Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG" +contributor:("Marconi Rodrigues de Farias"). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Guilherme de Caro Martins. Análise de biomarcadores na dermatite atópica em cães antes e durante o tratamento com maleato de oclacitinib.

Degree: 2018, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG

Exportado OPUS

Made available in DSpace on 2019-08-13T03:41:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 guilherme_de_caro_martins.pdf: 6689054 bytes, checksum: 448ba359f4a694c06bcd713dbab8985d (MD5) Previous issue date: 31

A dermatite atópica canina é uma doença inflamatória crônica, pruriginosa, genética e incurável. Existem diversas terapias disponíveis para reduzir a inflamação e consequentemente fornecer qualidade de vida aos cães. Porém estas devem ser administradas, na maioria das vezes, de forma continua. Para tanto, a busca por terapias eficazes e com efeitos colaterais reduzidos a longo prazo se tornam fundamentais. Esse trabalho consistiu de duas etapas utilizando-se 13 cães com dermatite atópica. Na primeira, objetivou-se ampliar os estudos relacionados a imunopatogênese da dermatite atópica canina por meio da imunofenotipagem de leucócitos. Observou-se que cães atópicos apresentam valores significativamente maiores de linfócitos T (LT) CD4+ (p=0.002) e menores de LT CD8+ (p=0.002) e monócitos CD14 (p=0.009), resultando em valores significativamente superiores da razão CD4+/CD8+ (p=0.000). Além disso, após a dosagem de citocinas intracitoplasmáticas em cultura (IL-4 e IFN-) nos LT CD4+ e CD8+, foi observado aumento significativo nos cães com dermatite atópica. Após adição de Dermatophagoides farinae em cultura, observou-se aumento dos valores de IFN- produzidos pelos CD4+. Esses dados indicam que a imunopatogênese da dermatite atópica envolve resposta linfocitária do tipo 1 e tipo 2. No segundo experimento objetivou-se avaliar a eficácia e efeitos tóxicos da utilização prolongada do maleato de oclacitinib no controle da dermatite atópica canina. O maleato de oclacitinib foi capaz de reduzir significativamente o prurido (p=0.05), logo nos primeiros 14 dias de utilização (61% de redução), bem com as lesões de pele (p=0.000), indicando eficácia rápida e prolongada do fármaco. Os valores médios de hemograma e do perfil bioquímico sérico apresentaram-se dentro dos padrões de referência para o cão. A análise celular sérica por citometria de fluxo indicou um aumento significativo de LT CD4+ (p=0.002) e CD14 (p=0.001) e um comportamento razoalvemente constante da relação CD4+/CD8+ durante o curso de tratamento. Esses resultados indicam que o maleato de oclacitinib, na dose recomendada de bula, não ocasiona imunossupressão a longo prazo. Não foi observado efeito significativo do maleato de oclacitinib nos valores de citocinas IL-4 e IFN- produzidas pelos LT CD4+ e LT CD8+, dosadas após cultura celular. Esse estudo corrobora que a principal ação do fármaco é na inibição da sinalização das citocinas e não em sua produção.

Canine atopic dermatitis is a chronic, pruritic, genetic and inflammatory disease. There are several therapies used to reduce inflammation and provide quality of life for dogs. However, these are life-long therapies. Therefore is essencial to looking for effective effective therapies with reduced long-term side effects. This study consisted of two experiments using 13 dogs with atopic dermatitis.…

Advisors/Committee Members: Marilia Martins Melo, Felipe Pierezan, Vitor Marcio Ribeiro, Adriane Pimenta da Costa Val Bicalho, Marconi Rodrigues de Farias, Rodolfo Cordeiro Giunchetti.

Subjects/Keywords: doenças do cão; toxicidade crônica; dermatologia; tratamento farmacologico; Janus quinases; Ciência animal

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Martins, G. d. C. (2018). Análise de biomarcadores na dermatite atópica em cães antes e durante o tratamento com maleato de oclacitinib. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/SMOC-B6SNYF

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Martins, Guilherme de Caro. “Análise de biomarcadores na dermatite atópica em cães antes e durante o tratamento com maleato de oclacitinib.” 2018. Doctoral Dissertation, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Accessed May 08, 2021. http://hdl.handle.net/1843/SMOC-B6SNYF.

MLA Handbook (7th Edition):

Martins, Guilherme de Caro. “Análise de biomarcadores na dermatite atópica em cães antes e durante o tratamento com maleato de oclacitinib.” 2018. Web. 08 May 2021.

Vancouver:

Martins GdC. Análise de biomarcadores na dermatite atópica em cães antes e durante o tratamento com maleato de oclacitinib. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2018. [cited 2021 May 08]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/SMOC-B6SNYF.

Council of Science Editors:

Martins GdC. Análise de biomarcadores na dermatite atópica em cães antes e durante o tratamento com maleato de oclacitinib. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2018. Available from: http://hdl.handle.net/1843/SMOC-B6SNYF

2. Larissa Silveira Botoni. Aspectos clínicos e epidemiológicos e avaliação da disbiose cutânea em cães com dermatite atópica.

Degree: 2018, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG

Exportado OPUS

Made available in DSpace on 2019-08-13T03:43:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 larissa_silveira_botoni_de_andrade.pdf: 30849755 bytes, checksum: 971787cc3753b02101a1ae6a6ddcf204 (MD5) Previous issue date: 31

A dermatite atopica (DA) e uma doenca cutanea pruriginosa, inflamatoria, cronica associada a anticorpos IgE alergeno-especificos principalmente voltados contra alergenos ambientais. A DA afeta diversas especies, incluindo caes e humanos e o prurido e o seu principal sinal clinico. Alemdisso, caes atopicos tendem a apresentar quadros recorrentes de piodermites bacterianas, associadas a alteracoes no microbioma tegumentar. Em alguns casos, os pacientes apresentam sinais clinicos tipicos de DA, mas anticorpos IgE alergeno-especificos nao podem ser detectados. Este subtipo de DA e chamado de dermatite atopica-like (ALD). Tanto as alteracoes no microbioma em caes atopicos quanto as caracteristicas da ALD ainda sao pouco estudadas em caes. Sendo assim, objetivou-se avaliar estes dois parametros distintos da DA. Para tal, o presente estudo foi dividido em duas partes. Na primeira parte, realizou-se um estudo retrospectivo dos prontuarios de 269 caes atendidos no hospital veterinario universitario da University of Minnesota, entre 2007 e 2015. Os pacientes foram divididos em dois grupos (AD e ALD) de acordo com os resultados dos testes alergicos. Foram avaliados e comparados entre os grupos dados epidemiologicos, gravidade da doenca de acordo com o grau de prurido, numero de areas corporeas afetadas, protocolo de tratamento de manutencao e resposta a terapia. A partir do grau medio de prurido e do numero medio de areas corporeas afetadas ao longo das visitas, foi criadoum indice de gravidade da dermatite atopica (CADSI) para se avaliar a intensidade da doenca em cada paciente e comparar entre os grupos ALD e AD. No grupo AD foram incluidos 228 caes (84,76%) e 41 no grupo ALD (15,24%). Nao foram observadas diferencas significativas entre os grupos nas variaveis epidemiologicas. Em relacao a predisposicao racial, o Bichon Frise apresentou mais risco de desenvolver ALD. Nao houve diferenca significativa no grau medio de prurido e numero de areas corporeas afetadas na primeira visita ou durante o tratamento entre os grupos, bem como na evolucao dessas variaveis ao longo das visitas. Quando o CADSI foicomparado entre os grupos, nao houve diferenca. Na segunda parte, foram selecionados prospectivamente sete caes atopicos com manifestacoes clinicas sazonais, alocados no Grupo Atopico (GA) e dez caes saudaveis, alocados no Grupo Controle (GC) e amostras foram coletadas da regiao interdigital, axilar, abdominal e lombar utilizando um suabe esteril. No GC, realizou-se seis coletas intervaladas de quatro semanas. No GA, as amostras foram coletadas quatro semanas antes do mes tipico de crise (Pre-crise), na crise antes de iniciar o tratamento (Crise), durante acrise com tratamento (Tratamento) e apos a estacao de crise, ja sem tratamento (Pos-crise). Apos as coletas, as amostras foram armazenadas refrigeradas…

Advisors/Committee Members: Marcos Bryan Heinemann, Adriane Pimenta da Costa Val Bicalho, Felipe Pierezan, Marconi Rodrigues de Farias, Andrey Pereira Lage, Fabiola de Oliveira Paes Leme, Adriane Pimenta da Costa Val Bicalho.

Subjects/Keywords: microbioma cutâneo; dermatite atópicalike; metagenoma; dermatologia; cão; dermatite atópica; Pele Doenças Tratamento; Dermatologia veterinaria; Cão Doenças Tratamento

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Botoni, L. S. (2018). Aspectos clínicos e epidemiológicos e avaliação da disbiose cutânea em cães com dermatite atópica. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/SMOC-B9SFK6

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Botoni, Larissa Silveira. “Aspectos clínicos e epidemiológicos e avaliação da disbiose cutânea em cães com dermatite atópica.” 2018. Doctoral Dissertation, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Accessed May 08, 2021. http://hdl.handle.net/1843/SMOC-B9SFK6.

MLA Handbook (7th Edition):

Botoni, Larissa Silveira. “Aspectos clínicos e epidemiológicos e avaliação da disbiose cutânea em cães com dermatite atópica.” 2018. Web. 08 May 2021.

Vancouver:

Botoni LS. Aspectos clínicos e epidemiológicos e avaliação da disbiose cutânea em cães com dermatite atópica. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2018. [cited 2021 May 08]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/SMOC-B9SFK6.

Council of Science Editors:

Botoni LS. Aspectos clínicos e epidemiológicos e avaliação da disbiose cutânea em cães com dermatite atópica. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2018. Available from: http://hdl.handle.net/1843/SMOC-B9SFK6

.