Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("CPF:24105325272"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Klehm, Cristiane da Silva. Produção de biomassa, teor e rendimento de óleo essencial de Otacanthus Azureus (Linden) Ronse em função da adubação orgânica e épocas de corte, em Manaus, AM.

Degree: 2011, Universidade Federal do Amazonas

Otacanthus azureus (Linden) Ronse é uma planta originária da região sudeste do Brasil, sendo encontrada sob cultivo ou adaptada no norte do Brasil. Por ser uma planta ainda em fase de domesticação há a necessidade de pesquisas para definir um sistema de cultivo que maximize a produção de óleo essencial. Assim, o presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da adição de adubo orgânico esterco de bovino - e épocas de corte na produção de biomassa foliar e óleo essencial de O. azureus em Manaus - AM. O experimento foi conduzido no Setor de Plantas Medicinais da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Amazonas - UFAM, no período de dez/2009 a set/2010. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 3x4, com 4 repetições, compreendendo três épocas de corte (março, junho e setembro) e quatro níveis de adubação orgânica com esterco de bovino (0 %, 20%, 33% e 50%). A adubação orgânica com esterco de bovino teve influência na produção de biomassa foliar e óleo essencial em O. azureus, sendo que os tratamentos com 20% e 33% foram estatisticamente iguais e superiores aos demais tratamentos. A maior produção de óleo essencial em plantas de O. azureus foi obtida no primeiro corte. recomenda-se à porcentagem de 20% pelo menor gasto com a adubação

Otacanthus azureus (Linden) Ronse is a plant native to southeastern Brazil, being found under cultivation or adapted in northern Brazil. By reason of being a plant still in the process of domestication is the need for research to define a cropping system that maximizes the production of essential oil. Thus, this study aimed to evaluate the effect of adding organic fertilizer - cattle manure - and harvest times in the production of leaf biomass and essential oil O. azureus in Manaus - AM. The experiment was conducted in the Department of Medicinal Plants, Faculty of Agrarian Sciences, Federal University of Amazonas - UFAM, from Dec/2009 to set/2010. The experimental design was completely randomized in a 3x4 factorial design with four repetitions, comprising three harvest times (march, june and september) and four levels of organic fertilization with cattle manure (0%, 20%, 33% and 50%). The organic fertilization with cattle manure had an effect on leaf biomass production and essential oil of O. azureus, and the treatments with 20% and 33% were statistically equal and superior to other treatments. Most essential oil production in plants of O. azureus was obtained in the first cut. It recommended that the percentage of 20% by spending less on fertilization

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Advisors/Committee Members: Hidalgo, Ari de Freias, CPF:24105325272.

Subjects/Keywords: Plantas medicinais; Copaíba-erva; Esterco bovino; Cultivo; Domesticação; Medicinal plants; Copaíba - erva; Cattle manure; Cultivation; Domestication; CIÊNCIAS AGRÁRIAS: AGRONOMIA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Klehm, C. d. S. (2011). Produção de biomassa, teor e rendimento de óleo essencial de Otacanthus Azureus (Linden) Ronse em função da adubação orgânica e épocas de corte, em Manaus, AM. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2741

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Klehm, Cristiane da Silva. “Produção de biomassa, teor e rendimento de óleo essencial de Otacanthus Azureus (Linden) Ronse em função da adubação orgânica e épocas de corte, em Manaus, AM.” 2011. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed October 21, 2019. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2741.

MLA Handbook (7th Edition):

Klehm, Cristiane da Silva. “Produção de biomassa, teor e rendimento de óleo essencial de Otacanthus Azureus (Linden) Ronse em função da adubação orgânica e épocas de corte, em Manaus, AM.” 2011. Web. 21 Oct 2019.

Vancouver:

Klehm CdS. Produção de biomassa, teor e rendimento de óleo essencial de Otacanthus Azureus (Linden) Ronse em função da adubação orgânica e épocas de corte, em Manaus, AM. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2011. [cited 2019 Oct 21]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2741.

Council of Science Editors:

Klehm CdS. Produção de biomassa, teor e rendimento de óleo essencial de Otacanthus Azureus (Linden) Ronse em função da adubação orgânica e épocas de corte, em Manaus, AM. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2011. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2741

2. Viana Júnior, Januário Macêdo. Propagação sexuada e assexuada de saracura-mirá (Ampelozizyphus amazonicus Ducke - Rhamnaceae), em ambiente natural e viveiro, com quatro concentrações de Ácido Indol Butírico.

Degree: 2011, Universidade Federal do Amazonas

A Amazônia é a maior reserva de produtos naturais com potencial fitoterápico do planeta e a sua população emprega-os empiricamente para esses fins. Mas o desmatamento, associado a pratica extrativista predatória, vem provocando a diminuição, bem como a erosão genética, podendo levar até a extinção dessas espécies. Dentre as inúmeras plantas que são utilizadas pela sua população para tratar diversos males, está a saracura-mirá (Ampelozizyphus amazonicus Ducke), também conhecida como cerveja-de-índo, que é bastante utilizada pela população amazônica para o tratamento de diversas enfermidades, destacando-se o uso como medida profilática contra a malária, que já teve sua eficácia comprovado através de testes em laboratório. O presente trabalho objetivou avaliar as formas de propagação da espécie Ampelozizyphus amazonicus. Mudas jovens da área de ocorrência natural foram aclimatadas e plantadas em três diferentes ambientes: a pleno sol, área bosqueada de floresta primária e área sombreada por Ochroma pyramidale, as mudas plantadas na área bosqueada apresentaram 100% de sobrevivência, enquanto as demais áreas 88% cada. Na propagação sexuada, as sementes foram postas para germinar em quatro diferentes substratos, sendo: S1-substrato comercial, S2-substrato da área de ocorrência natural da espécie, S3-composto orgânico e S4-areia lavada no delineamento experimental inteiramente casualizado com quatro repetições cada. Foram feitas contagens de sementes germinadas a cada dois dias. Os resultados de porcentagem de germinação e índice de velocidade de emergência (IVE) foram comparados por análise estatística. A variável germinação não apresentou diferença estatística entre os tratamentos, mostrando que os substratos não tiveram influência no processo germinativo. Já 10 a variável IVE mostrou diferença entre os tratamentos S4 e S2, onde S4 apresentou a maior média e o S2 à menor. Na propagação vegetativa por via alporquia foram testados diferentes pré-tratamentos de alporquia: anelamento total, anelamento parcial, e estrangulamento por arame, bem como quatro concentrações de AIB (0, 500, 1000 3e 2000 ppm). No fator independente pré-tratamento de alporquia, o estrangulamento por arame, apresentou maiores médias e o tratamento com anelamento total as menores médias em relação às variáveis estudadas, e no fator individual concentração de AIB, alporques tratados com 2000 ppm apresentaram maiores médias. Na propagação assexuada por via estaquia, foram testadas diferentes concentrações do hormônio regulador de crescimento ácido indol butílico (e quatro dosagens de AIB (0, 500, 1000 e 2000 ppm) e diferentes substratos, sendo três tipos: areia lavada, solo da área natural da espécie e composto comercial, no delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 x 4. A análise estatística mostrou que não houve diferença estatística entre os tratamentos. No fator substrato, o tratamento com areia lavada foi o que apresentou maiores médias para as variáveis % de sobrevivência, número de raiz e número de brotos. Já no fator dosagem de… Advisors/Committee Members: Hidalgo, Ari de Freias, CPF:24105325272, Chaves, Francisco Célio Maia, CPF:31608809315, http://lattes.cnpq.br/1859956031845736.

Subjects/Keywords: Domesticação de plantas; Cerveja-de-índio; Alporquia; Estaquia; Domestication of plants; Indian beer; Layering, cuttings; CIÊNCIAS AGRÁRIAS: AGRONOMIA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Viana Júnior, J. M. (2011). Propagação sexuada e assexuada de saracura-mirá (Ampelozizyphus amazonicus Ducke - Rhamnaceae), em ambiente natural e viveiro, com quatro concentrações de Ácido Indol Butírico. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2739

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Viana Júnior, Januário Macêdo. “Propagação sexuada e assexuada de saracura-mirá (Ampelozizyphus amazonicus Ducke - Rhamnaceae), em ambiente natural e viveiro, com quatro concentrações de Ácido Indol Butírico.” 2011. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed October 21, 2019. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2739.

MLA Handbook (7th Edition):

Viana Júnior, Januário Macêdo. “Propagação sexuada e assexuada de saracura-mirá (Ampelozizyphus amazonicus Ducke - Rhamnaceae), em ambiente natural e viveiro, com quatro concentrações de Ácido Indol Butírico.” 2011. Web. 21 Oct 2019.

Vancouver:

Viana Júnior JM. Propagação sexuada e assexuada de saracura-mirá (Ampelozizyphus amazonicus Ducke - Rhamnaceae), em ambiente natural e viveiro, com quatro concentrações de Ácido Indol Butírico. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2011. [cited 2019 Oct 21]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2739.

Council of Science Editors:

Viana Júnior JM. Propagação sexuada e assexuada de saracura-mirá (Ampelozizyphus amazonicus Ducke - Rhamnaceae), em ambiente natural e viveiro, com quatro concentrações de Ácido Indol Butírico. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2011. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2739

3. Bustamante, Gina Giovanna Frausin. Frutos, Sementes e órgãos tuberosos na alimentação da etnia Sateré-Mawé dos rios Marau e Urupadi (Maués-Amazonas).

Degree: 2009, Universidade Federal do Amazonas

Sateré-Mawé é uma etnia indígena que pertence ao tronco linguístico Tupi e habita a Terra Indígena (TI) Andirá-Marau, na divisa dos estados do Amazonas e Pará. Assim como outros grupos étnicos do Brasil e do mundo, os Sateré-Mawé passam por mudanças em seus costumes e identidade cultural. Pesquisas e estudos realizados com esses grupos são importantes para entender a relação entre a diversidade biológica e étnica, com a finalidade de registrar e preservar informações sobre os usos dos recursos vegetais, podendo gerar pautas para a conservação destes recursos. As técnicas de cultivo e preparação dos frutos, sementes e órgãos tuberosos alimentícios em duas comunidades da etnia Sateré-Mawé localizadas no município de Maués, Amazonas, foram documentadas por meio de entrevistas semi-estruturadas e observação participante. Do mesmo modo, foram registradas informações referentes à divisão do trabalho e à cultura material para o desenvolvimento destas atividades. Foram identificadas 81 espécies de plantas alimentícias pertencentes a 37 famílias botânicas e 63 gêneros. Os Sateré-Mawé praticam a agricultura itinerante em roças e capoeiras, cultivando predominantemente variedades de mandioca. Outros espaços para a obtenção de alimentos são os quintais, os sítios e as áreas da floresta, sendo que nesta última realizam o extrativismo. Foram observadas modificações nos hábitos alimentares destas comunidades pela proximidade a centros urbanos, onde são adquiridos itens alimentares e elementos da cultura material industrializados. Poucas pesquisas sobre etnobotânica da etnia Sateré-Mawé são encontradas na literatura, sendo este um importante aporte ao conhecimento dos usos da flora local.

Sateré-Mawé is an indigenous ethnic group belonged to the linguistic trunk Tupi and inhabits the Indigenous Land Andirá-Marau, in the division of Amazonas and Pará states. As other ethnic groups from Brazil and from the world, the Sateré people go by changing on their customs and cultural identity. Researches and studies done with these groups are important to understand the relation between biological and ethnicity diversity, with the aim to register and preserve informations about eatable species, methods and use techniques of vegetable resources, whose results can generate patterns to conservation and proper use of these properties. The cultivation techniques and fruits preparation, seeds and eatable tuberous organs in two communities of the Sateré-Mawé group located in Maués city, Amazonas, were documented through semi-structured interviews and participant observations. The same way, were registered informations related to labor division and to material culture for this activities development. 81 species of alimentary plants were identified, belonging to 37 botanical families and 63 genus. The Sateré-Mawé people practice the itinerant agriculture in indigenous farming and capoeiras, cultivating predominantly manioc varieties. Other spaces used to obtain food are home yards, farms and forest areas, where in this last, they practice…

Advisors/Committee Members: Hidalgo, Ari de Freias, CPF:24105325272.

Subjects/Keywords: Etnobotânica; Comunidades indígenas; Alimentação; Ethnobotany; Indigenous communities; Food; CIÊNCIAS AGRÁRIAS: AGRONOMIA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Bustamante, G. G. F. (2009). Frutos, Sementes e órgãos tuberosos na alimentação da etnia Sateré-Mawé dos rios Marau e Urupadi (Maués-Amazonas). (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2712

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Bustamante, Gina Giovanna Frausin. “Frutos, Sementes e órgãos tuberosos na alimentação da etnia Sateré-Mawé dos rios Marau e Urupadi (Maués-Amazonas).” 2009. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed October 21, 2019. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2712.

MLA Handbook (7th Edition):

Bustamante, Gina Giovanna Frausin. “Frutos, Sementes e órgãos tuberosos na alimentação da etnia Sateré-Mawé dos rios Marau e Urupadi (Maués-Amazonas).” 2009. Web. 21 Oct 2019.

Vancouver:

Bustamante GGF. Frutos, Sementes e órgãos tuberosos na alimentação da etnia Sateré-Mawé dos rios Marau e Urupadi (Maués-Amazonas). [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2009. [cited 2019 Oct 21]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2712.

Council of Science Editors:

Bustamante GGF. Frutos, Sementes e órgãos tuberosos na alimentação da etnia Sateré-Mawé dos rios Marau e Urupadi (Maués-Amazonas). [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2009. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2712

.