Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal do Amazonas" +contributor:("046.952.243-72"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Barbosa, Heitor Thury Barreiros. Fator de condição de peixes do sistema do Lago Grande, Manacapuru, Amazonas.

Degree: 2013, Universidade Federal do Amazonas

Marcada por uma alternância bem definida entre as fases terrestre e aquática, a várzea amazônica apresenta baixa sazonalidade climática, com oscilações diárias da temperatura superiores à anual e variação pouco pronunciada do fotoperíodo ao longo do ano. Esses ambientes são também caracterizados pelo padrão unimodal e previsível das enchentes com grande variação sazonal do nível da água. Para a ictiofauna da várzea, os efeitos diretos da variação do nível da água incluem severas modificações na composição das comunidades e na densidade das populações, condicionadas pelas alterações nas características limnológicas e na disponibilidade de alimentos. Tais variações sazonais, em termos de alimentação e respostas reprodutivas, podem ser expressas pelo fator de condição, indicador quantitativo do grau de bem-estar do peixe frente às condições de seu ambiente. Esse estudo visou gerar informações sobre a variação sazonal do fator de condição de espécies ictíicas nos lagos Jaitêua e São Lourenço, que compõem o Sistema do Lago Grande no município de Manacapuru, Estado do Amazonas. As coletas dos dados foram efetuadas mensalmente entre o período de Julho de 2006 e Julho de 2007. Calculado o fator de condição, as comparações entre períodos foram realizadas por métodos de ANOVA. Comparações entre sexo e entre juvenis e adultos foram feitas por teste t. Utilizou-se de PCA para identificar grupos de espécies com semelhanças na variação sazonal do fator de condição. Após análise crítica dos dados, foram selecionadas 13 espécies para estudo. A variação sazonal do fator de condição foi significante para Acestrorhynchus falcirostris, Triportheus albus, Triportheus auritus, Potamorhina altamazonica, Potamorhina latior, Pygocentrus nattereri, Serrassalmus altispinis, Pellona flavipinnis e Hypophthalmus marginatus. Apenas Schizodon fasciatus, Serrassalmus spilopleura, Plagioscion squamosissimus e Hoplosternum littorale não apresentaram variação sazonal. Apesar da influência de características reprodutivas, pode-se apontar o hábito alimentar como característica biológica que melhor explicou a variação sazonal do fator de condição das espécies ictíicas na área de estudo. Com base em séries históricas da localidade, o ciclo hidrológico foi considerado atípico durante o período de coleta. Observaram-se também diferenças entre ciclos no lago e no rio principal. Para a maioria das espécies selecionadas, machos e fêmeas apresentam variação sazonal no fator de condição semelhante. Comparando juvenis e adultos, os padrões de variação desses dois grupos foram diferentes para a grande maioria das espécies

Marked by a well defined alternation between the terrestrial and aquatic stages, the Amazon floodplain has a low climatic seasonality, with daily oscillations on temperature higher than annual and less pronounced variation of the photoperiod throughout the year. These environments are also characterized by the standard uni-modal and predictable flood with large seasonal variation in water level. For the fish fauna of the floodplain, the direct…

Advisors/Committee Members: Soares, Maria Gercília Mota, 046.952.243-72, http://lattes.cnpq.br/9778350913796796, Freitas, Carlos Edwar de Carvalho, 202.470.012-87, http://lattes.cnpq.br/4897726772361601.

Subjects/Keywords: Ciclo hidrológico; Hábito alimentar; Ictiofauna; Relação peso-comprimento; Feeding behavior; Hydrologic cycle; Ichthyofauna; Weight-length relationship; CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Barbosa, H. T. B. (2013). Fator de condição de peixes do sistema do Lago Grande, Manacapuru, Amazonas. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4763

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Barbosa, Heitor Thury Barreiros. “Fator de condição de peixes do sistema do Lago Grande, Manacapuru, Amazonas.” 2013. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed October 28, 2020. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4763.

MLA Handbook (7th Edition):

Barbosa, Heitor Thury Barreiros. “Fator de condição de peixes do sistema do Lago Grande, Manacapuru, Amazonas.” 2013. Web. 28 Oct 2020.

Vancouver:

Barbosa HTB. Fator de condição de peixes do sistema do Lago Grande, Manacapuru, Amazonas. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2013. [cited 2020 Oct 28]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4763.

Council of Science Editors:

Barbosa HTB. Fator de condição de peixes do sistema do Lago Grande, Manacapuru, Amazonas. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2013. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4763

2. Garcez, Jânderson Rocha. Alimentação de tracajá (Podocnemis Unifilis), Iaçá (Podocnemis Sextuberculata) e tartaruga-da-amazônia (Podocnemis Expansa) no rio Juruá, Amazonas.

Degree: 2012, Universidade Federal do Amazonas

Os estudos da dieta de quelônios colaboram para o desenvolvimento de estratégias de manejo e as informações existentes na Amazônia ainda são poucas. Este trabalho teve como objetivo identificar a composição da dieta de Podocnemis unifilis, P. sextuberculata e P. expansa no rio Juruá, Amazonas. As coletas foram realizadas nas proximidades de áreas protegidas pelo Programa Pé-de-Pincha nos municípios de Carauarí e Juruá no Amazonas. Foram realizadas capturas no período de cheia (maio – junho) e seca (agosto-setembro) no ano de 2010, utilizando redes de espera na vegetação alagada e rede de arrasto na margem das praias. Dos quelônios, foi coletado o conteúdo estomacal por meio de lavagem estomacal. Nestas análises foram utilizados os métodos de frequência de ocorrência (número de vezes que determinado item i ocorre nos estômagos com alimento) e volume relativo (porcentagem que cada item i apresenta nos estômagos com alimentos). Os resultados de ambos métodos foram combinados no índice alimentar (IAi), adaptados para porcentagem, que fornece os itens alimentares mais importantes da dieta. Os resultados foram comparados a partir do índice de Shannon através de teste t, análise discriminante de Manly e de similaridade de Bray-Curtis. Para a P. unifilis, os itens alimentares mais importantes durante a cheia foram os frutos (41,54%), folhas (21,93%), caules, troncos e talos (16,77%) e raízes (5,93%), e na seca foram folhas (21,93%), caule (13,36%) e algas (14,41%), sendo uma espécie herbívora. Para P. sextuberculata, os itens alimentares mais importantes durante a cheia foram sementes (54,74%), folhas (13,65%), material vegetal não identificado (8,70%), frutos (8,37%) e raízes (4,47%) e na seca passa por um período de restrição alimentar, e poucas quantidades de folhas (18,61%), sendo uma espécie herbívora. Para P. expansa, os itens alimentares mais importantes durante a cheia foram frutos (44,61%), seguido de folhas (17,35%), sementes (15,49%), caules, trocos e talos (12,10%), e na seca foram caules (39,05%) e folhas (19,04 %), sendo uma espécie herbívora. Não houve diferenças na dieta entre fêmeas e machos para as tres espécies e houve diferenças entre cheia e seca para P. unifilis e P. sextuberculata. As tres espécies são generalistas.

Studies of the diet of turtles contribute to the development of management strategies and existing information in the Amazon are still few. This study aimed to identify the composition of the diet of Podocnemis unifilis, P. sextuberculata and P. expansa in Juruá, Amazonas. Samples were collected in the vicinity of protected areas by the Program Pé-de-Pincha in the municipalities of Carauari and Juruá on Amazonas. Captures were conducted in the rainy season (May-June) and dry (August-September) in 2010, using gill nets in flooded vegetation and trawl the beaches on the shore. Of turtles, the stomach contents were collected by stomach pumped. In these analyzes we used the methods of frequency of occurrence (number of times that a particular item i occurs in the stomachs with food) and…

Advisors/Committee Members: Soares, Maria Gercília Mota, 046.952.243-72, http://lattes.cnpq.br/9778350913796796, Andrade, Paulo Cesar Machado, 407.233.052-34, ttp://lattes.cnpq.br/0642010620400586, Oliveira, Ana Cristina Belarmino de, Rezende, Cleiton Fantin, Cruz, Frank George Guimarães.

Subjects/Keywords: Juruá; Podocnemis; CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Garcez, J. R. (2012). Alimentação de tracajá (Podocnemis Unifilis), Iaçá (Podocnemis Sextuberculata) e tartaruga-da-amazônia (Podocnemis Expansa) no rio Juruá, Amazonas. (Masters Thesis). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4080

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Garcez, Jânderson Rocha. “Alimentação de tracajá (Podocnemis Unifilis), Iaçá (Podocnemis Sextuberculata) e tartaruga-da-amazônia (Podocnemis Expansa) no rio Juruá, Amazonas.” 2012. Masters Thesis, Universidade Federal do Amazonas. Accessed October 28, 2020. http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4080.

MLA Handbook (7th Edition):

Garcez, Jânderson Rocha. “Alimentação de tracajá (Podocnemis Unifilis), Iaçá (Podocnemis Sextuberculata) e tartaruga-da-amazônia (Podocnemis Expansa) no rio Juruá, Amazonas.” 2012. Web. 28 Oct 2020.

Vancouver:

Garcez JR. Alimentação de tracajá (Podocnemis Unifilis), Iaçá (Podocnemis Sextuberculata) e tartaruga-da-amazônia (Podocnemis Expansa) no rio Juruá, Amazonas. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2012. [cited 2020 Oct 28]. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4080.

Council of Science Editors:

Garcez JR. Alimentação de tracajá (Podocnemis Unifilis), Iaçá (Podocnemis Sextuberculata) e tartaruga-da-amazônia (Podocnemis Expansa) no rio Juruá, Amazonas. [Masters Thesis]. Universidade Federal do Amazonas; 2012. Available from: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4080

3. Cunha, Fabiana Calacina da. Etnoecologia da pesca: um caminho para a conservação socioambiental em unidades de conservação.

Degree: 2017, Universidade Federal do Amazonas

A conservação e o uso sustentável dos recursos pesqueiros requerem conhecimentos sobre as espécies e como as populações locais utilizam o pescado disponível. Porém, é nítida a existência de lacunas de informações sobre a pesca e sobre a bioecologia dos peixes capturados. Este cenário é particularmente preocupante quando se trata de Unidades de Conservação de Uso Sustentável, pois informações importantes para nortear a gestão ainda são escassas. Nesse contexto, esta tese investigou a pesca e os saberes dos pescadores a partir de uma abordagem etnoecológica em duas áreas protegidas no estado do Amapá, em Unidades de Conservação (UCs) de Uso Sustentável, a Floresta Nacional do Amapá (FLONA do Amapá) e Floresta Estadual do Amapá (FLOTA do Amapá, trecho III), e em áreas desprotegidas localizadas próximas a essas UCs. Foram realizadas entrevistas, observação participante e pesquisa documental (dados de pesca da Colônia Z-16). Os pescadores que atuam dentro de UCs e fora delas utilizam critérios morfológicos e ecológicos para identificar e nomear os peixes. Além disso, utilizam parâmetros morfológicos para diferenciar machos e fêmeas. Os peixes capturados são consumidos e comercializados, mas poucos são utilizados para fins medicinais. Os pescadores possuem restrições (tabus) relacionadas a peixes lisos/de couro e peixes reimosos. Os peixes preferidos estão entre os mais capturados, com destaque para o trairão (Hoplias aimara) que apresentou maior valor de uso. No entanto, o reconhecimento pelos próprios pescadores da redução das quantidades capturadas do trairão (H. aimara) nos locais de pesca, reforça a necessidade de medidas voltadas para a conservação desta espécie na área estudada. Os períodos de “inverno” e “verão” e a observação do ciclo hidrológico permitem a escolha adequada dos locais de pesca, apetrechos e dos peixes que desejam capturar, permitindo também compreender aspectos comportamentais de reprodução, alimentação e migração de peixes. Sobre a reprodução, os pescadores apresentaram conhecimentos sobre o período de reprodução de vários peixes e descreveram os locais de desova. As informações sobre a reprodução do Conhecimento Ecológico Local (CEL) concordaram parcialmente com a literatura científica. O CEL dos pescadores e os dados científicos para a reprodução do trairão (H. aimara) sugerem a adequação do período de defeso para esta espécie. O CEL sobre a reprodução dos peixes pode contribuir para ampliar a proteção de espécies que tem grande demanda local. Além disso, os pescadores conhecem os tipos de alimentos que fazem parte da dieta dos peixes, identificando variações sazonais e descrevem os movimentos migratórios laterais e longitudinais, no inverno e verão, entre os principais ambientes dos rios Araguari e Amapari. O “baixão” (floresta inundada) foi um dos habitats mais citados, e por isso considerado como importante local de proteção, área de alimentação e reprodução de vários peixes. Isso indica que tanto fora quanto dentro das UCs essas áreas devem ser cuidadosamente monitoradas. O entendimento… Advisors/Committee Members: Soares, Maria Gercília Mota, 046.952.243-72, http://lattes.cnpq.br/9778350913796796, Kahn, James Randall, 534.115.522-04, http://lattes.cnpq.br/8321903821175215, Pereira, Henrique dos Santos, http://lattes.cnpq.br/1352117560279931, Souza, Arlene Oliveira, http://lattes.cnpq.br/2730066120809853, Deus, Cláudia Pereira de, http://lattes.cnpq.br/4384987042989562, Simão, Maria Olívia de Albuquerque Ribeiro, http://lattes.cnpq.br/2594654340373805, Pereira, Cloves Farias, http://lattes.cnpq.br/2044866546851722, [email protected].

Subjects/Keywords: Pesca artesanal - Amapá; Áreas de conservação de recursos naturais; Pescadores - Conhecimento; CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA; Pesca artesanal; Conhecimento ecológico local; Áreas protegidas; Amapá

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Cunha, F. C. d. (2017). Etnoecologia da pesca: um caminho para a conservação socioambiental em unidades de conservação. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal do Amazonas. Retrieved from https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7302

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Cunha, Fabiana Calacina da. “Etnoecologia da pesca: um caminho para a conservação socioambiental em unidades de conservação.” 2017. Doctoral Dissertation, Universidade Federal do Amazonas. Accessed October 28, 2020. https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7302.

MLA Handbook (7th Edition):

Cunha, Fabiana Calacina da. “Etnoecologia da pesca: um caminho para a conservação socioambiental em unidades de conservação.” 2017. Web. 28 Oct 2020.

Vancouver:

Cunha FCd. Etnoecologia da pesca: um caminho para a conservação socioambiental em unidades de conservação. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2017. [cited 2020 Oct 28]. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7302.

Council of Science Editors:

Cunha FCd. Etnoecologia da pesca: um caminho para a conservação socioambiental em unidades de conservação. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal do Amazonas; 2017. Available from: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/7302

.