Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("http://lattes.cnpq.br/5323035672186762"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Fragata, Márcia de Matos; http://lattes.cnpq.br/5359396483983267. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

As espécies da fauna reagem de maneiras distintas ao processo de urbanização devido às variações na capacidade adaptativa de cada grupo taxonômico e do contexto urbano onde estas espécies estão inseridas. Pouco se sabe sobre os efeitos da urbanização sobre a biodiversidade em cidades localizadas nos trópicos, região que hospeda a maior parte da biodiversidade do planeta. É necessário, portanto, que se realizem estudos em diferentes contextos urbanísticos, em especial em regiões de alta biodiversidade como a Amazônia. Neste estudo documentamos as variações espaciais e temporais na diversidade e abundância de psitacídeos em Manaus, Amazonas, para avaliar as relações entre tais variações e as características socioambientais desta área urbana. Censos audiovisuais de psitacídeos foram realizados em 12 bairros de Manaus com variabilidade nas características ambientais e socioeconômicas. Também foram coletados dados de percentagem de área verde e de renda média dos moradores de cada bairro amostrado. Registramos 14 espécies de psitacídeos, o que a destaca Manaus como uma das cidades com maior diversidade psitacídeos no Brasil. A maioria das espécies de psitacídeos que ocupa a área urbana de Manaus é proveniente de ambientes rurais, especialmente de hábitats sujeitos a alagamentos sazonais. A abundância relativa das duas espécies mais comuns de psitacídeos Brotogeris versicolurus e Psittacara leucophthalmus foi maior entre os meses de setembro e fevereiro. As outras 12 espécies, em contraste, não apresentaram diferenças significativas entre os meses de amostragem. O número de espécies de psitacídeos é maior em bairros com maior proporção de área verde. Por outro lado, a renda média dos moradores dos bairros não esteve relacionada com a diversidade e a abundância dos psitacídeos. Manaus hospeda uma assembleia de psitacídeos diversa e representativa do bioma Amazônia. As características socioambientais dos bairros, especialmente a quantidade de área verde e densidade populacional humana afetaram a diversidade, abundância e composição de espécies de psitacídeos no espaço urbano de Manaus. Administradores públicos e moradores de cidade poderiam adotar algumas medidas como manejo de arborização urbana baseada na relação ecológica animal-planta, isto poderia beneficiar os psitacídeos e favorecer a presença destes animais em cidades, minimizando de certa forma o impacto da urbanização na população destas aves, já ameaçadas pela perda de habitat. Entre estas medidas sugeridas destacam-se a proteção de vegetação nativa em áreas de expansão urbana e recuperação de vegetação nativa ou exótica em quintais e espaços públicos.

Different species of wildlife react in different ways to urbanization processes due to variations in the adaptive capability of each taxonomic group and the urban context in which these species exist. Little is known about the effects of urbanization on biodiversity in cities located along the tropics, a region that hosts most of the planet's biodiversity. Therefore, it is essential to conduct studies in…

Advisors/Committee Members: Borges, Sérgio Henrique, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Borges, Sérgio Henrique, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Fonseca, Rogério, http://lattes.cnpq.br/9737977542201724, Silva, Francisca Helena Aguiar da, http://lattes.cnpq.br/5323035672186762.

Subjects/Keywords: Ecologia urbana (Biologia) - Amazônia; Biodiversidade - Amazônia; Aves - Amazônia; CIENCIAS BIOLOGICAS; Urban ecology; Birds; Biodiversity; Amazon; Ecologia urbana; Aves; Biodiversidade; Amazônia; Manaus

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Fragata, M. d. M. h. c. b. (2019). Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Fragata, Márcia de Matos; http://lattes cnpq br/5359396483983267. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed December 03, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

MLA Handbook (7th Edition):

Fragata, Márcia de Matos; http://lattes cnpq br/5359396483983267. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Web. 03 Dec 2020.

Vancouver:

Fragata MdMhcb. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2020 Dec 03]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

Council of Science Editors:

Fragata MdMhcb. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

2. Fragata, Márcia de Matos. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

As espécies da fauna reagem de maneiras distintas ao processo de urbanização devido às variações na capacidade adaptativa de cada grupo taxonômico e do contexto urbano onde estas espécies estão inseridas. Pouco se sabe sobre os efeitos da urbanização sobre a biodiversidade em cidades localizadas nos trópicos, região que hospeda a maior parte da biodiversidade do planeta. É necessário, portanto, que se realizem estudos em diferentes contextos urbanísticos, em especial em regiões de alta biodiversidade como a Amazônia. Neste estudo documentamos as variações espaciais e temporais na diversidade e abundância de psitacídeos em Manaus, Amazonas, para avaliar as relações entre tais variações e as características socioambientais desta área urbana. Censos audiovisuais de psitacídeos foram realizados em 12 bairros de Manaus com variabilidade nas características ambientais e socioeconômicas. Também foram coletados dados de percentagem de área verde e de renda média dos moradores de cada bairro amostrado. Registramos 14 espécies de psitacídeos, o que a destaca Manaus como uma das cidades com maior diversidade psitacídeos no Brasil. A maioria das espécies de psitacídeos que ocupa a área urbana de Manaus é proveniente de ambientes rurais, especialmente de hábitats sujeitos a alagamentos sazonais. A abundância relativa das duas espécies mais comuns de psitacídeos Brotogeris versicolurus e Psittacara leucophthalmus foi maior entre os meses de setembro e fevereiro. As outras 12 espécies, em contraste, não apresentaram diferenças significativas entre os meses de amostragem. O número de espécies de psitacídeos é maior em bairros com maior proporção de área verde. Por outro lado, a renda média dos moradores dos bairros não esteve relacionada com a diversidade e a abundância dos psitacídeos. Manaus hospeda uma assembleia de psitacídeos diversa e representativa do bioma Amazônia. As características socioambientais dos bairros, especialmente a quantidade de área verde e densidade populacional humana afetaram a diversidade, abundância e composição de espécies de psitacídeos no espaço urbano de Manaus. Administradores públicos e moradores de cidade poderiam adotar algumas medidas como manejo de arborização urbana baseada na relação ecológica animal-planta, isto poderia beneficiar os psitacídeos e favorecer a presença destes animais em cidades, minimizando de certa forma o impacto da urbanização na população destas aves, já ameaçadas pela perda de habitat. Entre estas medidas sugeridas destacam-se a proteção de vegetação nativa em áreas de expansão urbana e recuperação de vegetação nativa ou exótica em quintais e espaços públicos.

Different species of wildlife react in different ways to urbanization processes due to variations in the adaptive capability of each taxonomic group and the urban context in which these species exist. Little is known about the effects of urbanization on biodiversity in cities located along the tropics, a region that hosts most of the planet's biodiversity. Therefore, it is essential to conduct studies in…

Advisors/Committee Members: Borges, Sérgio Henrique, 66237904620, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Frische, Cintia Cornelius, http://lattes.cnpq.br/2084666261479342, Borges, Sérgio Henrique, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Fonseca, Rogério, http://lattes.cnpq.br/9737977542201724, Silva, Francisca Helena Aguiar da, http://lattes.cnpq.br/5323035672186762, [email protected], https://orcid.org/0000-0002-1952-4467, https://orcid.org/0000-0002-6690-7655.

Subjects/Keywords: Ecologia urbana (Biologia) - Amazônia; Biodiversidade - Amazônia; Aves - Amazônia; CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA; Ecologia urbana; Aves; Biodiversidade; Amazônia; Manaus; Urban ecology; Birds; Biodiversity; Amazon

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Fragata, M. d. M. (2019). Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Fragata, Márcia de Matos. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed December 03, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

MLA Handbook (7th Edition):

Fragata, Márcia de Matos. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Web. 03 Dec 2020.

Vancouver:

Fragata MdM. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2020 Dec 03]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

Council of Science Editors:

Fragata MdM. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

3. Costa, Daniel Carneiro. Monitoramento participativo como subsídio para a gestão adaptativa de unidades de conservação no Amazonas.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

Os programas de monitoramento participativo da biodiversidade se tornaram ferramentas indispensáveis para se avaliar a qualidade da gestão da conservação da biodiversidade, num contexto marcado pela perda progressiva de biodiversidade. Estes programas se caracterizam pela capacidade de agregar as comunidades que diretamente sobrevivem da utilização da biodiversidade à atividade do monitoramento. Tal processo se destina a produzir dados sobre tendências dos recursos naturais e espécies biológicas, auxiliando os gestores na tomada de decisão sobre as prioridades de conservação. Neste sentido, o monitoramento de caráter participativo contribui para que a gestão das áreas protegidas esteja mais próxima da gestão adaptativa, considerada a mais adequada para lidar com a complexidade da biodiversidade. Ao situarmos este debate no cenário amazônico, particularmente no estado do Amazonas, avaliamos a importância nos últimos anos de quatro programas de monitoramento participativo, que são o ProBUC, SIMUR, monitoramento do pirarucu da RDS Mamirauá e o PROMUF, para que a gestão das unidades de conservação em que se situam se aproxime de uma perspectiva adaptativa. Amparados em uma pesquisa qualitativa, entrevistamos os três sujeitos sociais principais envolvidos na construção destes programas – comunitários, gestores e pesquisadores - para que, num primeiro momento, suas informações nos permitam traçar um diagnóstico do funcionamento destes programas, com destaque para suas limitações e potencialidades. Assim, problemas referentes ao financiamento, retorno dos dados às comunidades e ampliação dos alvos de monitoramento podem ser apontados como seus principais desafios, embora o processo participativo tenha sido assegurado na construção de todos os programas. Num segundo momento, identificamos as contribuições que os mesmos conferem à viabilidade da gestão adaptativa amazônica, observando-se que não houve nenhum programa de manejo ou criação de novos monitoramentos que pudessem ser atribuídos a algum dos programas, com exceção do monitoramento do pirarucu da RDS Mamirauá, que existe como desdobramento do manejo comunitário local. Em geral, detectou-se o controle das equipes técnicas sobre os dados produzidos e a inclusão de interesses referentes à segurança alimentar das comunidades amazônicas. Assim, a contribuição destes programas de monitoramento participativo para a gestão adaptativa ainda se encontra num patamar insatisfatório.

Participatory biodiversity monitoring programs have become indispensable tools for assessing the quality of biodiversity conservation management in a context marked by the progressive loss of biodiversity. These programs are characterized by the ability to aggregate the communities that directly survive from the use of biodiversity to the monitoring activity. This process is intended to produce data on trends in natural resources and biological species, assisting managers in decision-making on conservation priorities. In this sense, participatory monitoring contributes to the management of…

Advisors/Committee Members: Pereira, Henrique dos Santos, 21467153249, http://lattes.cnpq.br/1352117560279931, Andrade, Paulo Cesar Machado, http://lattes.cnpq.br/0642010620400586, Silva, Francisca Helena Aguiar da, http://lattes.cnpq.br/5323035672186762, Silva Júnior, Urbano Lopes da, http://lattes.cnpq.br/9266967649139898, Gordo, Marcelo, http://lattes.cnpq.br/7974425330619510, Silva, Suzy Cristina Pedroza da, http://lattes.cnpq.br/7031927625197306, [email protected].

Subjects/Keywords: Biodiversidade - Conservação; Áreas Protegidas - Amazônia - Gestão; CIÊNCIAS HUMANAS: ANTROPOLOGIA; CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: ECOLOGIA; Monitoramento da biodiversidade; Participação comunitária; Gestão adaptativa

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Costa, D. C. (2019). Monitoramento participativo como subsídio para a gestão adaptativa de unidades de conservação no Amazonas. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7253

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Costa, Daniel Carneiro. “Monitoramento participativo como subsídio para a gestão adaptativa de unidades de conservação no Amazonas.” 2019. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed December 03, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7253.

MLA Handbook (7th Edition):

Costa, Daniel Carneiro. “Monitoramento participativo como subsídio para a gestão adaptativa de unidades de conservação no Amazonas.” 2019. Web. 03 Dec 2020.

Vancouver:

Costa DC. Monitoramento participativo como subsídio para a gestão adaptativa de unidades de conservação no Amazonas. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2020 Dec 03]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7253.

Council of Science Editors:

Costa DC. Monitoramento participativo como subsídio para a gestão adaptativa de unidades de conservação no Amazonas. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7253

.