Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("Bataglion, Giovana Anceski"). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Melo, Moacir Guimarães de. Determinação de esteróis em sedimentos de igarapés de Manaus utilizando cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas sequencial (LC–MS/MS).

Degree: 2018, Universidade Federal do Amazonas

Com a implantação da Zona Franca de Manaus (AM), a cidade passou por um grande crescimento populacional que não foi acompanhado de investimentos em infraestrutura e controle sobre o uso e ocupação dos solos. Problemas como falta de saneamento, urbanização e habitação cresceram ao longo dos anos, influenciando o meio ambiente. A contaminação de corpos aquáticos pode ser avaliada a partir da matéria orgânica (MO) sedimentar que acumula compostos hidrofóbicos. Neste sentido, os esteróis são bastante úteis como biomarcadores geoquímicos na avaliação das fontes de MO biogênica (terrestre e aquática) e antropogênica (esgoto doméstico). Este trabalho determinou quantitativamente uma série de esteróis em sedimentos de três igarapés de Manaus (Mindu, Quarenta e Tarumã-Açu) por cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas sequencial. Os esteróis colesterol, epicoprostanol, coprostanol, colestanol, campesterol, β-sitosterol, estigmasterol, brassicasterol, ergosterol e estigmastanol foram selecionados a fim de avaliar as diversas fontes de MO nos igarapés de estudo. A grande maioria das amostras dos igarapés completamente inseridos na área urbana, Mindu e Quarenta, apresentaram coprostanol (esterol fecal) como o esterol mais abundante com concentrações variando de 523 a 6113 ng.g-1 e de 509 a 12 830 ng.g-1, respectivamente. As concentrações de coprostanol nas amostras do igarapé Tarumã-Açu foram muito menores, variando de < LQ a 142 ng.g-1. Similarmente, as porcentagens de coprostanol variaram de 0 a 7 % (m/m) para as amostras do Igarapé Tarumã-Açu, de 21 a 54 % (m/m) para o Igarapé do Mindu e de 31 a 50 % (m/m) para o Igarapé do Quarenta. Ainda, índices diagnósticos foram calculados a fim de obter uma avaliação mais robusta dos níveis de contaminação nos igarapés de estudo. As razões coprostanol/(coprostanol + colestanol), coprostanol/colesterol e coprostanol/epicoprostanol corroboram os resultados relatados acima e indicam uma intensa entrada de esgoto doméstico não tratado nos igarapés Mindu e Quarenta. Os índices diagnósticos associados às concentrações indicam que o igarapé Tarumã-Açu é muito menos submetido ao aporte de esgoto doméstico, mas já mostra sinais de contaminação moderada em alguns pontos. Os resultados obtidos neste estudo podem ser utilizados como valores base para a tomada de decisões acerca de políticas públicas de saneamento básico e para o monitoramento da qualidade de sedimentos dos corpos aquáticos de Manaus.

With the implementation of the Zona Franca de Manaus (AM), the city underwent a great population growth that was not accompanied by investments in infrastructure and control over land use and occupation. Problems such as lack of sanitation, urbanization and housing have grown over the years, influencing the environment. Contamination of aquatic environments can be evaluated from the sedimentary organic matter (OM) that accumulates hydrophobic compounds. In this sense, the sterols are very useful as geochemical biomarkers in the evaluation of the sources of biogenic OM (terrestrial…

Advisors/Committee Members: Bataglion, Giovana Anceski, 04510695950, http://lattes.cnpq.br/2165700724098948, Souza, Afonso Duarte Leão de, http://lattes.cnpq.br/5784405197320526, Oliveira, Tereza Cristina Souza de, Valle, Cláudia Magalhães do, [email protected].

Subjects/Keywords: Igarapés de Manaus - Contaminação; Esgoto doméstico; Recursos Hídricos; Biomarcadores geoquímicos; CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Melo, M. G. d. (2018). Determinação de esteróis em sedimentos de igarapés de Manaus utilizando cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas sequencial (LC–MS/MS). (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6415

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Melo, Moacir Guimarães de. “Determinação de esteróis em sedimentos de igarapés de Manaus utilizando cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas sequencial (LC–MS/MS).” 2018. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 22, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6415.

MLA Handbook (7th Edition):

Melo, Moacir Guimarães de. “Determinação de esteróis em sedimentos de igarapés de Manaus utilizando cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas sequencial (LC–MS/MS).” 2018. Web. 22 Jan 2020.

Vancouver:

Melo MGd. Determinação de esteróis em sedimentos de igarapés de Manaus utilizando cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas sequencial (LC–MS/MS). [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2018. [cited 2020 Jan 22]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6415.

Council of Science Editors:

Melo MGd. Determinação de esteróis em sedimentos de igarapés de Manaus utilizando cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas sequencial (LC–MS/MS). [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2018. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6415

2. Silva, Henrique Alves da. Subst?ncias h?micas aqu?ticas do rio Negro-AM: impacto da varia??o da sua composi??o na labilidade de ?ons met?licos e em seu efeito redutor de toxicidade aguda.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

Este trabalho tem o objetivo investigar o comportamento de complexa??o de metais da Subst?ncias H?micas Aqu?ticas (SHA) frente as varia??es nas propor??es das suas fra??es majorit?rias ?cido H?mico (AH) e ?cido F?lvico (AF), apontando as dificuldades da diferencia??o e maneiras de minimizar essas dificuldades. Para tanto, foram caracterizadas amostras de SHA do rio Negro coletadas em agosto de 2016 e nos meses de mar?o, junho, setembro e dezembro de 2012. As caracteriza??es dos seus componentes qu?micos foram feitas utilizando das t?cnicas de An?lise Elementar, Resson?ncia Magn?tica Nuclear de 13C, Espectroscopia no Infravermelho por Transformada de Fourier, Espectroscopia no Ultravioleta Vis?vel e Espectrometria de Emiss?o At?mica por Plasma Acoplado Indutivamente. Foram feitos estudos de labilidade dos metais Cu, Fe, Al, Mg, Mn e Zn nas diferentes amostras, utilizando o sistema de Ultrafiltra??o de Fluxo Tangencial (UF-TG) e ?ons de Cu2+ como ?on trocador. Foi proposto um novo m?todo de c?lculo da ordem de labilidade dos diferentes metais. A nova proposta de c?lculo foi utilizada nos resultados obtidos pela UF-TG nos estudos com SHA e suas fra??es AH e AF. Utilizando o m?todo proposto, foi poss?vel diferenciar e ordenar a labilidade dos ?ons met?licos presentes nas fra??es AH e AF com a dos ?ons met?licos presentes na SHA. Tamb?m foi estudado a efici?ncia e o impacto da purifica??o por di?lise em processo de batelada na concentra??o de ?ons met?licos orginalmente complexados nos extratos de SHA, AH e AF. Os resultados mostraram que sete bateladas de di?lise s?o necess?rias para reduzir o excesso de ?ons Na provenientes da extra??o da SHA e suas fra??es, e que ?ons de K, originalmente complexados na SHA e em suas fra??es, s?o perdidos durante o processo de di?lise. Esses resultados refor?am a import?ncia da estimativa da perda de ?ons met?licos durante o processo de purificando, evitando assim, afirmativas erronias por exemplo em estudos de troca de ?ons met?licos e de determina??o de constantes de estabilidade. A influ?ncia do car?ter complexante de ?ons met?licos da SHA e sua fra??es tamb?m foi observada em ensaios de toxicidade aguda de ?ons cobre em Art?mia Salina sp. Nesses ensaios, foi verificado que o aumento da fra??o AH na estrutura da SHA tende a melhorar o efeito redutor de toxicidade da mesma.

This aim of this work is to investigate the metal complexation behavior of Aquatic Humic Substances (SHA) against the variations in the proportions of their majority fractions Humic Acid (HA) and Fulvic Acid (FA), pointing out the difficulties of differentiation and ways to minimize these difficulties. Therefore, samples of the Rio Negro SHA collected in August 2016 and in March, June, September and December 2012 were characterized. The characterization of their chemical components was made using the Elemental Analysis techniques, 13C Nuclear Magnetic Resonance, Fourier Transform Infrared Spectroscopy, Visible Ultraviolet Spectroscopy and Inductively Coupled Plasma Atomic Emission Spectrometry. Liability…

Advisors/Committee Members: Sargentini Junior, ?zio, 005.771.488-69, http://lattes.cnpq.br/7206359564567605, Lages, Anderson da Silva, http://lattes.cnpq.br/4194591715748371, Mota , F?bio Alexandre Costa, http://lattes.cnpq.br/2207667092752016, Bataglion, Giovana Anceski, http://lattes.cnpq.br/2165700724098948, Santana , Genilson Pereira, http://lattes.cnpq.br/3304605845319238, [email protected].

Subjects/Keywords: Testes de toxicidade; ?cido h?mico; ?cido f?lvico; CI?NCIAS EXATAS E DA TERRA: QU?MICA: QU?MICA ANAL?TICA: AN?LISE DE TRA?OS E QU?MICA AMBIENTAL; Subst?ncias h?micas; ?cido h?mico e f?lvico; Art?mia Salina.sp; Redu??o de toxicidade

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Silva, H. A. d. (2019). Subst?ncias h?micas aqu?ticas do rio Negro-AM: impacto da varia??o da sua composi??o na labilidade de ?ons met?licos e em seu efeito redutor de toxicidade aguda. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7472

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Silva, Henrique Alves da. “Subst?ncias h?micas aqu?ticas do rio Negro-AM: impacto da varia??o da sua composi??o na labilidade de ?ons met?licos e em seu efeito redutor de toxicidade aguda.” 2019. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed January 22, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7472.

MLA Handbook (7th Edition):

Silva, Henrique Alves da. “Subst?ncias h?micas aqu?ticas do rio Negro-AM: impacto da varia??o da sua composi??o na labilidade de ?ons met?licos e em seu efeito redutor de toxicidade aguda.” 2019. Web. 22 Jan 2020.

Vancouver:

Silva HAd. Subst?ncias h?micas aqu?ticas do rio Negro-AM: impacto da varia??o da sua composi??o na labilidade de ?ons met?licos e em seu efeito redutor de toxicidade aguda. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2020 Jan 22]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7472.

Council of Science Editors:

Silva HAd. Subst?ncias h?micas aqu?ticas do rio Negro-AM: impacto da varia??o da sua composi??o na labilidade de ?ons met?licos e em seu efeito redutor de toxicidade aguda. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7472

.