Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("230481312-72"). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Holanda, Yomarley Lopes. O artista-andarilho da Amaz?nia e o florejar de sua pr?xis-poiesis na festa popular.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

Este estudo realiza uma abordagem investigativa sobre a pr?xis-poiesis da atividade art?stica na Amaz?nia, no ?mbito da cultura popular, assinalando a invisibilidade deste tipo de trabalho no seio da ci?ncia. Trata-se de uma abordagem tecida com os fios da interdisciplinaridade, sob a inspira??o da dial?gica moriniana, em franca conversa??o com a Filosofia, a Sociologia, a Antropologia e as Artes, al?m das vozes de campo, dos documentos liter?rios, das viv?ncias e da observa??o in loco. O epicentro da pesquisa ? a cidade de Fonte Boa, localizada no interior do Amazonas, seus barrac?es e ateli?s onde se produz a tradicional festa dos boisbumb?s. S?o nestes espa?os criativos que os artistas-andarilhos, todos autodidatas, se encontram anualmente para tecer, durante meses, uma narrativa visual sobre a Amaz?nia por interm?dio de sua arte, constituindo-se tamb?m em sujeitos num processo autopoi?tico. A metodologia, ancorada numa perspectiva rizom?tica de conhecimento, concentrou-se em narrativas dos artistas colhidas no ?mbito da cria??o da festa fonteboense, acrescidas de fontes secund?rias cotejadas com fotografias, poemas e can??es, concernentes ? tem?tica em estudo. Os principais resultados revelam que o artista popular vive numa crise de pertencimento num tempo em que as antigas certezas perderam for?a, ele ? um mediador cultural que faz rizoma, o que o faz abrir m?o de quaisquer tipos de seguran?a, inclusive jur?dica. A pr?xis-poiesis do artista-andarilho da Amaz?nia emerge conceitualmente como uma antiperip?cia, j? que se afasta da cl?ssica divis?o grega entre pr?xis e poiesis. A pesquisa mostra que a poiesis do artista amaz?nico penetrou na ess?ncia da t?cnica, metamorfoseando-a, transcendendo o pr?prio artista que desterritorializa o conceito e, por conseguinte, se realiza almaticamente. A sua sensibilidade lhe permite dar vida ao imagin?rio amaz?nico, de sua arte abrolham seres fant?sticos, animais h?bridos, encantarias que s? habitavam as narrativas dos povos tradicionais. Por fim, deve-se reconhecer, que em sua subjetividade que comunga mitos e tece redes relacionais, o artista-andarilho da Amaz?nia se faz m?gico, m?dium, paj?! Reconhecido ou n?o pela sociedade, ?s vezes admirado, noutras rejeitado, este n?made da floresta e das ?guas segue adiante como um jogador sempre pronto para uma nova partida.

This study carries out an investigative approach on the praxis-poiesis of the artistic activity in the Amazon, in the ambit of popular culture, pointing out the invisibility of this type of work within the science. It is an approach woven with the threads of interdisciplinarity, under the inspiration of the Mormon dialogic, in frank conversation with Philosophy, Sociology, Anthropology and the Arts, as well as field voices, literary documents, experiences and observation in loco. The epicenter of the research is the city of Fonte Boa, located in the interior of the Amazon, its barracks and workshops where the traditional celebration of boisbumb?s is produced. It is in these creative spaces that the wanderers,…

Advisors/Committee Members: Torres, Iraildes Caldas, 230481312-72, http://lattes.cnpq.br/2677966121712850, Nascimento, Solange Pereira do, http://lattes.cnpq.br/3700027234383055, Pinheiro, Harald S? Peixoto, http://lattes.cnpq.br/8413331972028683, [email protected].

Subjects/Keywords: N?mades - Amaz?nia; Artistas - Amaz?nia; Cultura popular - Amaz?nia; CI?NCIAS HUMANAS; Pr?xis-poiesis; Artistas; Nomadismo; Amaz?nia

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Holanda, Y. L. (2019). O artista-andarilho da Amaz?nia e o florejar de sua pr?xis-poiesis na festa popular. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7413

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Holanda, Yomarley Lopes. “O artista-andarilho da Amaz?nia e o florejar de sua pr?xis-poiesis na festa popular.” 2019. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed November 29, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7413.

MLA Handbook (7th Edition):

Holanda, Yomarley Lopes. “O artista-andarilho da Amaz?nia e o florejar de sua pr?xis-poiesis na festa popular.” 2019. Web. 29 Nov 2020.

Vancouver:

Holanda YL. O artista-andarilho da Amaz?nia e o florejar de sua pr?xis-poiesis na festa popular. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2020 Nov 29]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7413.

Council of Science Editors:

Holanda YL. O artista-andarilho da Amaz?nia e o florejar de sua pr?xis-poiesis na festa popular. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7413

2. Corrêa, Rosimay. Flor do Carmelo: o céu e os inferninhos na festa da padroeira de Parintins, no Amazonas.

Degree: 2019, Universidade Federal do Amazonas

Esta pesquisa tem a intenção de verificar em que sentido ocorre o hibridismo no contexto da religiosidade popular dedicada à Virgem do Carmelo, em Parintins, no estado do Amazonas, dando especial relevo à festa em honra desta Santa. A ação lusitana na Amazônia no século XVII encarregou-se de realizar a proliferação das festas religiosas em torno da devoção aos santos padroeiros. O sincretismo cultural ocorrido nesta região justifica a presença de uma religiosidade popular que possui uma estreita relação entre a Mãe de Jesus e os elementos da natureza, fazendo sobressair o arquétipo materno associado à Mãe Natureza. A pesquisa assumiu o aporte teórico-metodológico das Ciências Humanas e Sociais, num diálogo interdisciplinar, em especial entre a Filosofia, História e Sociologia, tendo como suporte de campo a etnografia. O locus desta pesquisa é a área que compreende a Paróquia Nossa Senhora do Carmo, pertencente à Diocese de Parintins, localizada no Baixo Amazonas, mais especificamente, a praça da Catedral e o seu entorno. Dentre os múltiplos resultados revelados ficou patente o fato de a festa de Nossa Senhora do Carmo constituir-se no evento religioso de maior expressividade no Amazonas. A festa mobiliza os diversos setores da sociedade parintinense, incluindo o comércio e as ações profanas consignadas nos inferninhos das transgressões, que se constituem no seu entorno. Essa religiosidade popular expressa na devoção à Virgem do Carmo, contribuiu para a criação do Festival Folclórico de Parintins, momento em que as rivalidades das torcidas dos bumbás Garantido e Caprichoso são apaziguadas. Os artistas do festival se juntam para fazer as alegorias dos festejos, estilizando a práxis artística nas atividades religiosas da festa. O auto da Compadecida na Amazônia revela que Maria é a Mãe Misericordiosa que acode e acolhe todos os filhos e filhas que acorrem a ela, socorrendo-os em suas dores, aflições e necessidades. Isto nos leva a perceber, à guisa de conclusão, que a Amazônia é governada por um princípio feminino consubstanciado nas festas de Nossa Senhora do Carmo, no Amazonas, e Nossa Senhora de Nazaré, no Pará.

This research aims to verify in what sense the hybridism occurs in the context of popular religiosity dedicated to the Virgin of Carmel, in Parintins, Amazonas State, giving special emphasis to the feast in honor of this saint. The Lusitanian action in the Amazon in the seventeenth century was responsible for the proliferation of religious festivals around devotion to patron saints. The cultural syncretism in this region justifies the presence of a popular religiosity that has a close relationship between the Mother of Jesus and the elements of nature, highlighting the maternal archetype associated with Mother Nature. The research assumed the theoretical and methodological support of the Humanities and Social Sciences, in an interdisciplinary dialogue, especially between Philosophy, History and Sociology, with ethnography as its field support. The locus of this research is the area that includes…

Advisors/Committee Members: Torres, Iraildes Caldas, 230481312-72, http://lattes.cnpq.br/2677966121712850, Nascimento, Solange Pereira do, http://lattes.cnpq.br/3700027234383055, Castro, Ricardo Gonçalves, http://lattes.cnpq.br/5296978118422413, Pinto, Marilina Conceição Oliveira Serra, http://lattes.cnpq.br/8482510161447799, Freitas, Marilene Corrêa da Silva, http://lattes.cnpq.br/4187449641949679, [email protected].

Subjects/Keywords: Religiosidade - Parintins (AM); Festas religiosas - Parintins (AM); CIENCIAS HUMANAS; Espiritualidade Hibridizada; Festa de Nossa Senhora do Carmo; Religiosidade Popular; Parintins / Amazonas

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Corrêa, R. (2019). Flor do Carmelo: o céu e os inferninhos na festa da padroeira de Parintins, no Amazonas. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7375

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Corrêa, Rosimay. “Flor do Carmelo: o céu e os inferninhos na festa da padroeira de Parintins, no Amazonas.” 2019. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed November 29, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7375.

MLA Handbook (7th Edition):

Corrêa, Rosimay. “Flor do Carmelo: o céu e os inferninhos na festa da padroeira de Parintins, no Amazonas.” 2019. Web. 29 Nov 2020.

Vancouver:

Corrêa R. Flor do Carmelo: o céu e os inferninhos na festa da padroeira de Parintins, no Amazonas. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. [cited 2020 Nov 29]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7375.

Council of Science Editors:

Corrêa R. Flor do Carmelo: o céu e os inferninhos na festa da padroeira de Parintins, no Amazonas. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2019. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7375

.