Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("Frische, Cintia Cornelius"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Monteiro Neto, Benedito Domingos. Área e uso do espaço de Saguinus bicolor (Primates: Callitrichidae).

Degree: 2015, Universidade Federal do Amazonas

Diversos estudos apontam a relação entre movimentação de grupos de primatas e locais com alguma presença de fontes alimentares disponíveis. O propósito deste estudo é avaliar os padrões de uso do espaço por grupos de Saguinus bicolor. Seis grupos foram habituados, capturados e monitorados de 8 a 10 dias completos, em áreas de floresta na região de Manaus, AM. Para todos os grupos foram estimados a área de uso através do programa Quantum Gis®, com a o Mínimo Polígono Convexo (MCP) e Estimativa de Densidade Kernel. Utilizamos o método de grade com quadrados regulares (50x50m), o mesmo programa foi utilizado pra criar oito parcelas (50x50m) que foram montadas sobre os locais com Alta (AIU) e Baixa Intensidade de Uso (BIU) de cada grupo. Nessas parcelas, foram realizados levantamentos florísticos registrando informações quantitativas e qualitativas de árvores com frutos. Com esses dados comparamos a diversidade e abundância dentro e entre as áreas ocupadas pelos grupos. Os grupos apresentaram variação significativa no tamanho de área de uso total entre si (H = 36.7; p = 0.001) e o deslocamento tem relação com o tamanho médio da área utilizada (R2= 0.85; p = 0.006). Foi encontrada diferença significativa no número de árvores frutificando (t = 3.34; p = 0.02), árvores com frutos disponíveis (t = 4.151; p = 0.008) e número de espécies frutificando (t = 4.33; p = 0.007) entre áreas de AIU e BIU. Apesar dos grupos utilizarem área de uso com tamanho aproximado, houve grande variação entre a dimensão da área e deslocamento por dia, refletindo comportamentos de uso de área singular dos grupos. No geral, os grupos de S. bicolor exploram a área de maneira semelhante, permanecendo maior parte do tempo em locais com maior disponibilidade e diversidade de frutos, indicando que esse Primata tem comportamento conservador no uso do hábitat, investindo tempo em locais com reconhecida agregação de fontes alimentares.

Several studies indicate that the daily paths of primates groups are associated to places with presence of available food sources. The purpose of this study is to assess the patterns of size of home range and space use for Saguinus bicolor. A total of six groups were captured and monitored from 8 to 10 full days. For all groups were estimated the range of use through the ArcGis ® program with extension Animal Movements Analysis selecting the Minimum Convex Polygon function (MCP). For space use pattern, were used the method of regular square grid (50x50m) through the Quantum GIS Program 1.8 that allows you to create a grid on the total distribution of vector points. This, was used to create eight plots (50x50m) were mounted on the sites with high (HIU) and low intensity of use (LIU) of each group. In these plots, floristic surveys were carried out quantitative and qualitative information logging of trees with fruit. With these data were able to compare diversity and abundance within and among the areas occupied by the groups. The groups showed significant variation in the total home range size each other (H = 36.7; p =…

Advisors/Committee Members: Gordo, Marcelo, 120.767.438-98, http://lattes.cnpq.br/7974425330619510, Frische, Cintia Cornelius, http://lattes.cnpq.br/2084666261479342, Spironello, Wilson Roberto, http://lattes.cnpq.br/9562705971072848, Kaefer, Igor Luis, http://lattes.cnpq.br/7592372945105122, [email protected].

Subjects/Keywords: Área de uso; Uso do espaço; Árvores frutificando; Saguinus bicolor; Range; Space use; Fructifying trees; CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Monteiro Neto, B. D. (2015). Área e uso do espaço de Saguinus bicolor (Primates: Callitrichidae). (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6921

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Monteiro Neto, Benedito Domingos. “Área e uso do espaço de Saguinus bicolor (Primates: Callitrichidae).” 2015. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 21, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6921.

MLA Handbook (7th Edition):

Monteiro Neto, Benedito Domingos. “Área e uso do espaço de Saguinus bicolor (Primates: Callitrichidae).” 2015. Web. 21 Jan 2021.

Vancouver:

Monteiro Neto BD. Área e uso do espaço de Saguinus bicolor (Primates: Callitrichidae). [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2015. [cited 2021 Jan 21]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6921.

Council of Science Editors:

Monteiro Neto BD. Área e uso do espaço de Saguinus bicolor (Primates: Callitrichidae). [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2015. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6921

2. Souza Júnior, Wagner Bento de. O regime de propriedade e sua relação com a integridade ecológica dos fragmentos florestais urbanos.

Degree: 2013, Universidade Federal do Amazonas

Fragmentos florestais urbanos podem ser considerados como um tipo especial de infraestrutura verde decorrentes da fragmentação da paisagem, que de modo planejado ou não, geram a presença de remanescentes de florestas e de outras formas de vegetação nativas no interior da malha urbana. Sendo espaços “construídos”, estes fragmentos florestais estão sob a influência das ações individuais e coletivas assim como também das instituições sociais (regimes de propriedade, normas, leis e planos) que operam na gestão desses espaços urbanos. Baseando-se nas teorias da economia institucional e nos princípios da ecologia da paisagem e considerando-se a importância da valorização dos serviços ambientais esta dissertação propõe verificar a correlação entre a integridade ecológica de fragmentos florestais e os diferentes regimes de propriedade que neles incidem. O pressuposto deste estudo é que regimes de propriedade públicos e privados representam diferentes conjuntos de incentivos à conservação dos recursos ambientais. Tomando como área de estudo a microbacia do Igarapé do Gigante, em Manaus-AM, a dinâmica espaço-temporal de cada fragmento florestal foi avaliada e correlacionada com o seu respectivo regime de propriedade. Dessa forma, verificou-se que as maiorias dos fragmentos florestais localizados nessa microbacia estão sob dois ou mais tipos de regimes de propriedade, coincidentemente esses mesmos fragmentos foram os que apresentaram mais mudanças negativas ao longo do tempo. Portanto, foi possível perceber uma tendência nítida nos fragmentos caracterizados de multiregime, devido a grande maioria terem reduzido seu índice de integridade ecológica.

Urban forest fragments might be considered a special type of green infrastructure caused by landscape fragmentation, that in a planned or a non-planned way generate the presence of remainder of forests and other kinds of native vegetation inside the urban web. Being “built” spaces, these forest fragments are under the influence of individual and collective action and also of the social institutions (property systems, rules, laws and plans) that control the managing of those urban spaces. Based on theories of institutional economy and ecological principles of the landscape and considering the relevance of environmental services valorization, this dissertation has as goal to examine the correlation between ecological integrity of forest fragments and the many different property systems that affect them. The conjecture of this study is the fact that public and private property systems represent different incentive joints to conservation of environmental resources. Having as study field the micro-watershed of Igarapé do Gigante located in Manaus – AM, the spatial and temporal dynamic of each forest fragment was evaluated and analyzed accordingly to its respective property system. Therefore, the main goal of this research was verify if the maintenance of ecological integrity of the urban forest fragments is influenced for the many different kinds of …

Advisors/Committee Members: Pereira, Henrique dos Santos, 214.671.532-49, http://lattes.cnpq.br/1352117560279931, Schor, Tatiana, http://lattes.cnpq.br/4256319041323029, Pinheiro, Eduardo da Silva, http://lattes.cnpq.br/4724247132224466, Frische, Cintia Cornelius, http://lattes.cnpq.br/2084666261479342.

Subjects/Keywords: Ecologia da paisagem; Microbacia do Igarapé do Gigante; Cidade de Manaus; CIÊNCIAS AGRÁRIAS: AGRONOMIA: RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Souza Júnior, W. B. d. (2013). O regime de propriedade e sua relação com a integridade ecológica dos fragmentos florestais urbanos. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4316

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Souza Júnior, Wagner Bento de. “O regime de propriedade e sua relação com a integridade ecológica dos fragmentos florestais urbanos.” 2013. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 21, 2021. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4316.

MLA Handbook (7th Edition):

Souza Júnior, Wagner Bento de. “O regime de propriedade e sua relação com a integridade ecológica dos fragmentos florestais urbanos.” 2013. Web. 21 Jan 2021.

Vancouver:

Souza Júnior WBd. O regime de propriedade e sua relação com a integridade ecológica dos fragmentos florestais urbanos. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2013. [cited 2021 Jan 21]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4316.

Council of Science Editors:

Souza Júnior WBd. O regime de propriedade e sua relação com a integridade ecológica dos fragmentos florestais urbanos. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2013. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4316

3. Fragata, Márcia de Matos. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

As espécies da fauna reagem de maneiras distintas ao processo de urbanização devido às variações na capacidade adaptativa de cada grupo taxonômico e do contexto urbano onde estas espécies estão inseridas. Pouco se sabe sobre os efeitos da urbanização sobre a biodiversidade em cidades localizadas nos trópicos, região que hospeda a maior parte da biodiversidade do planeta. É necessário, portanto, que se realizem estudos em diferentes contextos urbanísticos, em especial em regiões de alta biodiversidade como a Amazônia. Neste estudo documentamos as variações espaciais e temporais na diversidade e abundância de psitacídeos em Manaus, Amazonas, para avaliar as relações entre tais variações e as características socioambientais desta área urbana. Censos audiovisuais de psitacídeos foram realizados em 12 bairros de Manaus com variabilidade nas características ambientais e socioeconômicas. Também foram coletados dados de percentagem de área verde e de renda média dos moradores de cada bairro amostrado. Registramos 14 espécies de psitacídeos, o que a destaca Manaus como uma das cidades com maior diversidade psitacídeos no Brasil. A maioria das espécies de psitacídeos que ocupa a área urbana de Manaus é proveniente de ambientes rurais, especialmente de hábitats sujeitos a alagamentos sazonais. A abundância relativa das duas espécies mais comuns de psitacídeos Brotogeris versicolurus e Psittacara leucophthalmus foi maior entre os meses de setembro e fevereiro. As outras 12 espécies, em contraste, não apresentaram diferenças significativas entre os meses de amostragem. O número de espécies de psitacídeos é maior em bairros com maior proporção de área verde. Por outro lado, a renda média dos moradores dos bairros não esteve relacionada com a diversidade e a abundância dos psitacídeos. Manaus hospeda uma assembleia de psitacídeos diversa e representativa do bioma Amazônia. As características socioambientais dos bairros, especialmente a quantidade de área verde e densidade populacional humana afetaram a diversidade, abundância e composição de espécies de psitacídeos no espaço urbano de Manaus. Administradores públicos e moradores de cidade poderiam adotar algumas medidas como manejo de arborização urbana baseada na relação ecológica animal-planta, isto poderia beneficiar os psitacídeos e favorecer a presença destes animais em cidades, minimizando de certa forma o impacto da urbanização na população destas aves, já ameaçadas pela perda de habitat. Entre estas medidas sugeridas destacam-se a proteção de vegetação nativa em áreas de expansão urbana e recuperação de vegetação nativa ou exótica em quintais e espaços públicos.

Different species of wildlife react in different ways to urbanization processes due to variations in the adaptive capability of each taxonomic group and the urban context in which these species exist. Little is known about the effects of urbanization on biodiversity in cities located along the tropics, a region that hosts most of the planet's biodiversity. Therefore, it is essential to conduct studies in…

Advisors/Committee Members: Borges, Sérgio Henrique, 66237904620, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Frische, Cintia Cornelius, http://lattes.cnpq.br/2084666261479342, Borges, Sérgio Henrique, http://lattes.cnpq.br/7481940705014110, Fonseca, Rogério, http://lattes.cnpq.br/9737977542201724, Silva, Francisca Helena Aguiar da, http://lattes.cnpq.br/5323035672186762, [email protected], https://orcid.org/0000-0002-1952-4467, https://orcid.org/0000-0002-6690-7655.

Subjects/Keywords: Ecologia urbana (Biologia) - Amazônia; Biodiversidade - Amazônia; Aves - Amazônia; CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA; Ecologia urbana; Aves; Biodiversidade; Amazônia; Manaus; Urban ecology; Birds; Biodiversity; Amazon

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Fragata, M. d. M. (2019). Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Fragata, Márcia de Matos. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 21, 2021. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

MLA Handbook (7th Edition):

Fragata, Márcia de Matos. “Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia.” 2019. Web. 21 Jan 2021.

Vancouver:

Fragata MdM. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2021 Jan 21]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359.

Council of Science Editors:

Fragata MdM. Vivendo em uma cidade tropical de concreto: variações na diversidade e abundância em uma assembleia de psitacídeos (Aves; Psittacidae) em uma grande metrópole da Amazônia. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7359

.