Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal de Santa Maria" +contributor:("Leci Borges Barbisan"). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters


Universidade Federal de Santa Maria

1. Valeria Iensen Bortoluzzi. QUE JUSTIÇA É ESSA? ASPECTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA INVESTIGAÇÃO DE REPRESENTAÇÕES DISCURSIVAS DA JUSTIÇA EM ACÓRDÃOS DE HABEAS CORPUS E CARTAS DO LEITOR.

Degree: 2008, Universidade Federal de Santa Maria

A vida em sociedade torna-se possível porque os seres sociais compartilham representações do mundo e da realidade em que vivem, por meio das interações dos atores em práticas sociais diversas. Algumas das representações construídas no seio social acabam por organizar a própria sociedade, tornando-se fundamentais para a convivência humana. As representações de justiça são um exemplo. Nesse sentido, entender como as pessoas representam a justiça no seu dia-a-dia permite compreender um pouco da dinâmica das relações que se estabelecem entre os indivíduos e instituições, além de refletir o potencial de mudança e de estabilização dessas representações em nossa sociedade. São, portanto, objetivos gerais desta tese a) investigar as representações de justiça que emergem das interações sociais em contextos culturais específicos; b) discutir o potencial de mudança e/ou de estabilização dessas representações de justiça em nossa sociedade; e c) propor um método interdisciplinar de investigação-discussão das representações sociais. O referencial metodológico utilizado é a Hermenêutica de Profundidade, proposta por Thompson (1995), que pressupõe três estágios de análise: sócio-histórica, realizada com aporte teórico da Teoria da Estruturação e da Psicologia Social; formal/discursiva, realizada pelo viés da Lingüística Sistêmico-Funcional (taxionomia de van Leeuwen); e interpretação/re-interpretação, realizada com base na Análise Crítica do Discurso. Este referencial metodológico mostrou-se adequado para uma análise crítica das representações sociais. Para a investigação das representações de justiça, foram utilizados 470 acórdãos de habeas corpus, produzidos pelo Supremo Tribunal Federal, no ano de 2005, e 66 cartas do leitor que continham a palavra justiça e suas derivadas, publicadas ao longo do ano de 2005 na Revista Veja. Os textos foram processados eletronicamente em busca da palavra justiça e suas derivações, que foram analisadas quanto ao significado assumido no contexto imediato da ocorrência e no contexto mais amplo da frase e do texto. Nessa etapa do trabalho, foram identificadas três formas de representação da justiça: a justiça-princípio, a justiça-bem e a justiça-instituição. Em seguida, passou-se à análise da recorrência dessas representações, com vistas à identificação daquela representação mais presente na sociedade. Percebeu-se que a representação mais recorrente nas falas e discursos do corpo social é a da justiça-instituição. Essa recorrência tem por objetivo delimitar espaços de atuação e responsabilidades, além de legitimar uma representação altamente instável, com um imenso potencial de mudança. A justiça-instituição que se tem hoje pode ser desestruturada e reestruturada em um futuro próximo ou distante, pois ela está à mercê das mudanças sociais. A justiça-princípio é também bastante recorrente no corpo social, no entanto, em sua essência, é uma representação altamente estável; mudam-se os termos do acordo, mas não se muda o acordo. A literatura evidencia ser essa representação a mais antiga e os dados… Advisors/Committee Members: Nina Célia Almeida de Barros, Marcos Gustavo Richter, Leci Borges Barbisan, José Luiz Meurer, Laurindo Dalpian.

Subjects/Keywords: justiça; representação; linguagem; LETRAS; representation; justice; language

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Bortoluzzi, V. I. (2008). QUE JUSTIÇA É ESSA? ASPECTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA INVESTIGAÇÃO DE REPRESENTAÇÕES DISCURSIVAS DA JUSTIÇA EM ACÓRDÃOS DE HABEAS CORPUS E CARTAS DO LEITOR. (Thesis). Universidade Federal de Santa Maria. Retrieved from http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2259

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Bortoluzzi, Valeria Iensen. “QUE JUSTIÇA É ESSA? ASPECTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA INVESTIGAÇÃO DE REPRESENTAÇÕES DISCURSIVAS DA JUSTIÇA EM ACÓRDÃOS DE HABEAS CORPUS E CARTAS DO LEITOR.” 2008. Thesis, Universidade Federal de Santa Maria. Accessed April 24, 2019. http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2259.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Bortoluzzi, Valeria Iensen. “QUE JUSTIÇA É ESSA? ASPECTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA INVESTIGAÇÃO DE REPRESENTAÇÕES DISCURSIVAS DA JUSTIÇA EM ACÓRDÃOS DE HABEAS CORPUS E CARTAS DO LEITOR.” 2008. Web. 24 Apr 2019.

Vancouver:

Bortoluzzi VI. QUE JUSTIÇA É ESSA? ASPECTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA INVESTIGAÇÃO DE REPRESENTAÇÕES DISCURSIVAS DA JUSTIÇA EM ACÓRDÃOS DE HABEAS CORPUS E CARTAS DO LEITOR. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Santa Maria; 2008. [cited 2019 Apr 24]. Available from: http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2259.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Bortoluzzi VI. QUE JUSTIÇA É ESSA? ASPECTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA INVESTIGAÇÃO DE REPRESENTAÇÕES DISCURSIVAS DA JUSTIÇA EM ACÓRDÃOS DE HABEAS CORPUS E CARTAS DO LEITOR. [Thesis]. Universidade Federal de Santa Maria; 2008. Available from: http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2259

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation


Universidade Federal de Santa Maria

2. Karina Giacomelli. CIÊNCIA, DISCIPLINA E MANUAL: É. BENVENISTE E A LINGÜÍSTICA DA ENUNCIAÇÃO.

Degree: 2007, Universidade Federal de Santa Maria

Este trabalho apresenta uma análise dos manuais de introdução à lingüística, publicados no Brasil nas duas últimas décadas, com o objetivo de verificar as referências a Benveniste. Toma-se a manualização dos saberes lingüísticos sobre a enunciação como um processo mais amplo, de disciplinarização, no qual se confrontam dois tipos de contextualização: o da constituição dos saberes científicos e o do mundo escolar. Nesse sentido, trabalha-se com a noção de disciplina como um campo que deve escolher seus domínios em relação aos demais: aqueles que o antecederam e os que lhe são adjacentes, mas também projetando para si uma linha de desenvolvimento. Configuram-se, assim, um horizonte de retrospecção, um horizonte de projeção e um domínio de atualidade, essas três dimensões reunindo as condições de transmissibilidade do saber no mundo escolar. Começa, então, um processo de transposição didática, em que o conhecimento científico sofre transformações para poder ser ensinado. Uma das formas de esse saber se materializar é o manual, veículo privilegiado para a construção do discurso disciplinar. O que a análise do livro didático mostra é que a falta de uma disciplina institucionalizada a lingüística da enunciação reflete-se no manual. O pouco espaço reservado à teoria de Benveniste demonstra o desinteresse da lingüística brasileira com o autor que tornou possível uma nova forma de ver e estudar a linguagem: a língua transformada em discurso pela enunciação.

This paper presents an analysis of introductory manuals to linguistics published in Brazil in the last two decades, with the aim of identifying references to Benveniste. The manualization of linguistic knowledge on enunciation is considered a larger process of disciplinarization, in which two types of contextualization are confronted: that of the constituition of scientific knowledge and that of the school world. In this respect, the notion of discipline is explored as a field that must select its domains in regard to others: those that have preceded it and those that are adjacent to it, while still projecting a path of development for itself. It thus comprises a horizon of retrospection, a horizon of projection and a domain of contemporaneity and these three dimensions provide the conditions for knowledge to be conveyed within the school world. This characterizes the process of didatic transposition, in which scientific knowledge undergoes transformations that allow it to be taught. One of the formats in which it materializes into is the manual, a priviledged vehicle for the construction of disciplinary discourse. What the analysis of instructional books reveals is that the lack of an institutionalized discipline linguistics of enunciation is reflected in the mannual, once the short space granted to Benvenistes theory does not allow one to know enough the author who made it possible a new form of viewing and studying language: language transformed into discourse through enunciation.

Advisors/Committee Members: Vera Lucia Pires, Nina Célia Almeida de Barros, Valdir do Nascimento Flores, José Luiz Fiorin, Leci Borges Barbisan.

Subjects/Keywords: linguística; LETRAS

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Giacomelli, K. (2007). CIÊNCIA, DISCIPLINA E MANUAL: É. BENVENISTE E A LINGÜÍSTICA DA ENUNCIAÇÃO. (Thesis). Universidade Federal de Santa Maria. Retrieved from http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1422

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Giacomelli, Karina. “CIÊNCIA, DISCIPLINA E MANUAL: É. BENVENISTE E A LINGÜÍSTICA DA ENUNCIAÇÃO.” 2007. Thesis, Universidade Federal de Santa Maria. Accessed April 24, 2019. http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1422.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Giacomelli, Karina. “CIÊNCIA, DISCIPLINA E MANUAL: É. BENVENISTE E A LINGÜÍSTICA DA ENUNCIAÇÃO.” 2007. Web. 24 Apr 2019.

Vancouver:

Giacomelli K. CIÊNCIA, DISCIPLINA E MANUAL: É. BENVENISTE E A LINGÜÍSTICA DA ENUNCIAÇÃO. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Santa Maria; 2007. [cited 2019 Apr 24]. Available from: http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1422.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Giacomelli K. CIÊNCIA, DISCIPLINA E MANUAL: É. BENVENISTE E A LINGÜÍSTICA DA ENUNCIAÇÃO. [Thesis]. Universidade Federal de Santa Maria; 2007. Available from: http://coralx.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1422

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.