Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Rio Grande do Norte" +contributor:("Maria Clotilde Henriques Tavares"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Silvia Beatriz Fonseca de Melo. O gato doméstico (Felis catus) responde à sinais gestuais? possíveis implicações do convívio social.

Degree: 2008, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

AOs gatos (Felis catus) foram domesticados há cerca de 9.500 anos devido à agricultura, onde eram utilizados no combate às pragas que assolavam os alimentos colhidos. Esses animais passaram por uma seleção artificial e ao longo das gerações e milênios tiveram seus comportamentos e morfologia modificadas pelos humanos. O processo de domesticação pelo homem fez surgir uma habilidade em especial, a compreensão de sinais gestuais humanos, que é bem observada nos momentos em que alimentamos nossos animais. Nosso objetivo neste estudo foi testar a resposta à sinalização gestual (comportamento de apontar) em gatos, emitida por humanos e também verificar a influência do convívio social sobre o desenvolvimento desta habilidade. Observamos que os sujeitos experimentais de ambos os grupos, animais solitários e de convívio em grupo, foram capazes de seguir os sinais de indicação humana para localizar o alimento escondido. Porém, a forma de convívio social não influenciou no desempenho dos gatos. A habilidade aqui testada, possivelmente evoluiu durante o processo de domesticação dessa espécie, e a interação social parece exercer pouca ou nenhuma influência sobre a sua expressão

The cats (Felis catus) were domesticated about 9,500 years ago due to the advent of agriculture, being used to control the pests that devastated the food harvested. These animals went through an artificial selection and over generations and millennia had their behavior and morphology changed by humans. This process of domestication by man gave rise to a special ability, the understanding of human pointing gestures, clearly noticed while we feed our pets. Our goal in this study was to assess the comprehension of pointing gestures by cats and also verify the influence that social interactions exerts on the development of this ability. We found that experimental subjects from both groups, solitary animals and social animals, were able to follow human indication in order to find hidden food. However, social interaction had no effect on cats performances. The ability tested here probably evolved during the process of domestication of this species, and social interaction seems to exert little or no influence upon its expression

Advisors/Committee Members: Fívia de Araújo Lopes Cavalcanti, Daniel Marques de Almeida Pessoa, Maria Clotilde Henriques Tavares.

Subjects/Keywords: Cognição animal; Sinalização gestual humana; Gatos; Domesticação; Convívio social; COMPORTAMENTO ANIMAL; Animal cognition; Domestication; Social interaction; Human pointing gesture; Cats

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Melo, S. B. F. d. (2008). O gato doméstico (Felis catus) responde à sinais gestuais? possíveis implicações do convívio social. (Thesis). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Retrieved from http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2492

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Melo, Silvia Beatriz Fonseca de. “O gato doméstico (Felis catus) responde à sinais gestuais? possíveis implicações do convívio social.” 2008. Thesis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Accessed October 18, 2019. http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2492.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Melo, Silvia Beatriz Fonseca de. “O gato doméstico (Felis catus) responde à sinais gestuais? possíveis implicações do convívio social.” 2008. Web. 18 Oct 2019.

Vancouver:

Melo SBFd. O gato doméstico (Felis catus) responde à sinais gestuais? possíveis implicações do convívio social. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2008. [cited 2019 Oct 18]. Available from: http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2492.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Melo SBFd. O gato doméstico (Felis catus) responde à sinais gestuais? possíveis implicações do convívio social. [Thesis]. Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2008. Available from: http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2492

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

2. Adriano de Castro Leão. Estudo comportamental, hormonal e histopatológico de animais com perda de peso progressina (SEP) e da variável peso associada a uma nova classificação ontogenética em Callithrix jacchus.

Degree: 2007, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

The use of non-human primates in scientific research has contributed significantly to the biomedical area and, in the case of Callithrix jacchus, has provided important evidence on physiological mechanisms that help explain its biology, making the species a valuable experimental model in different pathologies. However, raising non-human primates in captivity for long periods of time is accompanied by behavioral disorders and chronic diseases, as well as progressive weight loss in most of the animals. The Primatology Center of the Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) has housed a colony of C. jacchus for nearly 30 years and during this period these animals have been weighed systematically to detect possible alterations in their clinical conditions. This procedure has generated a volume of data on the weight of animals at different age ranges. These data are of great importance in the study of this variable from different perspectives. Accordingly, this paper presents three studies using weight data collected over 15 years (1985-2000) as a way of verifying the health status and development of the animals. The first study produced the first article, which describes the histopathological findings of animals with probable diagnosis of permanent wasting marmoset syndrome (WMS). All the animals were carriers of trematode parasites (Platynosomum spp) and had obstruction in the hepatobiliary system; it is suggested that this agent is one of the etiological factors of the syndrome. In the second article, the analysis focused on comparing environmental profile and cortisol levels between the animals with normal weight curve evolution and those with WMS. We observed a marked decrease in locomotion, increased use of lower cage extracts and hypocortisolemia. The latter is likely associated to an adaptation of the mechanisms that make up the hypothalamus-hypophysis-adrenal axis, as observed in other mammals under conditions of chronic malnutrition. Finally, in the third study, the animals with weight alterations were excluded from the sample and, using computational tools (K-means and SOM) in a non-supervised way, we suggest found new ontogenetic development classes for C. jacchus. These were redimensioned from five to eight classes: infant I, infant II, infant III, juvenile I, juvenile II, sub-adult, young adult and elderly adult, in order to provide a more suitable classification for more detailed studies that require better control over the animal development

O uso de primatas não humanos na pesquisa científica trouxe grandes contribuições à área biomédica e, no caso de Callithrix jacchus, evidências importantes sobre mecanismos fisiológicos para compreensão de sua biologia bem como para a sua proposição como modelo experimental em diferentes patologias. Entretanto, a criação de primatas não humanos em cativeiro por longos períodos de tempo é acompanhada de transtornos comportamentais e doenças crônicas, a maioria delas apresentando como sinal primário a perda progressiva de peso. O Núcleo de Primatologia da…

Advisors/Committee Members: Adrião Duarte Dória Neto, John Fontenele Araújo, Maria Bernardete Cordeiro de Sousa, Allan de Medeiros Martins, Maria Clotilde Henriques Tavares.

Subjects/Keywords: Callithrix jacchus; Perda de peso progressiva; Histopatologia; Redes neurais artificiais; COMPORTAMENTO ANIMAL; Callithrix jacchu; Progressive loss of weight; Histopathology; Artificial neural networks

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Leão, A. d. C. (2007). Estudo comportamental, hormonal e histopatológico de animais com perda de peso progressina (SEP) e da variável peso associada a uma nova classificação ontogenética em Callithrix jacchus. (Thesis). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Retrieved from http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1420

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Leão, Adriano de Castro. “Estudo comportamental, hormonal e histopatológico de animais com perda de peso progressina (SEP) e da variável peso associada a uma nova classificação ontogenética em Callithrix jacchus.” 2007. Thesis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Accessed October 18, 2019. http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1420.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Leão, Adriano de Castro. “Estudo comportamental, hormonal e histopatológico de animais com perda de peso progressina (SEP) e da variável peso associada a uma nova classificação ontogenética em Callithrix jacchus.” 2007. Web. 18 Oct 2019.

Vancouver:

Leão AdC. Estudo comportamental, hormonal e histopatológico de animais com perda de peso progressina (SEP) e da variável peso associada a uma nova classificação ontogenética em Callithrix jacchus. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2007. [cited 2019 Oct 18]. Available from: http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1420.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Leão AdC. Estudo comportamental, hormonal e histopatológico de animais com perda de peso progressina (SEP) e da variável peso associada a uma nova classificação ontogenética em Callithrix jacchus. [Thesis]. Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2007. Available from: http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1420

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

3. Nicole Leite Galvão Coelho. Influência de fatores individuais e sociais sobre as respostas endócrina e comportamental de callithrix jacchus a desafios ambientais físicos e sociais.

Degree: 2009, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Diante do aumento crescente de patologias de natureza física e mental associadas aos diferentes agentes estressores, nos seres humanos, se procura validar modelos animais com maior proximidade filogenética do homem, para estudo da resposta ao estresse. Callithrix jacchus vem sendo amplamente utilizado em pesquisas biomédicas, inclusive sobre estresse, mas há escassez de dados na literatura sobre como fatores individuais e sociais modulam a resposta a estressores nesta espécie. Este trabalho compreende 4 abordagens de estudo da resposta de C. jacchus, machos e fêmeas, adultos, em contextos de estresse. A primeira apresenta evidências sobre a importância desta espécie como modelo experimental em pesquisas que envolvam o estudo do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal. E ainda investiga se o sexo e os níveis basais de cortisol modulam a resposta comportamental e hormonal a separação. Em outras duas abordagens investiga se o tipo do suporte social (co-específico parente ou não-parente) e o posto social interferem na resposta comportamental e hormonal quando os animais são expostos a um ambiente novo, pareado com co-específico (F2); expostos a um ambiente novo, isolados (F3) e quando reunidos (F4). Finalmente, a quarta abordagem investigou nos machos os níveis de andrógenos, com foco na hipótese do desafio, referentes à responsividade ambiental e à exposição macho-macho, de animais parentes e não-parentes. Encontrou-se que: (1) o cortisol basal do animal é preditivo da reatividade do cortisol à separação; (2) machos e fêmeas não apresentam dimorfismo na resposta do cortisol aos estressores, embora as fêmeas apresentem maiores níveis basais deste hormônio e apresentam maiores freqüências de comportamentos indicadores de ansiedade; (3) apenas o suporte social provido por parentes mostrou-se eficaz em tamponar a resposta do cortisol. Em termos comportamentais esta resposta foi dimórfica, mostrando que apenas as díades de machos aparentados apresentaram uma resposta atenuada ao estresse; (4) os machos apresentaram diferenças nos níveis de cortisol em função do posto social e das fases do estudo, enquanto nas fêmeas não foram observadas alterações nestas variáveis. Enquanto os machos com hierarquia de dominância indefinida (HDI) reduziram o cortisol nas fases F2 e F4, as fêmeas HDI elevaram em F3 e F4; (5) os machos de díades parentes e não-parentes não variaram os níveis de andrógenos em função do ambiente novo. Apenas os machos parentes elevaram os níveis de cortisol durante a fase de reunião, apresentado a responsividade macho-macho maior do que aquela dos não-parentes. Estes resultados, no seu conjunto, (a) corroboram a utilização de C. jacchus como um bom modelo animal para estudos relacionados ao estresse, por apresentarem alterações comportamentais e fisiológicas semelhantes àquelas dos seres humanos em resposta aos agentes estressores; (b) apontam a importância de se considerar fatores moduladores individuais e sociais durante experimentos com estressores, (c) fornecem parâmetros de comparação com aumento da… Advisors/Committee Members: Regina Helena da Silva, Maria Bernardete Cordeiro de Sousa, Maria Teresa da Silva Mota, Maria Clotilde Henriques Tavares, Luiz Eugênio Araújo de Moraes Mello.

Subjects/Keywords: Hormônio; Comportamento; PSICOLOGIA FISIOLOGICA; Callithrix jacchus; Estresse

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Coelho, N. L. G. (2009). Influência de fatores individuais e sociais sobre as respostas endócrina e comportamental de callithrix jacchus a desafios ambientais físicos e sociais. (Thesis). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Retrieved from http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2660

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Coelho, Nicole Leite Galvão. “Influência de fatores individuais e sociais sobre as respostas endócrina e comportamental de callithrix jacchus a desafios ambientais físicos e sociais.” 2009. Thesis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Accessed October 18, 2019. http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2660.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Coelho, Nicole Leite Galvão. “Influência de fatores individuais e sociais sobre as respostas endócrina e comportamental de callithrix jacchus a desafios ambientais físicos e sociais.” 2009. Web. 18 Oct 2019.

Vancouver:

Coelho NLG. Influência de fatores individuais e sociais sobre as respostas endócrina e comportamental de callithrix jacchus a desafios ambientais físicos e sociais. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2009. [cited 2019 Oct 18]. Available from: http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2660.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Coelho NLG. Influência de fatores individuais e sociais sobre as respostas endócrina e comportamental de callithrix jacchus a desafios ambientais físicos e sociais. [Thesis]. Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2009. Available from: http://bdtd.bczm.ufrn.br/tedesimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2660

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.