Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("Paula, Lucia de"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Lobo, Maria Raika Guimarães. Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus.

Degree: 2013, Universidade Federal do Amazonas

A dengue é uma doença considerada como problema de saúde pública no Brasil. São conhecidos quatro sorotipos virais: 1, 2, 3 e 4, que são denominados de DENV 1, 2, 3 e 4. No Brasil todos os sorotipos estão circulantes e são capazes de causar doença ao homem, podendo evoluir para quadros graves, inclusive óbito. A transmissão da dengue ocorre exclusivamente pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti que se desenvolve amplamente em países tropicais e subtropicais. A resposta imunológica ao vírus da dengue (DENV) e seus sorotipos, ainda não está totalmente elucidada. Recentemente foi demonstrado aumento de citocinas pró-inflamatórias em pacientes infectados com DENV-2, entre os quais foram observados altos níveis séricos de IFN-γ, IL-6 e IL-17. No entanto, o papel das citocinas na resposta Th1, Th2 e Th-17 na dengue ainda é pouco compreendido. Sendo assim, o objetivo deste projeto foi traçar o perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue na cidade de Manaus. Este estudo foi retrospectivo de caráter transversal com componente analítico de casos de pacientes atendidos durante a epidemia de dengue na Fundação de Medicina Tropical do Amazonas Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT / HVD) no período de Janeiro a Dezembro de 2011, bem como controles oriundos da Fundação (FHEMOAM). Foram utilizadas 90 amostras de soro, sendo 60 de pacientes com dengue e 30 de indivíduos separados em: Grupo I: controle negativo doadores de sangue (n= 30), Grupo II: controle positivo 1 DENGUE NÃO GRAVE (n= 30) e Grupo III: controle positivo 2 DENGUE GRAVE (n= 30). O diagnóstico foi feito por isolamento viral da proteína NS1, sorologia para dengue IgM, e finalmente o RT-PCR. O projeto foi aprovado no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade do Amazonas UFAM sob parecer n0 256.163 via CONEP. As dosagens das citocinas IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, TNF-α, IFN-γ e IL17A foram realizadas pela técnica de citometria de fluxo (kit CBA da BD® Biosciences). A comparação de médias dos níveis séricos de citocinas foi realizada por meio do teste não paramétrico de Kruskall-Wallis (P < 0,05). Os gráficos foram elaborados utilizando o software Graphprisma®. Em todas as citocinas quantificadas (IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, IFN-γ e IL-17A e TNF-α) foi possível avaliar que os grupos de dengue (grave e não grave) apresentaram concentrações aumentadas e estatisticamente significativas em relação ao grupo controle negativo. Não houve diferença entre as citocinas quando comparados o grupo de dengue grave com o de dengue não grave. Este estudo, pioneiro nessa linha na Região Norte, possibilitou identificar o perfil de um grupo de citocinas e inferir no seu envolvimento/relação na resposta imunológica aos sorotipos circulantes em Manaus no ano de 2011. Observando isoladamente o comportamento da citocina IL-10, houve tendência no seu aumento no grupo composto por pacientes que evoluíram para dengue grave quando comparado ao grupos dengue não grave.

Dengue disease is a serious public health problem in Brazil. There are four serotypes, DENV 1 to 4. In Brazil, all…

Advisors/Committee Members: Barcellos, José Fernando Marques, CPF:00215299736, Paula, Lucia de, CPF:26241709879.

Subjects/Keywords: Dengue; Febre da dengue; citocinas; Resposta imune; Dengue; Dengue fever; Citokynes; Immune response; CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: IMUNOLOGIA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Lobo, M. R. G. (2013). Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2628

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Lobo, Maria Raika Guimarães. “Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus.” 2013. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed May 08, 2021. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2628.

MLA Handbook (7th Edition):

Lobo, Maria Raika Guimarães. “Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus.” 2013. Web. 08 May 2021.

Vancouver:

Lobo MRG. Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2013. [cited 2021 May 08]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2628.

Council of Science Editors:

Lobo MRG. Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2013. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2628

2. Santos, Maisa Porto dos. Avaliação de polimorfismos genéticos das moléculas coestimulatórias CD80 e CD86 em pacientes portadores de hanseníase.

Degree: 2012, Universidade Federal do Amazonas

A hanseníase é uma doença infecciosa crônica causada pelo Mycobacterium leprae que é influenciada por aspectos genéticos do hospedeiro. Os pólos da hanseníase são ocupados por espectros imunológicos opostos, de um lado pela forma tuberculoide, com predominante resposta imunológica Th1 e do outro pela forma virchowiana, com predominante resposta Th2. Durante o desenvolvimento da resposta imune, além do sinal antígeno-específico é necessário um segundo sinal para ativação dos linfócitos T, denominado coestimulação. Este sinal pode ser fornecido pelas moléculas CD80 e CD86 presentes nas superfícies das células apresentadoras de antígenos. A ligação destas moléculas aos receptores CD28 e CTLA-4 presentes nos linfócitos T conduz à ativação ou à inibição da resposta imune, respectivamente. A baixa regulação de CD80 e CD28 em pacientes com hanseníase borderline virchowiana ou virchowiana pode ser responsável pela defeituosa sinalização de células T específicas para os antígenos de M. leprae pela via CD80/CD28. Isto pode levar à inativação clonal de células T reativas aos antígenos de M. leprae e, consequentemente, o bacilo cresceria sem restrição nos macrófagos. No presente trabalho foi investigada a possível relação entre polimorfismos presentes nos genes CD80 e CD86 com a susceptibilidade à hanseníase e/ou às formas clínicas da doença. A genotipagem dos polimorfismos foi realizada pelo método de sequenciamento direto. Foram analisados no gene CD80 seis SNP localizados na região promotora (-454 C/A, -387 T/C, -232 G/A, -79 C/G, -7T/C e +5C/A) e um polimorfismo de inserção/deleção (-557_-561 CATGA) e no gene CD86 foi analisado um SNP no éxon 8, posição +1057G/A. Quanto ao gene CD86 foi observada distribuição genotípica semelhante entre os pacientes e indivíduos controles, sendo os genótipos G/G e G/A os mais prevalentes em ambas as populações. Também não foram observadas diferenças significativas entre as frequências alélicas e genotípicas entre os pacientes com hanseníase e indivíduos controles referentes aos polimorfismos do gene CD80. Embora CD80 e CD86 tenham funções importantes na resposta imune os dados obtidos neste estudo demonstram que os polimorfismos analisados não têm influência na susceptibilidade à hanseníase e/ou diferentes formas clínicas da hanseníase.

Leprosy is a chronic infectious disease caused by Mycobacterium leprae that is influenced by host genetic. The poles of the leprosy are occupied by spectrum immunological opposite of the tuberculoid one hand, predominantly of the Th1 immune response and the other by the lepromatous, with predominant Th2 immune response. During the development of immune response, beyond antigen-specific signal is necessary a second signal for activation of T lymphocytes, termed costimulation. This signal can be delivered by costimulatory molecules CD80 and CD86 present on cell surfaces of antigen presented. The binding of these molecules to the receptors CD28 and CTLA-4 T lymphocytes present in the leads to the activation or inhibition of immune response, respectively. The…

Advisors/Committee Members: Paula, Lucia de, 26241709879, http://lattes.cnpq.br/5181076287139121, Naveca, Felipe Gomes, 07512955740, http://lattes.cnpq.br/3396741165569463.

Subjects/Keywords: Hanseníase; Polimorfismo; Moléculas Coestimulatórias; CIÊNCIAS DA SAÚDE: SAÚDE COLETIVA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Santos, M. P. d. (2012). Avaliação de polimorfismos genéticos das moléculas coestimulatórias CD80 e CD86 em pacientes portadores de hanseníase. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4912

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Santos, Maisa Porto dos. “Avaliação de polimorfismos genéticos das moléculas coestimulatórias CD80 e CD86 em pacientes portadores de hanseníase.” 2012. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed May 08, 2021. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4912.

MLA Handbook (7th Edition):

Santos, Maisa Porto dos. “Avaliação de polimorfismos genéticos das moléculas coestimulatórias CD80 e CD86 em pacientes portadores de hanseníase.” 2012. Web. 08 May 2021.

Vancouver:

Santos MPd. Avaliação de polimorfismos genéticos das moléculas coestimulatórias CD80 e CD86 em pacientes portadores de hanseníase. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2012. [cited 2021 May 08]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4912.

Council of Science Editors:

Santos MPd. Avaliação de polimorfismos genéticos das moléculas coestimulatórias CD80 e CD86 em pacientes portadores de hanseníase. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2012. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4912

3. Lobo, Maria Raika Guimarães. Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus.

Degree: 2013, Universidade Federal do Amazonas; Programa de Pós-graduação em Imunologia Básica e Aplicada; UFAM; BR; Instituto de Ciências Biológicas

Made available in DSpace on 2015-04-11T13:55:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maria Raika.pdf: 1899808 bytes, checksum: 77cc709bf1d3f9b9a28dfa1611a631fa (MD5) Previous issue date: 2013-08-27

Dengue disease is a serious public health problem in Brazil. There are four serotypes, DENV 1 to 4. In Brazil, all serotypes are circulating and are able to cause disease to humans, and may progress to a severe level, including death. Dengue transmission occurs by the bite of the female mosquito Aedes aegypti, widely distributed in tropical and subtropical countries. Brazil underwent a major epidemic in 1955 after which the disease was considered eradicated, causing disinterest among the medical community. The objective of this project was to trace the profile of cytokines in serum from patients with dengue in the city of Manaus. The immune response to dengue virus (DENV) and their serotypes has not yet been fully elucidated. Recently, studies demonstrated increased proinflammatory cytokines in patients infected with DENV-2, as IFN-γ, IL-6 and IL-17. However, the role of cytokines in the immune reponse Th1, Th2 and Th17 in dengue disease is still poorly understood. Tropical countries such as Brazil are conducive to a proliferation of vectors making it necessary to investigate the cytokine profile in the serum of patients with dengue, especially in a locality like Manaus. This study was a retrospective cross-sectional analytical component with cases of patients seen during the dengue epidemic in the Tropical Medicine Foundation of Amazonas Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT / HVD) in the period of January to December 2011, as well as negative controls from the Foundation of Hematology and Hemotherapy of the State of Amazonas (FHEMOAM). There were 90 serum samples, 60 from patients with dengue and 30 control patients divided into: Group I: negative control - blood donors (n = 30), Group II: positive control - DENGUE NOT SEVERE (n = 30) and Group III: positive control DENGUE SEVERE (n = 30). The diagnosis was made by viral protein NS1, dengue IgM serology, and finally the RT-PCR. The project was approved by the Ethics Committee of the Universidade do Amazonas (UFAM), n. 256-163 - CONEP. The dosages of IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, TNF-α, IFN-γ and IL17A were performed by flow cytometry (BD CBA Kit ® Biosciences). We used the nonparametric Kruskal-Wallis (P<0,05). The graphics were designed using Graphprisma ® software. In all quantified cytokines (IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, IFN-γ and IL-17A and TNF-α) it was possible to evaluate that in dengue groups (severe and non-severe) they had concentrations increased and statistically significant when compared to the negative control group. There was no difference in these cytokines when comparing the severe and not severe groups. Observing the behavior of cytokine IL-10, there was a trend in increase when comparing patients from dengue group who progressed to severe dengue. This pioneer study in this field in the northern region enabled us to identify the profile of a group of cytokines and infer…

Advisors/Committee Members: Barcellos, José Fernando Marques, Paula, Lucia de.

Subjects/Keywords: Dengue; Febre da dengue; citocinas; Resposta imune; Dengue; Dengue fever; Citokynes; Immune response; CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: IMUNOLOGIA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Lobo, M. R. G. (2013). Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas; Programa de Pós-graduação em Imunologia Básica e Aplicada; UFAM; BR; Instituto de Ciências Biológicas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2628

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Lobo, Maria Raika Guimarães. “Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus.” 2013. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas; Programa de Pós-graduação em Imunologia Básica e Aplicada; UFAM; BR; Instituto de Ciências Biológicas. Accessed May 08, 2021. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2628.

MLA Handbook (7th Edition):

Lobo, Maria Raika Guimarães. “Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus.” 2013. Web. 08 May 2021.

Vancouver:

Lobo MRG. Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; Programa de Pós-graduação em Imunologia Básica e Aplicada; UFAM; BR; Instituto de Ciências Biológicas; 2013. [cited 2021 May 08]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2628.

Council of Science Editors:

Lobo MRG. Perfil de citocinas no soro de pacientes com dengue em um instituto de referência em Manaus. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; Programa de Pós-graduação em Imunologia Básica e Aplicada; UFAM; BR; Instituto de Ciências Biológicas; 2013. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2628

.