Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("http://lattes.cnpq.br/5738798217460045"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Ferreira, Jarliane da Silva. E o rio, entra na escola. Cotidiano de uma escola ribeirinha no município de Benjamin Constant/AM e a formação de seus professores.

Degree: 2010, Universidade Federal do Amazonas

A presente dissertação trata do cotidiano de uma escola rural/ribeirinha na Amazônia analisando se – e de que forma – a vida, a cultura e o rio entram na escola, identificando como estas temáticas são consideradas e trabalhadas (ou não) no contexto escolar, além de verificar se essa realidade diferenciada é considerada nos processos de formação dos professores. A pesquisa intitulada “E o rio, entra na escola? Cotidiano de uma escola ribeirinha no município de Benjamin Constant/AM e os desafios da formação de seus professores” foi realizada na escola Boa Vista, pertencente à área rural do município de Benjamin Constant/AM e contou com a participação de cinco sujeitos ligados direta e indiretamente ao dia-a-dia da escola. Algumas questões nortearam todo o processo de construção deste trabalho: Que concepções marcaram historicamente no Brasil a educação para contextos rurais? O que caracteriza a nova política da educação do campo? Esta nova política contempla as especificidades de uma educação escolar rural/ribeirinha? Existem relações entre as temáticas do rio, da vida e da cultura ribeirinha com o cotidiano da escola investigada? De que forma as temáticas do rio, da vida e da cultura ribeirinha aparecem e são trabalhadas no cotidiano da escola investigada? Existe uma proposta de educação escolar rural/ribeirinha? O processo de formação vivenciado pelos professores integra as temáticas do rio, da vida e da cultura ribeirinha? Metodologicamente, a pesquisa assumiu características de uma investigação etnográfica, com observações participantes, entrevistas semi-estruturadas e análise documental. Nas idas e vindas ao campo da pesquisa – e pela participação ativa em atividades que a escola promoveu ao longo do período do trabalho de campo – pode-se constatar uma série de desafios para o trabalho pedagógico com as temáticas que integram a vida, cultura dos/as educandos/as ribeirinhos, uma vez que, por um lado, este espaço foi marcado historicamente como inferior, atrasado e recebeu, na maioria das vezes, por parte do Estado, atendimento na perspectiva das políticas compensatórias. Consequentemente, os significados, valores, interesses, as problemáticas ribeirinhas, de certa forma não são bem vindas no contexto escolar. Por outro lado, pode-se perceber fortes potenciais desses conteúdos e de sua integração no cotidiano da escola, principalmente com as orientações do Programa Escola Ativa, onde os professores – sujeitos da pesquisa – estão inseridos. Neste sentido, o trabalho ensaia uma reflexão e uma proposta como possibilidade de construção de um projeto de escola ribeirinha. Tal proposta fundamenta-se na discussão da incorporação das temáticas do mundo ribeirinho no contexto escolar pautada na perspectiva multi/intercultural e na valorização (e problematização) das diferenças como caminho nesta construção. Esta proposta também se assenta na necessidade da inserção da interdisciplinaridade e da contextualização principalmente na turma multisseriada da escola Boa Vista. A dissertação está estruturada em quatro capítulos, além… Advisors/Committee Members: Silva, Rosa Helena Dias da Silva, ., http://lattes.cnpq.br/5738798217460045, ..

Subjects/Keywords: Cotidiano Escolar - Ribeirinho; Educação do Campo; Educação Ribeirinha; Cotidiano Escolar - Rural; CIÊNCIAS HUMANAS: EDUCAÇÃO

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Ferreira, J. d. S. (2010). E o rio, entra na escola. Cotidiano de uma escola ribeirinha no município de Benjamin Constant/AM e a formação de seus professores. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6488

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Ferreira, Jarliane da Silva. “E o rio, entra na escola. Cotidiano de uma escola ribeirinha no município de Benjamin Constant/AM e a formação de seus professores.” 2010. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed April 10, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6488.

MLA Handbook (7th Edition):

Ferreira, Jarliane da Silva. “E o rio, entra na escola. Cotidiano de uma escola ribeirinha no município de Benjamin Constant/AM e a formação de seus professores.” 2010. Web. 10 Apr 2021.

Vancouver:

Ferreira JdS. E o rio, entra na escola. Cotidiano de uma escola ribeirinha no município de Benjamin Constant/AM e a formação de seus professores. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2010. [cited 2021 Apr 10]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6488.

Council of Science Editors:

Ferreira JdS. E o rio, entra na escola. Cotidiano de uma escola ribeirinha no município de Benjamin Constant/AM e a formação de seus professores. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2010. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6488

2. Santos, Elciclei Faria dos. Formação de Docentes Indígenas : Interculturalidade e prática docente Mura.

Degree: 2018, Universidade Federal do Amazonas

A pesquisa tematiza a formação de docentes indígenas, sob a ótica da experiência do Curso de Licenciatura Formação de Professores Indígenas da Universidade Federal do Amazonas – UFAM. O Projeto Pedagógico do referido curso emerge a partir de um processo de discussão, elaboração, implantação e diálogo compartilhado entre docentes da UFAM e da Organização de Professores Indígenas Mura – OPIM. A escolha do tema foi instigada a partir da experiência como pesquisadora e formadora em cursos junto a docentes indígenas, em especial junto aos docentes mura, com os quais desenvolvemos diversas pesquisas. A problemática da tese buscou investigar a existência de uma correlação entre a dimensão intercultural da formação e a dimensão intercultural da prática pedagógica de docentes indígenas na escola. Para responder a problemática levantada pela tese, fizemos as seguintes indagações: qual a concepção de interculturalidade presente no Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura Formação de Professores Indígenas? - Quais disciplinas, ementas e atividades apontam para a promoção da interculturalidade na turma Mura? - Que atividades repercutem a dimensão intercultural na prática docente mura? A investigação foi realizada a partir de: análise documental, observação da prática pedagógica em duas escolas indígenas mura e entrevistas semiestruturadas com docentes mura, bem como docentes da UFAM que atuaram no curso, turma Mura. Pela singularidade dos sujeitos sociais envolvidos, este estudo utilizou a metodologia qualitativa de pesquisa, orientada pelo método da abordagem hermenêutica-dialética (MINAYO, 2006). O resultado da investigação defende a tese de que existe uma correlação entre a dimensão intercultural da formação docente e a dimensão intercultural da prática pedagógica de docentes indígenas na escola. Tal prática se caracteriza como intercultural pela forma como os/as docentes mura articulam os conhecimentos da cultura mura aos conhecimentos de outras sociedades; contextualizam os conhecimentos partindo do local para o universal; utilizam conhecimentos das diversas áreas do conhecimento situando sua prática na perspectiva interdisciplinar e intercultural na busca do bem viver.

This research has as its theme the graduation process of Mura indigenous teachers under the light of the Indigenous Teachers Graduation Course of the Federal University of Amazonas - UFAM. The pedagogical process of such a course emerges from a series of dialog, creation, implementation processes between UFAM Professors and Mura Indigenous Teachers Organization – OPIM. The choice of such theme took inspiration in this educator and researcher’s experience in a variety of courses taken with other indigenous teachers, specially those of the Mura ethnical group with whom several researches have been developed. The object of this thesis aimed to investigate the existence of a correlation between the intercultural magnitude of Teachers graduation process and this of these indigenous teachers’ pedagogical practice at their schools. In order to respond to the…

Advisors/Committee Members: Weigel, Valéria Augusta Cerqueira Medeiros, http://lattes.cnpq.br/6273580825792084, Nascimento, Rita Gomes do, http://lattes.cnpq.br/1608776186937258, Luciano, Gersem José dos Santos, http://lattes.cnpq.br/1021166118431706, Silva, Rosa Helena Dias da, http://lattes.cnpq.br/5738798217460045, Corrêa, Carlos Humberto Alves, http://lattes.cnpq.br/8276764687801349, [email protected].

Subjects/Keywords: Povo Mura; Formação docente indígena; Licenciatura Intercultural; Prática pedagógica intercultural; Mura people; Indigenous teachers graduation; Intercultural Licentiateship; Intercultural pedagogical practice; CIÊNCIAS HUMANAS: EDUCAÇÃO

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Santos, E. F. d. (2018). Formação de Docentes Indígenas : Interculturalidade e prática docente Mura. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6741

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Santos, Elciclei Faria dos. “Formação de Docentes Indígenas : Interculturalidade e prática docente Mura.” 2018. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed April 10, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6741.

MLA Handbook (7th Edition):

Santos, Elciclei Faria dos. “Formação de Docentes Indígenas : Interculturalidade e prática docente Mura.” 2018. Web. 10 Apr 2021.

Vancouver:

Santos EFd. Formação de Docentes Indígenas : Interculturalidade e prática docente Mura. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2018. [cited 2021 Apr 10]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6741.

Council of Science Editors:

Santos EFd. Formação de Docentes Indígenas : Interculturalidade e prática docente Mura. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2018. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6741

3. Melo, Rita Floramar dos Santos. A universidade federal do Amazonas e o acesso dos povos indígenas ao ensino superior: desafios da construção de uma política institucional.

Degree: 2008, Universidade Federal do Amazonas

O projeto de pesquisa que resultou na presente dissertação de mestrado procurou – através da busca, leitura e análise de documentos referentes às iniciativas da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) para acesso dos povos indígenas ao ensino superior – construir uma memória institucional das respostas que têm sido construídas por esta Instituição de Ensino Superior (IES) frente às novas demandas educacionais dos povos indígenas, identificando os principais desafios a serem enfrentados no sentido da consolidação de uma política institucional. Caracterizado como uma pesquisa documental, o caminho metodológico deste trabalho procurou responder a este objetivo central. A dissertação está assim organizada: Introdução – local onde, juntamente com a justificativa do tema, são explicitadas as motivações e a trajetória da pesquisa (e da autora) - quatro Capítulos e Considerações Finais. O Capítulo 1 trata do tema das políticas afirmativas, relacionando-o à problemática da diversidade cultural e do chamado “direito à diferença”, à luz da legislação atual. O Capítulo 2 tematiza a perspectiva do multi/interculturalismo e suas implicações na educação e esboça uma proposta de formação intercultural e seus desafios. O Capítulo 3 traz as expectativas e reivindicações do movimento indígena frente ao desafio do acesso ao ensino superior, abordando as reflexões e posições do Movimento dos Estudantes Indígenas do Amazonas e do Conselho dos Professores Indígenas da Amazônia Brasileira. Faz também uma síntese das discussões realizadas pelas IES brasileiras, focalizando dois encontros nacionais de referência neste debate, ambos ocorridos em 2004: a I Conferência Internacional sobre Ensino Superior Indígena realizada em Barra do Bugres, pela Universidade Estadual do Mato Grosso e o Seminário Desafios para uma educação superior para os povos indígenas no Brasil, ocorrido em Brasília, que foi organizado pelo Projeto Trilhas de Conhecimento, do Museu Nacional/UFRJ. O Capítulo 4 sistematiza e analisa os dados coletados sobre as diferentes iniciativas da UFAM. As Considerações Finais trazem uma reflexão acerca dos desafios da construção de uma política institucional para acesso e permanência dos povos indígenas na universidade apontando a ausência de registros e avaliação das experiências realizadas e a necessidade de uma alfabetização intercultural e de uma inclusão que modifique as estruturas universitárias. Sinaliza ainda a importância de um protagonismo compartilhado – povos indígenas e universidade – e do exercício de um diálogo intercultural para que, de fato, a UFAM possa se afirmar cada vez mais como uma universidade amazônica – onde os diferentes saberes possam dialogar e enriquecer-se reciprocamente.

The research project which resulted in the present master‟s dissertation searched out readings and analyses of documents referring to initiatives of the Federal University of [the State of] Amazonas (UFAM) aimed at providing assess of indigenes peoples to university-level teaching – in order to build up an institution memory of…

Advisors/Committee Members: Silva, Rosa Helena Dias da, http://lattes.cnpq.br/5738798217460045.

Subjects/Keywords: Povos Indígenas; Ensino Superior; Políticas Afirmativas; Educação; Interculturalidade; Indigenous; Peoples; Superior Teaching; Education; Intercultural Exchange; CIÊNCIAS HUMANAS: EDUCAÇÃO

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Melo, R. F. d. S. (2008). A universidade federal do Amazonas e o acesso dos povos indígenas ao ensino superior: desafios da construção de uma política institucional. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4210

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Melo, Rita Floramar dos Santos. “A universidade federal do Amazonas e o acesso dos povos indígenas ao ensino superior: desafios da construção de uma política institucional.” 2008. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed April 10, 2021. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4210.

MLA Handbook (7th Edition):

Melo, Rita Floramar dos Santos. “A universidade federal do Amazonas e o acesso dos povos indígenas ao ensino superior: desafios da construção de uma política institucional.” 2008. Web. 10 Apr 2021.

Vancouver:

Melo RFdS. A universidade federal do Amazonas e o acesso dos povos indígenas ao ensino superior: desafios da construção de uma política institucional. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2008. [cited 2021 Apr 10]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4210.

Council of Science Editors:

Melo RFdS. A universidade federal do Amazonas e o acesso dos povos indígenas ao ensino superior: desafios da construção de uma política institucional. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2008. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4210

.