Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal de Minas Gerais" +contributor:("Monica Bucciarelli Rodriguez"). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Ariadna Dias Almeida. Estudo da função do gene SmDimp de Schistosoma mansoni através da técnica de Complementação fenotípica em levedura.

Degree: 2009, Universidade Federal de Minas Gerais

A esquistossomose é uma doença que afeta 200 milhões de pessoas em todo o mundo. Apesar dos esforços para controlar esta doença através do desenvolvimento de novos medicamentos ou vacinas, até o momento o número de pessoas afetadas permanece quase inalterado. A fim de melhorar o conhecimento sobre a biologia e aspectos relacionados com o desenvolvimento do parasito, ciclo de vida e de reprodução, o que poderia conduzir à concepção de novas drogas e / ou vacinas, projetos genoma têm sido desenvolvidos para este parasito. Um grande número de genes têm sido descobertos e na era pós-genômica, alguns genes têm sido escolhidos para ser melhor caracterizado. Um gene de S. mansoni envolvido no ciclo celular e apresentando homologia com genes de outras espécies, incluíndo seres humanos, foi selecionado para ser melhor caracterizado. Este gene em Saccharomyces cerevisiae está envolvido no processo de interação com o complexo do spliceosoma. A técnica de complementação fenotípica foi escolhida para determinar se o gene de S. mansoni apresenta a mesma função que o gene de S. cerevisiae. Já foi demonstrado que a supressão deste gene é letal na levedura, por isso, decidiu-se utilizar leveduras diplóides neste trabalho. A supressão do gene nas leveduras foi realizada pela ruptura de um dos alelos através de um evento de recombinação homóloga do gene Dib1, utilizando gene marcador autoxotópico HIS3. Os mutantes foram selecionados em placas contendo os nutrientes necessários exceto histidina. Para identificar o nocaute, os clones obtidos foram analisados por PCR de colônia usando iniciadores específicos. Leveduras nocauteadas para o Dib1 e transfectadas com os plasmídeos contendo o gene Dib1 da levedura (controles positivos), e o Dimp do S. mansoni, foram utilizados para ensaios de esporulação, para verificar se o gene de S. mansoni complementa a função gênica do seu ortólogo em S. cerevisiae. Após experimento de nocaute, 111 clones de leveduras foram obtidas, 45 destas colônias foram testadas por PCR, e destas 6 foram identificados como nocauteadas. Uma destas colônias, então, foi usada para ser transfectada com os plasmídeos construídos. Nenhuma esporulação foi observada em qualquer um dos plasmídeos recombinantes (Dib1 de levedura e Dimp de S. mansoni), sugerindo que a super expressão dos genes bloqueou a esporulação da levedura. O fato das levedura não esporularem quando se utiliza ambos os genes, SmDimp e Dib1 da levedura, pode indicar que eles exerçam função semelhante, nos respectivos organismos. No entanto, novos experimentos precisam ser realizados para esclarecer definitivamente esta questão. Assim, os genes devem ser clonados em plasmídeos com promotores de expressão basal. Desta forma, Espera-se que a esporulação ocorra em níveis basais tornando possível confirmar se o gene SmDimp de S. mansoni pode complementar a função de seu ortólogo na levedura. Advisors/Committee Members: Elida Mara Leite Rabelo, Elida Mara Leite Rabelo, Monica Bucciarelli Rodriguez, Nelder de Figueiredo Gontijo.

Subjects/Keywords: Parasitologia Teses.; Shistosoma mansoni Teses.; Levedos Teses.; Complementação (Genética) Teses.; Processamento de RNA Teses.; Nocaute gênico Teses.

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Almeida, A. D. (2009). Estudo da função do gene SmDimp de Schistosoma mansoni através da técnica de Complementação fenotípica em levedura. (Thesis). Universidade Federal de Minas Gerais. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/SAGF-8ACMLZ

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Almeida, Ariadna Dias. “Estudo da função do gene SmDimp de Schistosoma mansoni através da técnica de Complementação fenotípica em levedura.” 2009. Thesis, Universidade Federal de Minas Gerais. Accessed March 04, 2021. http://hdl.handle.net/1843/SAGF-8ACMLZ.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Almeida, Ariadna Dias. “Estudo da função do gene SmDimp de Schistosoma mansoni através da técnica de Complementação fenotípica em levedura.” 2009. Web. 04 Mar 2021.

Vancouver:

Almeida AD. Estudo da função do gene SmDimp de Schistosoma mansoni através da técnica de Complementação fenotípica em levedura. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2009. [cited 2021 Mar 04]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/SAGF-8ACMLZ.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Almeida AD. Estudo da função do gene SmDimp de Schistosoma mansoni através da técnica de Complementação fenotípica em levedura. [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2009. Available from: http://hdl.handle.net/1843/SAGF-8ACMLZ

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

2. Fernanda Lourenço Alves. Papel dos transposons de DNA da superfamília Tc1/mariner (TREM A-H) no reconhecimento de linhagens de fungos patogênicos do gênero Paracoccidioides.

Degree: 2012, Universidade Federal de Minas Gerais

O gênero Paracoccidioides é agente da paracoccidioidomicose, micose sistêmica de distribuição restrita à América Latina. O polimorfismo genético entre os isolados de Paracoccidioides tem sido extensamente demonstrado por diferentes autores, através de diversas técnicas moleculares. Trabalhos recentes revelaram a existência de duas espécies, P. lutzii e P. brasiliensis, sendo a primeira originalmente caracterizada como uma espécie críptica denominada Pb01-like e a última constituída de três espécies crípticas, denominadas S1, PS2 e PS3. Vários tipos de marcadores moleculares vem sendo propostos para a caracterização de espécies crípticas no gênero Paracoccidioides. Entretanto, a maioria despende tempo e emprega técnicas bastante laboriosas e/ou caras. Elementos transponíveis tem sido usados no conhecimento da estrutura genética de fungos patogênicos, auxiliando na definição de grupos filogeneticamente relacionados e de importância epidemiológica. Um estudo recente no genoma de Paracoccidioides revelou a presença de oito famílias de transposons de DNA, denominadas TremA-H. Os elementos Trem estão distribuídos de forma desigual no genoma de isolados representativos de três espécies crípticas de Paracoccidioides (P. lutzii; PS2 e S1): TremC e H são encontrados em todas as espécies; TremA, B e F, nas espécies crípticas PS2 e S1; TremD foi detectado apenas em S1 e TremE somente em P. lutzii. Este trabalho relata o emprego de reações de amplificação em cadeia da polimerase (PCR) para avaliar a utilidade de três marcadores moleculares na discriminação de espécies crípticas de Paracoccidioides: 1) par de iniciadores destinados à região de indel do gene hsp70; 2) marcadores microssatélites de DNA; 3) Trem A-H. Foram estudados 48 isolados de Paracoccidioides, sendo trinta previamente classificados segundo a espécie críptica (10 de P. lutzii, 15 de S1, 3 de PS2 e 2 de PS3). 14 isolados puderam ser classificados como P. lutzii por meio do uso dos iniciadores dirigidos ao indel do gene hsp70, sendo os demais 34 isolados classificados como P. brasiliensis. Os marcadores microssatélites utilizados não conseguiram discriminar os isolados entre as três espécies crípticas de P. brasiliensis. Os resultados obtidos pelo uso da PCR para detecção de elementos TremA-H mostram que TremA, B, F e G são encontrados apenas em P. brasiliensis (S1, PS2 e PS3); TremE está presente apenas em P. lutzii; TremC e H estão presentes em P. lutzii e P. brasiliensis (S1, PS2 e PS3). É interessante ressaltar que em P. brasiliensis, a amplificação de TremC e TremH mostrou um padrão de duas bandas enquanto que em P. lutzii, observou-se apenas uma banda de aproximadamente 2 kb. Em isolados PS3, TremD mostra um padrão de três bandas. Estes resultados confirmam que os padrões de amplificação observados para os oito elementos TremA-H e seu padrão esperado de bandas, podem ser úteis como marcadores moleculares espécie-específicos no gênero Paracoccidioides.

The genus Paracoccidioides is the agent of paracoccidioidomycosis, a systemic mycosis with restricted…

Advisors/Committee Members: Patricia Silva Cisalpino, Marjorie Mendes Marini e Souza, Patricia Silva Cisalpino, Monica Bucciarelli Rodriguez, Viviane Alves Gouveia.

Subjects/Keywords: Microbiologia Teses.

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Alves, F. L. (2012). Papel dos transposons de DNA da superfamília Tc1/mariner (TREM A-H) no reconhecimento de linhagens de fungos patogênicos do gênero Paracoccidioides. (Thesis). Universidade Federal de Minas Gerais. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8VNHZB

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Alves, Fernanda Lourenço. “Papel dos transposons de DNA da superfamília Tc1/mariner (TREM A-H) no reconhecimento de linhagens de fungos patogênicos do gênero Paracoccidioides.” 2012. Thesis, Universidade Federal de Minas Gerais. Accessed March 04, 2021. http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8VNHZB.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Alves, Fernanda Lourenço. “Papel dos transposons de DNA da superfamília Tc1/mariner (TREM A-H) no reconhecimento de linhagens de fungos patogênicos do gênero Paracoccidioides.” 2012. Web. 04 Mar 2021.

Vancouver:

Alves FL. Papel dos transposons de DNA da superfamília Tc1/mariner (TREM A-H) no reconhecimento de linhagens de fungos patogênicos do gênero Paracoccidioides. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2012. [cited 2021 Mar 04]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8VNHZB.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Alves FL. Papel dos transposons de DNA da superfamília Tc1/mariner (TREM A-H) no reconhecimento de linhagens de fungos patogênicos do gênero Paracoccidioides. [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2012. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8VNHZB

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.