Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade de Aveiro" +contributor:("Helguero, Luisa"). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Ribeiro, Miguel Costa. Proteomic analysis of mammary cells throughout differentiation .

Degree: 2011, Universidade de Aveiro

A sinalização paracrina e autocrina desempenha um papel importante na proliferação, diferenciação e apoptose das células epiteliais mamárias. Apesar de este facto ser globalmente aceite os mecanismos pelos quais estes processos ocorrem ainda não são totalmente compreendidos. Em particular, a acção dos estrogénios através do receptor de estrogénio alpha (ERα) e beta (ERβ) afectam profundamente a proliferação e diferenciação; no entanto o papel do ERβ nestes processos é ainda pouco conhecido. Com o objectivo de melhor compreender os mecanismos de sinalização envolvidos na diferenciação das células epiteliais mamárias fez-se a recolha do meio condicionado (CM) de células HC11 nas 3 etapas de diferenciação: stem-cell like (SCL), predifferenciadas (PD) e funcionalmente diferenciadas (D). Em seguida, as proteínas do CM foram separadas com recurso a SDS-PAGE e 2D-PAGE e identificadas por MALDI-TOF/TOF. Os nossos resultados mostram que células em SCL segregam factores que possuem um papel pró-angiogenico/invasor e de sobrevivência, bem como outros factores que desempenham a função oposta. Estes resultados estão de acordo com o estado activo de proliferação e migração observado nestas células. Com o inicio da diferenciação (células em PD e D) ocorreu uma mudança nas proteínas mais secretadas, sendo possível observar um aumento do nível de proteínas que regulam a adesão e apoptose. Para estudar os mecanismos regulados pelo ERβ, o CM de células não diferenciadas, bem como de células a entrar em diferenciação (- EGF) e totalmente diferenciadas (D) foi recolhido após a activação do ERβ por ligandos. As proteínas presentes no CM foram novamente separadas por SDS-PAGE e 2D-PAGE e identificadas por MALDITOF/ TOF. Os nossos resultados mostraram uma diferença nos níveis de proteínas segregadas em SCL+EGF quando comparado com SCL-EGF, indicando que as vias metabóicas que mantêm as células numa condição indiferenciada como o EGF também comunicam com a sinalização activada por ERβ. Além disso, em concordância com SCL-EGF, as células em D, as proteínas reguladas pelo ERβ estavam relacionadas com adesão e apoptose indicando que o estado celular de diferenciação modula a sinalização do ERβ; sendo que o já identificado papel de supressor tumoral do ERβ é desencadeado apenas quando as células começam a diferenciar. Advisors/Committee Members: Helguero, Luisa (advisor), Vitorino, Rui (advisor).

Subjects/Keywords: Bioquímica; Proteómica; Glândulas mamárias; Diferenciação celular; Estrogénios; Apoptose

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Ribeiro, M. C. (2011). Proteomic analysis of mammary cells throughout differentiation . (Thesis). Universidade de Aveiro. Retrieved from http://hdl.handle.net/10773/7229

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Ribeiro, Miguel Costa. “Proteomic analysis of mammary cells throughout differentiation .” 2011. Thesis, Universidade de Aveiro. Accessed September 19, 2019. http://hdl.handle.net/10773/7229.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Ribeiro, Miguel Costa. “Proteomic analysis of mammary cells throughout differentiation .” 2011. Web. 19 Sep 2019.

Vancouver:

Ribeiro MC. Proteomic analysis of mammary cells throughout differentiation . [Internet] [Thesis]. Universidade de Aveiro; 2011. [cited 2019 Sep 19]. Available from: http://hdl.handle.net/10773/7229.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Ribeiro MC. Proteomic analysis of mammary cells throughout differentiation . [Thesis]. Universidade de Aveiro; 2011. Available from: http://hdl.handle.net/10773/7229

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

2. Bispo, Daniela Sofia Cabedal. Estudo da heterogeneidade de tumores mamários: metabolómica de um modelo animal .

Degree: 2018, Universidade de Aveiro

O cancro da mama (BCa) é a neoplasia mais diagnosticada e a principal causa de morte por cancro nas mulheres. Apesar dos avanços nas metodologias de rastreio, diagnóstico e tratamento, a heterogeneidade inter- e intra-tumoral do BCa está na base dos atuais desafios relativos ao tratamento da doença. Os tumores mamários induzidos por acetato de medroxiprogesterona (MPA) em murganhos têm grande potencial informativo já que apresentam o fenótipo mais comum do BCa humano. Apesar de já terem sido investigados em termos de resposta ao tratamento hormonal, ainda não foram explorados através de estudos metabolómicos. De forma a caracterizar melhor o metabolismo destes tumores, nesta tese analisou-se o metaboloma de extratos aquosos e lipídicos obtidos pelo método de metanol-clorofórmio-água. Cada um dos tumores foi seccionado em 8 frações (octantes), sendo 4 destas armazenadas para estu-dos futuros. Recorrendo à espetroscopia de ressonância magnética nuclear (RMN, 500 MHz) de 1H, aliada a métodos de análise estatística univariada e multivariada, teve-se como objetivos principais determinar as maiores varia-ções metabólicas entre: a) tumores de diferentes tipos (tumores P, Q, R e S do tipo 59-2-HI vs. tumores T, U e V do tipo C7-2-HI); b) tumores do mesmo tipo; c) frações distintas de cada tumor individual. Considerando que, na com-paração entre os tipos de tumores, apenas o tumor P se diferenciou dos res-tantes do seu tipo, foram discutidas razões possíveis para que tal ocorresse e este tumor foi excluído de forma a que apenas se analisassem as diferenças intrínsecas entre os tumores 59-2-HI e C7-2-HI. Relativamente aos tumores C7-2-HI, os tumores 59-2-HI apresentaram níveis significativamente: a) mais elevados de vários ácidos orgânicos (piruvato, succinato, citrato e fumarato), compostos de colina (colina e glicerofosfocolina), bases azotadas (uracilo e hipoxantina), nucleósidos (adenosina/inosina), outros metabolitos conhecidos (creatina, esfingomielina, etanolamina, glicerol e glutamato) e compostos des-conhecidos; b) mais baixos de diversos aminoácidos essenciais (Ile, Leu, Val, Thr, Lys, Met e Phe) e não essenciais (Ala, Asn, Gln, Pro,Ser e Tyr), poliálcoois (myo- e scyllo-inositol) e outros metabolitos (fosfocolina, uridina e acetona), incluindo compostos desconhecidos. Entre os tumores 59-2-HI, o tumor P apresentou um perfil médio de metabolitos hidrofílicos que, segundo a litera-tura, possivelmente poderá refletir um fenótipo mais agressivo e invasivo (prin-cipalmente devido ao nível mais elevado de piruvato, lactato e formato e mais baixo de taurina). Comparativamente com os tumores Q, R e S do tipo 59-2-HI, os tumores C7-2-HI mostraram uma heterogeneidade inter-tumoral relati-vamente inferior. Quanto à heterogeneidade intra-tumoral, constatou-se que o tumor P era o mais variável em termos de metabolitos hidrofílicos, mas o me-nos variável em metabolitos lipofílicos. Em relação aos tumores Q, R e S do tipo 59-2-HI, os tumores C7-2-HI exibiram mais metabolitos com uma variabilidade intra-tumoral elevada (e.g.… Advisors/Committee Members: Gil, Ana Maria Pissarra Coelho (advisor), Helguero, Luisa (advisor).

Subjects/Keywords: Cancro da mama (BCa); Modelo animal; Tumores mamários de murganho induzidos por acetato de medroxiprogesterona (MPA); Heterogeneidade in-ter- e intra-tumoral; Metabolómica; Espectroscopia de ressonância magné-tica nuclear (RMN)

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Bispo, D. S. C. (2018). Estudo da heterogeneidade de tumores mamários: metabolómica de um modelo animal . (Thesis). Universidade de Aveiro. Retrieved from http://hdl.handle.net/10773/25415

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Bispo, Daniela Sofia Cabedal. “Estudo da heterogeneidade de tumores mamários: metabolómica de um modelo animal .” 2018. Thesis, Universidade de Aveiro. Accessed September 19, 2019. http://hdl.handle.net/10773/25415.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Bispo, Daniela Sofia Cabedal. “Estudo da heterogeneidade de tumores mamários: metabolómica de um modelo animal .” 2018. Web. 19 Sep 2019.

Vancouver:

Bispo DSC. Estudo da heterogeneidade de tumores mamários: metabolómica de um modelo animal . [Internet] [Thesis]. Universidade de Aveiro; 2018. [cited 2019 Sep 19]. Available from: http://hdl.handle.net/10773/25415.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Bispo DSC. Estudo da heterogeneidade de tumores mamários: metabolómica de um modelo animal . [Thesis]. Universidade de Aveiro; 2018. Available from: http://hdl.handle.net/10773/25415

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.