Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

Dates: Last 2 Years

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("http://lattes.cnpq.br/2034428391439802"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Picelli, Amanda Maria; http://lattes.cnpq.br/6874167539695516. Diversidade de hemoparasitos em lagartos da Amaz?nia Central.

Degree: 2020, Universidade Federal do Amazonas

Os parasitos s?o reconhecidos pela sua grande capacidade de influenciar a evolu??o e ecologia de seus hospedeiros, tanto ao n?vel de indiv?duo quanto de comunidade. Entretanto, no Brasil, um dos pa?ses com a maior biodiversidade do planeta, estudos sobre parasitismo em popula??es silvestres ainda s?o relativamente escassos. Na regi?o amaz?nica, levantamentos anteriores constataram uma rica fauna de parasitos de sangue em lagartos e deram ind?cios sobre um elevado potencial para descoberta de novas esp?cies. Nesse contexto, a presente tese investigou a ocorr?ncia de hemoparasitos em lagartos da Amaz?nia Central, explorando ao longo de tr?s cap?tulos aspectos relacionados ? diversidade, taxonomia e suas rela??es ecol?gico-evolutivas. Para tanto, foram obtidas amostras sangu?neas de diversas esp?cies de lagartos capturadas em ?reas de floresta de terra-firme, localizadas pr?ximas aos mun?cipios de Manaus, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva, no Estado do Amazonas, Brasil. No primeiro cap?tulo foram reunidos os resultados sobre a preval?ncia e a riqueza de hemoparasitos encontrados nessas localidades, apresentando tamb?m uma lista atualizada dos estudos realizados no Brasil sobre hemoparasitos em lagartos. O segundo cap?tulo traz a redescri??o taxon?mica, usando dados morfol?gicos e moleculares, de uma esp?cie de hemogregarina, Hepatozoon ameivae, detectada em lagartos Ameiva ameiva. Para o terceiro cap?tulo foi levantada a hip?tese de que a ecologia do lagarto Uranoscodon superciliosus est? moldando a diversidade dos tripanossomas que os parasitam, o que pode ser evidenciado pelas rela??es filogen?ticas de dois novos gen?tipos de tripanossomas isolados nessa esp?cie de hospedeiro. Por fim, os resultados obtidos nessa tese ampliaram o conhecimento sobre a diversidade e distribui??o dos hemoparasitos no Brasil, al?m de terem gerado informa??es in?ditas sobre o sistema parasito-hospedeiro formado pelos lagartos e seus hemoparasitos na regi?o amaz?nica.

Parasites are recognized for their great ability to influence the evolution and ecology of their hosts, at the individual and community levels. However, in Brazil, one of the countries with the greatest biodiversity on the planet, studies on parasitism in wild populations are still relatively scarce. In the Brazilian Amazonia, previous surveys found a rich fauna of blood parasites in lizards and gave indications of a high potential for the discovery of new species. In this context, the present thesis investigated the occurrence of hemoparasites in lizards from Central Amazonia, exploring over three chapters aspects related to the diversity, taxonomy and their ecological-evolutionary relationships. For this purpose, blood samples were obtained from different lizard species captured in areas of upland forests (terra-firme), located near the municipalities of Manaus, Presidente Figueiredo and Rio Preto da Eva, in the State of Amazonas, Brazil. In the first chapter, results on the prevalence and richness of hemoparasites found in these…

Advisors/Committee Members: Kaefer, Igor Luis, http://lattes.cnpq.br/7592372945105122, Ferreira Junior, Francisco Carlos, http://lattes.cnpq.br/4960353492080021, Camacho, Nubia Estela Matta, Baccaro, Fabricio Beggiato, http://lattes.cnpq.br/2034428391439802.

Subjects/Keywords: Parasitologia - Pesquisa; Rela??o hospedeiro-parasito; CI?NCIAS BIOL?GICAS: ZOOLOGIA; CI?NCIAS BIOL?GICAS: PARASITOLOGIA; CI?NCIAS BIOL?GICAS: PARASITOLOGIA: PROTOZOOLOGIA DE PARASITOS; Biodiversidade; Filogenia; Floresta Amaz?nica; Morfologia; Parasitos de Sangue; Squamata

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Picelli, A. M. h. c. b. (2020). Diversidade de hemoparasitos em lagartos da Amaz?nia Central. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7996

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Picelli, Amanda Maria; http://lattes cnpq br/6874167539695516. “Diversidade de hemoparasitos em lagartos da Amaz?nia Central.” 2020. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed April 12, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7996.

MLA Handbook (7th Edition):

Picelli, Amanda Maria; http://lattes cnpq br/6874167539695516. “Diversidade de hemoparasitos em lagartos da Amaz?nia Central.” 2020. Web. 12 Apr 2021.

Vancouver:

Picelli AMhcb. Diversidade de hemoparasitos em lagartos da Amaz?nia Central. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2020. [cited 2021 Apr 12]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7996.

Council of Science Editors:

Picelli AMhcb. Diversidade de hemoparasitos em lagartos da Amaz?nia Central. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2020. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7996

2. Tavares, Tarcísio do Rosario de Souza. Assembleias de aves em florestas secundárias oriundas de agricultura familiar na Amazônia: explorando diferentes facetas da biodiversidade.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

Neste estudo investigamos os efeitos da sucessão ecológica em florestas secundárias originadas da agricultura familiar sobre a diversidade taxonômica, funcional e filogenética de uma assembleia de aves na Amazônia. As aves foram amostradas por meio de censos quantitativos realizados em parcelas padronizadas de florestas secundárias em réplicas dos seguintes estágios de regeneração: florestas secundárias jovens (< de sete anos de abandono), de meia idade (entre sete e 20 anos) e velhas (> de 20 anos). Para cada uma destas réplicas foram estabelecidas parcelas pareadas em floresta primária como controle. A diversidade taxonômica foi mensurada a partir do número total de espécies, número de espécies da Ordem Passeriformes e número de espécies de aves sensíveis aos distúrbios ambientais. Para mensurar a riqueza, equitabilidade, divergência e dispersão funcional foram utilizados atributos morfométricos, locais de forrageamento, dieta e comportamento social. A diversidade filogenética foi medida através da estrutura hierárquica lineana (p. ex. gêneros, famílias, ordens) das espécies como substituto de suas relações filogenéticas. As diferentes métricas utilizadas revelaram aspectos distintos da diversidade nas assembleias de aves analisadas. O número de espécies de aves sensíveis aos distúrbios foi significativamente mais alto nas matas primárias tanto nas comparações com o conjunto das florestas secundárias quanto nas comparações entre categorias de idade das mesmas. Em adição, a riqueza de espécies de passeriformes foi mais alta no conjunto das florestas primárias. A equitabilidade funcional foi um pouco mais alta nas florestas secundárias jovens e de meia idade. A dispersão funcional, por outro lado, foi mais alta entre as capoeiras com mais de 20 anos de abandono. As aves que ocuparam as florestas secundárias apresentaram maior diversidade filogenética (dispersão filogenética) quando comparadas com as encontradas nas florestas primárias (atração filogenética), especialmente entre os Passeriformes. A influência dos tipos de florestas (secundárias vs. primárias) e do gradiente temporal promovido pela sucessão ecológica sobre os diferentes componentes da biodiversidade é complexa e pode estar associada aos efeitos diferenciados dos filtros abióticos e bióticos ao longo das fases do processo de regeneração florestal. Este estudo reforça a utilidade de uma visão pluralista que integre as inúmeras dimensões que compõem a complexa e multifacetada definição de biodiversidade.

We investigate the effects of ecological succession of secondary forests growing after agriculture practices in the taxonomic, functional and phylogenetic diversity of bird assemblages in the Amazon. Birds were sampled through quantitative censuses carried out in replicate plots of secondary forests in the following stages of recovery: young secondary forests (< than seven years of abandonment), mid-age secondary forests (> 7 < 20 years) and old secondary forests (> than 20 years). We also made censuses in primary forests adjacent to secondary forests…

Advisors/Committee Members: Borges, Sérgio Henrique, 66237904620, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Baccaro, Fabrício Beggiato, 017.469.639-64, http://lattes.cnpq.br/2034428391439802, Ferreira, Mateus, http://lattes.cnpq.br/1609576167000044, Menin, Marcelo, http://lattes.cnpq.br/3661952638867868, [email protected].

Subjects/Keywords: Biodiversidade - Amazônia; Aves - Amazônia; Agricultura familiar; CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: ZOOLOGIA: ZOOLOGIA APLICADA; Agricultura familiar; Sucessão ecológica; Biodiversidade; Diversidade funcional; Diversidade filogenética

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Tavares, T. d. R. d. S. (2019). Assembleias de aves em florestas secundárias oriundas de agricultura familiar na Amazônia: explorando diferentes facetas da biodiversidade. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7270

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Tavares, Tarcísio do Rosario de Souza. “Assembleias de aves em florestas secundárias oriundas de agricultura familiar na Amazônia: explorando diferentes facetas da biodiversidade.” 2019. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed April 12, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7270.

MLA Handbook (7th Edition):

Tavares, Tarcísio do Rosario de Souza. “Assembleias de aves em florestas secundárias oriundas de agricultura familiar na Amazônia: explorando diferentes facetas da biodiversidade.” 2019. Web. 12 Apr 2021.

Vancouver:

Tavares TdRdS. Assembleias de aves em florestas secundárias oriundas de agricultura familiar na Amazônia: explorando diferentes facetas da biodiversidade. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2021 Apr 12]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7270.

Council of Science Editors:

Tavares TdRdS. Assembleias de aves em florestas secundárias oriundas de agricultura familiar na Amazônia: explorando diferentes facetas da biodiversidade. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7270

3. Pereira, Afonso José Cruz Gonçalves. Influência do gradiente climático na riqueza de espécies e número de modos reprodutivos de anuros amazônicos.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

Analisar como as relações entre a riqueza de espécies e os traços da biologia dos organismos variam em função de gradientes ambientais é fundamental na compreensão de padrões e mecanismos associados à variação biogeográfica. Essas avaliações são particularmente interessantes quando considerados diferentes componentes da história de vida desses organismos. Aqui, nós avaliamos a relação entre a riqueza de espécies e o número de modos reprodutivos de anfíbios anuros em um gradiente longitudinal na Amazônia. Além disso, nós acessamos também essa relação entre grupos de espécies com diferentes modos reprodutivos, e testamos o efeito de variáveis climáticas sobre essas relações. Para isso, nós utilizamos de registros da literatura e de dados inéditos de 18 sítios de amostragem localizados entre o Norte do estado do Pará e o extremo Oeste do estado do Amazonas, no Brasil, compreendendo um gradiente de pouco mais de 1.800 km. Ao todo, nós analisamos 186 espécies, com um total de 17 modos reprodutivos. Essas espécies foram separadas em três categorias de acordo com os modos reprodutivos: aquáticos, semiterrestres e terrestres. Nós utilizamos Modelos Lineares não Generalizados para avaliar o grau de inclinação de retas de Regressões Lineares para a estimar relação entre a riqueza de espécies e o número de modos reprodutivos em função do gradiente longitudinal. Da mesma forma, também foi avaliada a relação sob o efeito da precipitação total e temperatura média anuais. As comparações foram feitas conjuntamente e individualmente entre os três grupos de modos reprodutivos. Não encontramos relação concordante entre a riqueza de espécies e o número de modos reprodutivos ao longo do gradiente longitudinal, bem como considerando os diferentes grupos de modos reprodutivos. Em ambos os casos, o incremento de espécies não foi acompanhado pelo número de modos. A precipitação anual esteve relacionada com a variação na riqueza de espécies conjuntamente, e entre os grupos de modos reprodutivos. Já a temperatura média só esteve relacionada (negativamente) para a relação entre as espécies com modos reprodutivos semiterrestres. Embora não tenhamos encontrado relação concordante entre riqueza de espécies e número de modos reprodutivos, nossos resultados reforçam a variação longitudinal das assembleias locais de anuros na Amazônia. Sustentamos aqui a tendência no aumento da riqueza de espécies de anuros em direção a porção Oeste da Amazônia. Além disso, evidenciamos a importância das chuvas na estruturação das assembleias de anuros nas planícies amazônicas, e uma maior sensibilidade de espécies com modos semiterrestres à variação na temperatura. Novas abordagens que considerem maior espacialização longitudinal na Amazônia são fundamentais para compreensão futura dessa relação, bem como abordagens diferenciais que considerem e minimizem os efeitos na diferença de delineamento e amostragem.

Analyze how the relationships between species richness and traits of organisms’ biology vary according to environmental gradients is fundamental in the…

Advisors/Committee Members: Menin, Marcelo, 190.853.448-67, http://lattes.cnpq.br/3661952638867868, Baccaro, Fabricio Beggiato, 017.469.639-64, http://lattes.cnpq.br/2034428391439802, Silva Junior, Miquéias Ferrão da, http://lattes.cnpq.br/5370319983922485, Borges, Sérgio Henrique, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, [email protected], https://orcid.org/0000-0002-7209-5083, https://orcid.org/0000-0003-4747-1857, https://orcid.org/0000-0001-7035-8276, https://orcid.org/0000-0002-1952-4467.

Subjects/Keywords: Anuros - Reprodução - Amazônia; CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: ZOOLOGIA; Anfíbios; Planícies amazônicas; Reprodução; Biodiversidade; Diversidade de anuros

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Pereira, A. J. C. G. (2019). Influência do gradiente climático na riqueza de espécies e número de modos reprodutivos de anuros amazônicos. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7297

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Pereira, Afonso José Cruz Gonçalves. “Influência do gradiente climático na riqueza de espécies e número de modos reprodutivos de anuros amazônicos.” 2019. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed April 12, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7297.

MLA Handbook (7th Edition):

Pereira, Afonso José Cruz Gonçalves. “Influência do gradiente climático na riqueza de espécies e número de modos reprodutivos de anuros amazônicos.” 2019. Web. 12 Apr 2021.

Vancouver:

Pereira AJCG. Influência do gradiente climático na riqueza de espécies e número de modos reprodutivos de anuros amazônicos. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2021 Apr 12]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7297.

Council of Science Editors:

Pereira AJCG. Influência do gradiente climático na riqueza de espécies e número de modos reprodutivos de anuros amazônicos. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7297

.