Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("23884886053"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Crispim, Myuki Alfaia Esashika. Genotipagem do vírus da Hepatite C e do vírus da Hepatite Delta na Amazônia ocidental brasileira.

Degree: 2007, Universidade Federal do Amazonas

As hepatites B e D são endêmicas na Amazônia Ocidental Brasileira, mas poucos estudos têm buscado investigar a variabilidade genética de ambos os vírus. O vírus da Hepatite B (VHB) tem uma alta variabilidade genética, sendo definidos oito genótipos distintos (A-H). O vírus da hepatite D (VHD), na atual classificação, também é sugerido apresentar oito genótipos (I-VIII). O presente estudo teve o objetivo de descrever os genótipos do vírus B e D na Amazônia Ocidental Brasileira. Selecionamos 190 amostras de portadores crônicos do vírus da hepatite B, sendo que, destas, 50 apresentavam infecção dupla com o VHD. As amostras de soro do VHB foram submetidas a genotipagem por meio da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR), com iniciadores tipo específicos. Em amostras reativas para o VHD RNA por RT-PCR foi realizada a genotipagem por Análise do Polimorfismo do Tamanho de Fragmentos de Restrição (RFLP). Foi detectado o genótipo A como o mais freqüente em 91 participantes (56,5%), seguido pelo F em 41(25,5%), e o D em 29 (18,0%). Na genotipagem para o VHD encontramos somente o genótipo III. Este estudo mostrou que os genótipos A, D e F do VHB e o genótipo III do VHD, representam os genótipos predominantes na Amazônia Ocidental Brasileira.

Hepatitis B and D are endemic in the Western Brazilian Amazon region , but few studies have been conducted to investigate the genetic variability of both viruses. The hepatitis B virus (HBV) has a high genetic variability, with eight different genotypes defined (A-H). In present classification hepatitis D virus (HDV) is also supposed to present eight different genotypes (I-VIII). The aim of this study was to describe the genotypes of the virus B and D of the Western Brazilian Amazon region. We selected 190 samples of chronic carriers with HBV and 50 of them presented double infection with HDV. The serum samples of HBV were submitted to the genotyping through Polymerase Chain Reaction (PCR), with type-specific primers . In the reactive samples for HDV RNA by RT-PCR was used the genotyping by Restriction Fragment Lenght Polymorphism (RFLP). The genotype A of HBV was detected as the most frequent, in 91 participants (56,5%), following by genotype F, in 41 (25,5%), and genotype D, in 29 (18,0%). In the HDV genotyping, we found only the genotype III. This study showed that the genotypes A, D and F of VHB and the genotype III of HDV represented the predominant genotypes in the Western Brazilian Amazon.

Advisors/Committee Members: Kiesslich, Dagmar, CPF:23884886053, http://lattes.cnpq.br/8365049847029324.

Subjects/Keywords: Vírus Hepatite B; Vírus Hepatite D; Genótipos; Amazônia Ocidental Brasileira; Hepatitis B Virus; Hepatitis D virus; Genotypes; Western Brazilian Amazon; CIÊNCIAS DA SAÚDE

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Crispim, M. A. E. (2007). Genotipagem do vírus da Hepatite C e do vírus da Hepatite Delta na Amazônia ocidental brasileira. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3643

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Crispim, Myuki Alfaia Esashika. “Genotipagem do vírus da Hepatite C e do vírus da Hepatite Delta na Amazônia ocidental brasileira.” 2007. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed August 06, 2020. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3643.

MLA Handbook (7th Edition):

Crispim, Myuki Alfaia Esashika. “Genotipagem do vírus da Hepatite C e do vírus da Hepatite Delta na Amazônia ocidental brasileira.” 2007. Web. 06 Aug 2020.

Vancouver:

Crispim MAE. Genotipagem do vírus da Hepatite C e do vírus da Hepatite Delta na Amazônia ocidental brasileira. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2007. [cited 2020 Aug 06]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3643.

Council of Science Editors:

Crispim MAE. Genotipagem do vírus da Hepatite C e do vírus da Hepatite Delta na Amazônia ocidental brasileira. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2007. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3643

2. Yurtserver, Maria do Socorro Viga. Prevalência da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana adquirida (HIV) em doadores de sangue de Manaus (AM).

Degree: 2005, Universidade Federal do Amazonas

Foi realizado um estudo em todos os doadores de sangue da cidade de Manaus, considerados aptos à doação no período de janeiro de 1992 a dezembro de 2003. O objetivo foi analisar a prevalência de infecção pelo vírus HIV na população de doadores de sangue. As informações sobre os doadores foram obtidas pelo SAD da F. HEMOAM; através deste, foram identificados os indivíduos soro reativos para anti-HIV, e os não reativos. De acordo com os critérios de reatividade adotados, foram analisadas a prevalência geral, segundo o sexo, o grupo etário, o tipo de doador e o tipo de doação. Neste período, foram coletadas 360.935 doações alógenas, de 265.018 doadores aptos na triagem. Destes, 83,3% doadores eram do sexo masculino e 16,6% do sexo feminino. O predomínio de doadores foi no grupo etário de 21 a 30 anos. Identificou-se 353 doadores reativos para HIV, cuja taxa de prevalência total foi igual a 97,8/100.000 doações e de 133,2/100.000 doadores. No sexo masculino a taxa de prevalência foi de 139,0/100.000 doadores e no sexo feminino foi de 101,1/100.000 doadores. A taxa de prevalência entre doadores de primeira vez foi 212,8/100.000 doadores e de 72,7/100.000 nos doadores de repetição. A taxa de prevalência de doadores voluntários foi de 169,0/100.000 e de depósito foi de 114,3/100.000. Entretanto a análise tendência de prevalência de HIV foi significante nos doadores de primeira e nas doações de depósitos. A taxa de soroconversão foi de 68,6/100.000.. No período entre 1997 a 2003 iniciou-se uma investigação epidemiológica sobre os fatores de riscos, foram convocados 283 soropositivos para HIV, destes compareceram 43,5%, sendo 84,6% eram do sexo masculino e 15,4% do sexo feminino que responderam sobre os fatores de risco, observou que os fatores de riscos mais relatados entre estes, foi de relações homossexuais e bissexuais

A study was realized among Manaus blood donors able to donate from January 1992 to December 2003. The objective was to analyze blood donors HIV prevalence. Donors’ data was obtained through HEMOAM’s SAD (Donors Follow-up System) through which were identified reactive and non-reactive anti-HIV subjects. According to the adopted reactivity criteria, we analyzed: total prevalence, prevalence according to sex, age group, donor type and donation type. During this period 360.935 alogeneic donations were collected from 265.018 receivable donors. From these, 83,3% were men and 16,6% were female. Most donors were 21 to 30 years old. 353 donors were HIV reactive: as a result, the prevalence was of 97,8/100 000 donations and 133,2/100 000 donors. Among men, total prevalence was of 139,0/100 000 and among women it was of 101,1/100 000. Among first time donors it was of 212,8/100 000 donors and among repeat donors it was of 72,7/100 000. Among voluntary donors it was of 169,0/100 000 and among replacement donors it was of 114,3/100 000. Seroconversion was of 68,6/100 000. Between 1997 and 2003, an epidemiologic investigation was made about risk behaviors. Two hundred eighty three HIV…

Advisors/Committee Members: Kiesslich, Dagmar, 23884886053, http://lattes.cnpq.br/8365049847029324.

Subjects/Keywords: Vírus da AIDS; Síndrome da Imunodeficiência Adquirida; Doação de sangue; CIÊNCIAS DA SAÚDE: MEDICINA: PATOLOGIA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Yurtserver, M. d. S. V. (2005). Prevalência da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana adquirida (HIV) em doadores de sangue de Manaus (AM). (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4924

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Yurtserver, Maria do Socorro Viga. “Prevalência da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana adquirida (HIV) em doadores de sangue de Manaus (AM).” 2005. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed August 06, 2020. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4924.

MLA Handbook (7th Edition):

Yurtserver, Maria do Socorro Viga. “Prevalência da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana adquirida (HIV) em doadores de sangue de Manaus (AM).” 2005. Web. 06 Aug 2020.

Vancouver:

Yurtserver MdSV. Prevalência da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana adquirida (HIV) em doadores de sangue de Manaus (AM). [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2005. [cited 2020 Aug 06]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4924.

Council of Science Editors:

Yurtserver MdSV. Prevalência da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana adquirida (HIV) em doadores de sangue de Manaus (AM). [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2005. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4924

3. Takatani, Massanobu. Concentrações de neopterina no soro e líquido cefalorraquidiano em pacientes com paraparesia espástica tropical/mielopatia associada ao HTLV-I (TSP/HAM) e indivíduos HTLV-I assintomáticos em Manaus, AM-Brasil.

Degree: 2004, Universidade Federal do Amazonas

Introdução: A infecção pelo vírus HTLV-I pode levar a Paraparesia Espástica Tropical/Mielopatia Associada ao HTLV-I (TSP/HAM), a qual é uma doença desmielinizante crônica progressiva que afeta a medula espinhal e a substância branca do cérebro. Menos de 5% dos portadores crônicos do HTLV-I desenvolverão essa complicação. As primeiras manifestações da doença ocorrem na quarta década de vida sendo que os distúrbios da marcha, a fraqueza e o enrijecimento dos membros inferiores constituem os principais sinais e sintomas de sua apresentação. Não há tratamento eficaz para essa mielopatia. Numerosos estudos sustentam a idéia de que processos inflamatórios e imunológicos contribuem para a etiopatogênese da TSP/HAM. Nesse estudo avaliaram-se as concentrações de neopterina no soro e líquido cefalorraquidiano (LCR), em pacientes com TSP/HAM e indivíduos HTLV-I assintomáticos. Neopterina é uma substância liberada pelos macrófagos após estimulação pelo interferon gama durante o processo de ativação do sistema imune. Metodologia: Concentrações de neopterina foram avaliadas em 11 pacientes com TSP/HAM e 21 indivíduos HTLV-I assintomáticos. Sendo 11 (34,4%) amostras de soro e 10 (62,5%) amostras de LCR de pacientes com TSP/HAM, e 21 (65,6%) amostras de soro e 06 (37,5%) amostras de LCR de indivíduos HTLV-I assintomáticos. A determinação quantitativa das concentrações de neopterina no soro e LCR foram realizadas empregando-se um conjunto diagnóstico comercial, baseado no princípio dos ensaios imunoenzimático (ELISA), do tipo competitivo. Resultados: A média de idade para os pacientes com TSP/HAM foi de 48,5 + 11,1 anos e para os indivíduos HTLV-I assintomáticos de 41,5 + 7,7 anos (p=0,0440). A concentração média (DP) de neopterina no soro de pacientes com TSP/HAM foi 10,3+8,9nmol/l e 4,6+1,2nmol/l em indivíduos HTLV-I assintomáticos (Mann- Whitney, p=0,0069). A concentração média (DP) de neopterina no LCR em pacientes com TSP/HAM foi 30,8+47,8 nmol/l, e 3,4 +1,1 nmol/l em indivíduos HTLVI assintomáticos (Mann-Whitney, p=0,0011). A média (DP) para o tempo de doença na TSP/HAM foi de 8,0 + 5,0 anos e a média (DP) para o grau de incapacidade motora foi de 4,6+ 1,8 (variação de 0 a 10). Conclusão: Encontramos diferenças nas médias das concentrações de neopterina no soro e LCR entre pacientes com TSP/HAM e indivíduos HTLV-I assintomáticos. Em pacientes com TSP/HAM, concentrações de neopterina no soro e LCR não apresentaram correlação com o tempo de doença. As concentrações de neopterina no LCR apresentaram correlação com o grau de incapacidade motora, porém, o mesmo não foi observado no soro.

Introduction: The HTLV-I infection may lead to the HTLV-I-associated myelopathy/tropical spastic paraparesis (HAM/TSP), which is a chronic demyelinating neurological disease that affects the spinal cord and the white brain substance. Less than 5% of HTLV-I asymptomatic individuals will develop this disease. The first appearances of the disease occur in the fourth life decade and the march disorders, the…

Advisors/Committee Members: Kiesslich, Dagmar, 23884886053, http://lattes.cnpq.br/8365049847029324, [email protected].

Subjects/Keywords: Vírus HTLV-I; Neopterina; Líquido cefalorraquidiano; CIENCIAS DA SAUDE: MEDICINA: ANATOMIA PATOLOGICA E PATOLOGIA CLINICA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Takatani, M. (2004). Concentrações de neopterina no soro e líquido cefalorraquidiano em pacientes com paraparesia espástica tropical/mielopatia associada ao HTLV-I (TSP/HAM) e indivíduos HTLV-I assintomáticos em Manaus, AM-Brasil. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5903

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Takatani, Massanobu. “Concentrações de neopterina no soro e líquido cefalorraquidiano em pacientes com paraparesia espástica tropical/mielopatia associada ao HTLV-I (TSP/HAM) e indivíduos HTLV-I assintomáticos em Manaus, AM-Brasil.” 2004. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed August 06, 2020. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5903.

MLA Handbook (7th Edition):

Takatani, Massanobu. “Concentrações de neopterina no soro e líquido cefalorraquidiano em pacientes com paraparesia espástica tropical/mielopatia associada ao HTLV-I (TSP/HAM) e indivíduos HTLV-I assintomáticos em Manaus, AM-Brasil.” 2004. Web. 06 Aug 2020.

Vancouver:

Takatani M. Concentrações de neopterina no soro e líquido cefalorraquidiano em pacientes com paraparesia espástica tropical/mielopatia associada ao HTLV-I (TSP/HAM) e indivíduos HTLV-I assintomáticos em Manaus, AM-Brasil. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2004. [cited 2020 Aug 06]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5903.

Council of Science Editors:

Takatani M. Concentrações de neopterina no soro e líquido cefalorraquidiano em pacientes com paraparesia espástica tropical/mielopatia associada ao HTLV-I (TSP/HAM) e indivíduos HTLV-I assintomáticos em Manaus, AM-Brasil. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2004. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5903

.