Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("http://lattes.cnpq.br/9737977542201724"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Ferreira, Fabricia Reges. Ataques de onças a humanos na Amazônia brasileira: uma análise na perspectiva de uso e ocupação do solo.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

O ataque a humanos por grandes carnívoros mamíferos é relatado na literatura científica e popular. As espécies de felinos conhecidas por atacar humanos inclui tigres (Panthera tigris), leões (Panthera leo), pumas (Puma concolor), leopardos (Panthera pardus). Em contraste com a maioria dos outros grandes carnívoros, os ataques de onças-pintadas (Panthera onca) a humanos são considerados extremamente raros, pairando uma visão geral de que ataques de onças são quase inexistentes. No Brasil existem poucos estudos sobre esses ataques. Desta forma, o objetivo dessa pesquisa foi investigar se na Amazônia brasileira ocorreram ataques de onças e caracterizá-los. E analisar quais fatores de riscos humanos e ecológicos influenciaram nos ataques de onças-pintadas e onças-pardas a seres humanos. As informações sobre os ataques foram cedidas pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP/ICMBio) e também, foram coletadas de noticiários onde as fontes e a veracidade foram validadas. Essas informações compõem o banco de dados do projeto OIAA Onça - Observatório de Imprensa, Avistamento e Ataques de Onças. Para caracterização dos ataques foi usado análise descritiva. E para comparação das taxas de desmatamento foi feito teste de correlação de Pearson. No bioma Amazônia foram levantadas 77 casos de ataques sendo (n=13) antes de 1950 e (n=64) entre 1950 e 2018. O Amazonas foi o estado com maior quantidade de ataques relatados (n=42). As principais vítimas eram homens, adultos, desacompanhados e que estavam caçando. Menos de 4% dos ataques ocorreram por onças-pardas. Vinte e nove casos foram classificados como ataques provocados e 30 casos foram classificados como não provocados. O ataque de onça é considerado raro (0,94/ano) quando comparados com ataque de leopardo (29,91/ano), tigre (18,80/ano) e leão (16,79/ano) e puma (1,88/ano) na América do Norte. Ataques por onças ocorre na Amazônia e não são tão raros como se acreditava. Medidas podem ser tomadas para reduzir o número de óbitos. Obtendo maior conhecimento sobre o comportamento humano e das onças, para que ocorram menos mortes de seres humanos e de onças.

Attacks on humans by large mammals carnivorous are a phenomena reported in the scientific and popular literature. The list of carnivores known to attack humans included tigers (Panthera tigris), lions (Panthera leo), cougars (Puma concolor) and leopards (Panthera pardus). In contrast of the most of other large carnivores, jaguar (Panthera onca) attacks on humans are considered extremely rare, with a general view that jaguar attacks are almost non-existent. In Brazil there are few studies of these attacks. In this way, the objectives of this research were to investigate if in the Brazilian Amazonia attacks of jaguars occurred and to characterize them. And to analyze which factors of human and ecological risks influenced the attacks of jaguars and jaguars to humans. Information on the attacks was provided by the Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP/ICMBio)…

Advisors/Committee Members: Fonseca, Rogério, 015.536.539-80, http://lattes.cnpq.br/9737977542201724, Andrade, Paulo Cesar Machado, http://lattes.cnpq.br/0642010620400586, Silveira, Ronis da, http://lattes.cnpq.br/7214125748792946, [email protected], http://orcid.org/0000-0003-1941-3924.

Subjects/Keywords: Conflitos homem-animal; Ataques de animais silvestres; Onça-pintada; Desmatamento; Onça-parda; CIÊNCIAS AGRÁRIAS

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Ferreira, F. R. (2019). Ataques de onças a humanos na Amazônia brasileira: uma análise na perspectiva de uso e ocupação do solo. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7156

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Ferreira, Fabricia Reges. “Ataques de onças a humanos na Amazônia brasileira: uma análise na perspectiva de uso e ocupação do solo.” 2019. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 19, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7156.

MLA Handbook (7th Edition):

Ferreira, Fabricia Reges. “Ataques de onças a humanos na Amazônia brasileira: uma análise na perspectiva de uso e ocupação do solo.” 2019. Web. 19 Jan 2021.

Vancouver:

Ferreira FR. Ataques de onças a humanos na Amazônia brasileira: uma análise na perspectiva de uso e ocupação do solo. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2021 Jan 19]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7156.

Council of Science Editors:

Ferreira FR. Ataques de onças a humanos na Amazônia brasileira: uma análise na perspectiva de uso e ocupação do solo. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7156

2. Fragata, Márcia de Matos; http://lattes.cnpq.br/5359396483983267. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

As espécies da fauna reagem de maneiras distintas ao processo de urbanização devido às variações na capacidade adaptativa de cada grupo taxonômico e do contexto urbano onde estas espécies estão inseridas. Pouco se sabe sobre os efeitos da urbanização sobre a biodiversidade em cidades localizadas nos trópicos, região que hospeda a maior parte da biodiversidade do planeta. É necessário, portanto, que se realizem estudos em diferentes contextos urbanísticos, em especial em regiões de alta biodiversidade como a Amazônia. Neste estudo documentamos as variações espaciais e temporais na diversidade e abundância de psitacídeos em Manaus, Amazonas, para avaliar as relações entre tais variações e as características socioambientais desta área urbana. Censos audiovisuais de psitacídeos foram realizados em 12 bairros de Manaus com variabilidade nas características ambientais e socioeconômicas. Também foram coletados dados de percentagem de área verde e de renda média dos moradores de cada bairro amostrado. Registramos 14 espécies de psitacídeos, o que a destaca Manaus como uma das cidades com maior diversidade psitacídeos no Brasil. A maioria das espécies de psitacídeos que ocupa a área urbana de Manaus é proveniente de ambientes rurais, especialmente de hábitats sujeitos a alagamentos sazonais. A abundância relativa das duas espécies mais comuns de psitacídeos Brotogeris versicolurus e Psittacara leucophthalmus foi maior entre os meses de setembro e fevereiro. As outras 12 espécies, em contraste, não apresentaram diferenças significativas entre os meses de amostragem. O número de espécies de psitacídeos é maior em bairros com maior proporção de área verde. Por outro lado, a renda média dos moradores dos bairros não esteve relacionada com a diversidade e a abundância dos psitacídeos. Manaus hospeda uma assembleia de psitacídeos diversa e representativa do bioma Amazônia. As características socioambientais dos bairros, especialmente a quantidade de área verde e densidade populacional humana afetaram a diversidade, abundância e composição de espécies de psitacídeos no espaço urbano de Manaus. Administradores públicos e moradores de cidade poderiam adotar algumas medidas como manejo de arborização urbana baseada na relação ecológica animal-planta, isto poderia beneficiar os psitacídeos e favorecer a presença destes animais em cidades, minimizando de certa forma o impacto da urbanização na população destas aves, já ameaçadas pela perda de habitat. Entre estas medidas sugeridas destacam-se a proteção de vegetação nativa em áreas de expansão urbana e recuperação de vegetação nativa ou exótica em quintais e espaços públicos.

Different species of wildlife react in different ways to urbanization processes due to variations in the adaptive capability of each taxonomic group and the urban context in which these species exist. Little is known about the effects of urbanization on biodiversity in cities located along the tropics, a region that hosts most of the planet's biodiversity. Therefore, it is essential to conduct studies in…

Advisors/Committee Members: Borges, Sérgio Henrique, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Borges, Sérgio Henrique, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Fonseca, Rogério, http://lattes.cnpq.br/9737977542201724, Silva, Francisca Helena Aguiar da, http://lattes.cnpq.br/5323035672186762.

Subjects/Keywords: Ecologia urbana (Biologia) - Amazônia; Biodiversidade - Amazônia; Aves - Amazônia; CIENCIAS BIOLOGICAS; Urban ecology; Birds; Biodiversity; Amazon; Ecologia urbana; Aves; Biodiversidade; Amazônia; Manaus

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Fragata, M. d. M. h. c. b. (2019). Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Fragata, Márcia de Matos; http://lattes cnpq br/5359396483983267. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 19, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

MLA Handbook (7th Edition):

Fragata, Márcia de Matos; http://lattes cnpq br/5359396483983267. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Web. 19 Jan 2021.

Vancouver:

Fragata MdMhcb. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2021 Jan 19]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

Council of Science Editors:

Fragata MdMhcb. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

3. Fragata, Márcia de Matos. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

As espécies da fauna reagem de maneiras distintas ao processo de urbanização devido às variações na capacidade adaptativa de cada grupo taxonômico e do contexto urbano onde estas espécies estão inseridas. Pouco se sabe sobre os efeitos da urbanização sobre a biodiversidade em cidades localizadas nos trópicos, região que hospeda a maior parte da biodiversidade do planeta. É necessário, portanto, que se realizem estudos em diferentes contextos urbanísticos, em especial em regiões de alta biodiversidade como a Amazônia. Neste estudo documentamos as variações espaciais e temporais na diversidade e abundância de psitacídeos em Manaus, Amazonas, para avaliar as relações entre tais variações e as características socioambientais desta área urbana. Censos audiovisuais de psitacídeos foram realizados em 12 bairros de Manaus com variabilidade nas características ambientais e socioeconômicas. Também foram coletados dados de percentagem de área verde e de renda média dos moradores de cada bairro amostrado. Registramos 14 espécies de psitacídeos, o que a destaca Manaus como uma das cidades com maior diversidade psitacídeos no Brasil. A maioria das espécies de psitacídeos que ocupa a área urbana de Manaus é proveniente de ambientes rurais, especialmente de hábitats sujeitos a alagamentos sazonais. A abundância relativa das duas espécies mais comuns de psitacídeos Brotogeris versicolurus e Psittacara leucophthalmus foi maior entre os meses de setembro e fevereiro. As outras 12 espécies, em contraste, não apresentaram diferenças significativas entre os meses de amostragem. O número de espécies de psitacídeos é maior em bairros com maior proporção de área verde. Por outro lado, a renda média dos moradores dos bairros não esteve relacionada com a diversidade e a abundância dos psitacídeos. Manaus hospeda uma assembleia de psitacídeos diversa e representativa do bioma Amazônia. As características socioambientais dos bairros, especialmente a quantidade de área verde e densidade populacional humana afetaram a diversidade, abundância e composição de espécies de psitacídeos no espaço urbano de Manaus. Administradores públicos e moradores de cidade poderiam adotar algumas medidas como manejo de arborização urbana baseada na relação ecológica animal-planta, isto poderia beneficiar os psitacídeos e favorecer a presença destes animais em cidades, minimizando de certa forma o impacto da urbanização na população destas aves, já ameaçadas pela perda de habitat. Entre estas medidas sugeridas destacam-se a proteção de vegetação nativa em áreas de expansão urbana e recuperação de vegetação nativa ou exótica em quintais e espaços públicos.

Different species of wildlife react in different ways to urbanization processes due to variations in the adaptive capability of each taxonomic group and the urban context in which these species exist. Little is known about the effects of urbanization on biodiversity in cities located along the tropics, a region that hosts most of the planet's biodiversity. Therefore, it is essential to conduct studies in…

Advisors/Committee Members: Borges, Sérgio Henrique, 66237904620, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Frische, Cintia Cornelius, http://lattes.cnpq.br/2084666261479342, Borges, Sérgio Henrique, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Fonseca, Rogério, http://lattes.cnpq.br/9737977542201724, Silva, Francisca Helena Aguiar da, http://lattes.cnpq.br/5323035672186762, [email protected], https://orcid.org/0000-0002-1952-4467, https://orcid.org/0000-0002-6690-7655.

Subjects/Keywords: Ecologia urbana (Biologia) - Amazônia; Biodiversidade - Amazônia; Aves - Amazônia; CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA; Ecologia urbana; Aves; Biodiversidade; Amazônia; Manaus; Urban ecology; Birds; Biodiversity; Amazon

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Fragata, M. d. M. (2019). Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Fragata, Márcia de Matos. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 19, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

MLA Handbook (7th Edition):

Fragata, Márcia de Matos. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Web. 19 Jan 2021.

Vancouver:

Fragata MdM. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2021 Jan 19]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

Council of Science Editors:

Fragata MdM. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

.