Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG" +contributor:("Simone Aparecida Rezende"). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Miguel Angel Chavez Fumagalli. Proteção contra a infecção por Leishmania (Leishmania) amazonensis por imunização de camundongos (BALB/c) com proteínas ribossomais de Leishmania sp.

Degree: 2012, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG

Exportado OPUS

Made available in DSpace on 2019-08-09T12:40:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 01_tese_miguel_angel_chavez_fumagalli.pdf: 2225421 bytes, checksum: 50848c7d0aa8245b328096953df92602 (MD5) Previous issue date: 29

As leishmanioses são doenças causadas por parasitas protozoários intracelulares da espécie Leishmania e endêmicas em 88 países no mundo. A aquisição de imunidade duradoura após a cura da infecção causada por Leishmania major, induzindo proteção contra a re-infecção pelo parasita, indica a possibilidade do desenvolvimento de uma vacina contra a doença. Neste trabalho, proteínas ribossomais de Leishmania (LRPs) foram purificadas das espécies L. infantum e L. amazonensis e utilizadas como imunógenos vacinais, associadas à saponina, como adjuvante, em camundongos BALB/c para avaliar a eficácia de proteção induzida contra a infecção com L. amazonensis. Foi observado que as imunizações com LRPs/saponina foram capazes de induzir uma resposta imune celular do tipo Th1 antes do desafio, que foi primada pela produção de IFN-, IL-12p70, GM-CSF e pela presença de anticorpos do isotipo IgG2a específicos às LRPs. Após a infecção desafio, observou-se uma redução significativa na carga parasitária nas patas infectadas, linfonodos drenantes e no baço dos animais imunizados, quando comparados aos grupos salina e saponina. A proteção contra a infecção foi associada à produção elevada de IFN-, IL-12p70 e GM-CSF e baixa produção de IL-4 e IL-10; sendo a produção de IFN- ocorreu preferencialmente por linfócitos T CD4+ e foi amplamente dependente da presença de IL-12. Pode-se concluir que proteínas ribossomais são conservadas entre espécies de Leishmania causadoras de Leishmaniose Tegumentar e Visceral, e que as mesmas são capazes de ofertar proteção heteróloga contra a infecção experimental por Leishmania; podendo-se constituir em bons candidatos para compor uma vacina pan-Leishmania.

The leishmaniases are diseases caused by protozoa of the Leishmania species, and are endemic in 88 countries in the world. The acquisition of last-longing immunity after cure of leishmaniasis caused by L. major, culminating in protecting against re-infection, indicate the possibility of developing a vaccine against the disease. In this study, Leishmania ribosomal proteins (LRPs) were purified from L. infantum and L. amazonensis and used as a vaccinal immunogen associated with the saponin adjuvant in BALB/c, in order to evaluate the efficacy of protection against challenge infection with L. amazonensis. It was observed that the immunization using LRPs/saponin was able to induce a Th1 cellular response before challenge, that was primed by high production of IFN-, IL-12p70, GM-CSF and by the presence of specific-LRPs IgG2a antibodies. After challenge, it was observed a significant reduction in the parasite burden in the infected footpad, draining lymph nodes ans spleen of the immunized animals, when compared to the saline and saponin groups. The protection was correlated to an IL-12-dependent production of IFN- by CD4+ and CD8+ T…

Advisors/Committee Members: Eduardo Antonio Ferraz Coelho, Carlos Alberto Pereira Tavares, Wiliam Cesar Bento Régis, Maria Norma Melo, Jenner Karlisson Pimenta dos Reis, Simone Aparecida Rezende.

Subjects/Keywords: Proteínas Ribossomais de Leishmania; Proteção Heteróloga; Vacinas; Leishmania amazonensis; Leishmaniose/prevenção & controle; Infecção; Leishmaniose; Leishmania; Imunidade heteróloga; Vacinas; Vacinação

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Fumagalli, M. A. C. (2012). Proteção contra a infecção por Leishmania (Leishmania) amazonensis por imunização de camundongos (BALB/c) com proteínas ribossomais de Leishmania sp. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/BUBD-A32GFN

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Fumagalli, Miguel Angel Chavez. “Proteção contra a infecção por Leishmania (Leishmania) amazonensis por imunização de camundongos (BALB/c) com proteínas ribossomais de Leishmania sp.” 2012. Doctoral Dissertation, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Accessed May 08, 2021. http://hdl.handle.net/1843/BUBD-A32GFN.

MLA Handbook (7th Edition):

Fumagalli, Miguel Angel Chavez. “Proteção contra a infecção por Leishmania (Leishmania) amazonensis por imunização de camundongos (BALB/c) com proteínas ribossomais de Leishmania sp.” 2012. Web. 08 May 2021.

Vancouver:

Fumagalli MAC. Proteção contra a infecção por Leishmania (Leishmania) amazonensis por imunização de camundongos (BALB/c) com proteínas ribossomais de Leishmania sp. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2012. [cited 2021 May 08]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-A32GFN.

Council of Science Editors:

Fumagalli MAC. Proteção contra a infecção por Leishmania (Leishmania) amazonensis por imunização de camundongos (BALB/c) com proteínas ribossomais de Leishmania sp. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2012. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-A32GFN

2. Vivian Tamietti Martins. Antigenicidade e proteção vacinal de uma proteína amastigota-específica de leishmania na leishmaniose visceral.

Degree: 2013, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG

Exportado OPUS

Made available in DSpace on 2019-08-10T08:19:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ppgbioquimicaimunologia_viviantamiettimartins_dissertacaomestrado.pdf: 3493744 bytes, checksum: c028b9479d13a8cf2c591e3b99f4e159 (MD5) Previous issue date: 28

A aquisição de proteção contra a reinfecção por algumas espécies de Leishmania indica a possibilidade do desenvolvimento de uma vacina profilática contra as leishmanioses. Na busca por um antígeno candidato para compor uma vacina efetiva contra a leishmaniose visceral (LV), proteínas presentes nas formas amastigotas do parasito tornam-se alvos atrativos, uma vez que tal forma é a encontrada causando a doença nos hospedeiros mamíferos. Neste trabalho, avaliamos uma proteína hipotética amastigota-específica de Leishmania infantum, denominada LiHyp1, identificada por meio de uma pesquisa imunoproteômica, na tentativa de selecionar um novo antígeno candidato para vacina contra a LV. Em paralelo, a proteína LiHyp1 foi também avaliada em sua antigenicidade para o sorodiagnóstico da leishmaniose visceral canina (LVC). Em testes de ELISA, a proteína rLiHyp1 foi reconhecida por anticorpos presentes em soros de cães com LV assintomática e sintomática e não apresentou reatividade cruzada com anticorpos presentes em soros de cães com doença de Chagas ou de cães sem leishmanioses (saudáveis) e/ou vacinados com a vacina Leish-Tec®. A imunogenicidade da proteína rLiHyp1 associada a saponina foi testada em camundongos BALB/c e sua eficácia vacinal foi avaliada após o desafio com promastigotas de L. infantum. Os esplenócitos dos animais vacinados apresentaram uma produção elevada de IFN-, IL-12 e GM-CSF após a estimulação in vitro com a proteína rLiHyp1. Após o desafio, tais animais, quando comparados aos grupos controle (salina e saponina), apresentaram uma redução significativa da carga parasitária no fígado, baço, na medula óssea e no linfonodo drenante, sendo tal proteção associada com uma produção elevada de IFN-. Esta produção ocorreu principalmente devido aos LT CD4+ e foi dependente da presença de IL-12. Observou-se também que houve uma redução na produção de IL-4 e IL-10. O presente trabalho demonstrou que a proteína hipotética amastigota-específica inédita de Leishmania, LiHyp1, pode ser utilizada para novos testes no sorodiagnóstico da LVC e, quando combinada a saponina, pode ser usada para compor uma vacina efetiva contra a LV murina.

The acquisition of life-long immunity to the disease in recovered patients has motivated the development of studies for prophylactic vaccination against leishmaniasis. Attempting to select candidate antigens to compose a vaccine against VL, we have targeted proteins presents in the intracellular amastigote stage, which is the parasite stage that persists throughout infection with Leishmania in the mammal hosts. The present study aims to evaluate a non-described hypothetical Leishmania amastigote-specific protein, LiHyp1, which was identified by an immunoproteomic approach performed in L. infantum, in an attempt to select a new…

Advisors/Committee Members: Carlos Alberto Pereira Tavares, Eduardo Antonio Ferraz Coelho, Rodolfo Cordeiro Giunchetti, Leda Quercia Vieira, Simone Aparecida Rezende.

Subjects/Keywords: Leishmania infantum; LiHyp1; Proteínas hipotéticas; Imunoproteômica; Diagnóstico sorológico; Vacinas; Bioquímica

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Martins, V. T. (2013). Antigenicidade e proteção vacinal de uma proteína amastigota-específica de leishmania na leishmaniose visceral. (Masters Thesis). Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/BUBD-9ZKJHH

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Martins, Vivian Tamietti. “Antigenicidade e proteção vacinal de uma proteína amastigota-específica de leishmania na leishmaniose visceral.” 2013. Masters Thesis, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Accessed May 08, 2021. http://hdl.handle.net/1843/BUBD-9ZKJHH.

MLA Handbook (7th Edition):

Martins, Vivian Tamietti. “Antigenicidade e proteção vacinal de uma proteína amastigota-específica de leishmania na leishmaniose visceral.” 2013. Web. 08 May 2021.

Vancouver:

Martins VT. Antigenicidade e proteção vacinal de uma proteína amastigota-específica de leishmania na leishmaniose visceral. [Internet] [Masters thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2013. [cited 2021 May 08]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-9ZKJHH.

Council of Science Editors:

Martins VT. Antigenicidade e proteção vacinal de uma proteína amastigota-específica de leishmania na leishmaniose visceral. [Masters Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2013. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-9ZKJHH

.