativamente ao IMC e o ano de graduação. As condutas terapêuticas dos estudantes foram influenciadas pelo peso do paciente hipotético e revelaram a presença de preconceito. Conclusões A respostas aos determinantes da obesidade demonstraram que os estudantes possuem crenças em fatores estigmatizadores do indivíduo obeso. As atitudes mais negativas em relação à… Advisors/Committee Members: Alvarenga, Marle dos Santos.

Subjects/Keywords: Atitude; Attitude; Nutricionista; Nutritionists; Obesidade; Obesity; Preconceito; Prejudice

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Obara, A. A. (2015). Atitudes de estudantes universitários de nutrição em relação aos indivíduos obesos e à obesidade. (Masters Thesis). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-07102015-130804/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Obara, Angelica Almeida. “Atitudes de estudantes universitários de nutrição em relação aos indivíduos obesos e à obesidade.” 2015. Masters Thesis, University of São Paulo. Accessed January 19, 2019. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-07102015-130804/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Obara, Angelica Almeida. “Atitudes de estudantes universitários de nutrição em relação aos indivíduos obesos e à obesidade.” 2015. Web. 19 Jan 2019.

Vancouver:

Obara AA. Atitudes de estudantes universitários de nutrição em relação aos indivíduos obesos e à obesidade. [Internet] [Masters thesis]. University of São Paulo; 2015. [cited 2019 Jan 19]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-07102015-130804/ ;.

Council of Science Editors:

Obara AA. Atitudes de estudantes universitários de nutrição em relação aos indivíduos obesos e à obesidade. [Masters Thesis]. University of São Paulo; 2015. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-07102015-130804/ ;

3. Estima, Camilla de Chermont Próchnik. Por que os adolecentes comem o que comem? Determinantes do consumo alimentar.

Degree: PhD, Nutrição Humana Aplicada, 2012, University of São Paulo

Introdução: Muitos são os estudos que avaliam o consumo alimentar na adolescência entretanto não se sabe quais fatores motivam esses jovens a se alimentarem de forma inadequada. Objetivo: Avaliar, de forma quantitativa e qualitativa, os fatores determinantes do consumo alimentar de adolescentes de escolas técnicas em São Paulo. Métodos: O presente estudo é parte de uma pesquisa matriz, que avaliou 1167 jovens de ambos os gêneros. Os fatores determinantes do consumo alimentar foram avaliados em duas etapas. Na primeira etapa quantitativa foram utilizados dois instrumentos que foram desenvolvidos para a pesquisa matriz, o primeiro um questionário de avaliar atitudes alimentares de adolescentes e o segundo avaliou o consumo alimentar através de um questionário de frequência alimentar baseado na pirâmide dos alimentos. O primeiro instrumento apresenta uma questão onde 15 fatores determinantes do consumo alimentar são apresentados e cada adolescente deveria escolher os 3 mais importantes. O peso e a estatura de todos os indivíduos foi mensurado e posteriormente o Índice de Massa Corporal foi calculado afim de classificar os adolescentes quanto à adequação de seu estado nutricional segundo os critérios da Organização Mundial da Saúde. A avaliação qualitativa foi realizada com uma subamostra do projeto matriz (n=45) e contou com a realização de grupos focais. Os 15 fatores determinantes do consumo foram agrupados em 3 grupos a partir da realização da análise de cluster e esses grupos foram comparados com relação ao gênero, estado nutricional, consumo de alimentos e dos grupos alimentares baseados na pirâmide dos alimentos para adolescentes. Resultados: Os 3 fatores determinantes mais referidos pelos adolescentes na etapa quantitativa foram, em ordem de preferência, o sabor, o fato do adolescente gostar do alimento e tentar ter uma alimentação mais saudável, enquanto que a etapa qualitativa mostrou que os fatores de falta de tempo, conveniência e praticidade foram os mais referidos. Os adolescentes que preferiam os fatores determinantes relacionado às características dos alimentos, entre eles o sabor, consumiam significativamente mais alimentos com alto conteúdo de gorduras e açúcares. Conclusão: Conclui-se que para o grupo de adolescentes avaliados o sabor foi o fator mais importante e que ele pode explicar a inadequação dietética nesse grupo etário.

Introduction: Many studies evaluate food consumption in adolescence however little is known about the factors that influence adolescent\'s food choices. Objective: To evaluate, in a quantitative and qualitative way, the factors that influence adolescent\'s food choice from technical schools from São Paulo. Methods: This study is part of a research which evaluated 1167 adolescents from both gender. Factors that influence adolescent\'s food choice were evaluated in two steps, the first one evaluated in a quantitative way used two surveys that were developed to the research. The questionnaire evaluated adolescent\'s eating attitudes and included a question which included 15…

Advisors/Committee Members: Alvarenga, Marle dos Santos, Philippi, Sonia Tucunduva.

Subjects/Keywords: Adolescentes; Adolescents; Consumo de alimentos; Determinants of food choice; Fatores determinantes do consumo alimentar; Focus groups; Food consumption; Grupos focais

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Estima, C. d. C. P. (2012). Por que os adolecentes comem o que comem? Determinantes do consumo alimentar. (Doctoral Dissertation). University of São Paulo. Retrieved from http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/89/89131/tde-10092012-150402/ ;

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Estima, Camilla de Chermont Próchnik. “Por que os adolecentes comem o que comem? Determinantes do consumo alimentar.” 2012. Doctoral Dissertation, University of São Paulo. Accessed January 19, 2019. http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/89/89131/tde-10092012-150402/ ;.

MLA Handbook (7th Edition):

Estima, Camilla de Chermont Próchnik. “Por que os adolecentes comem o que comem? Determinantes do consumo alimentar.” 2012. Web. 19 Jan 2019.

Vancouver:

Estima CdCP. Por que os adolecentes comem o que comem? Determinantes do consumo alimentar. [Internet] [Doctoral dissertation]. University of São Paulo; 2012. [cited 2019 Jan 19]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/89/89131/tde-10092012-150402/ ;.

Council of Science Editors:

Estima CdCP. Por que os adolecentes comem o que comem? Determinantes do consumo alimentar. [Doctoral Dissertation]. University of São Paulo; 2012. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/89/89131/tde-10092012-150402/ ;

.