Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Universidade Federal de Minas Gerais" +contributor:("Michael Richardson"). Showing records 1 – 3 of 3 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Ivana Assis Souza. Expressão heteróloga de neurotoxinas do veneno da aranha Phoneutria nigriventer.

Degree: 2011, Universidade Federal de Minas Gerais

The venom of the spider Phoneutria nigriventer contains several peptides that act on ion channels and receptors of the nervous system of insects and mammals. The toxins Tx3-6 and Tx3-4 are voltage-gated calcium channel blockers and have shown a pharmacological potential in the treatment of pain and in neuroprotection. Only small amounts of these toxins can be purified from the venom and pharmacological and structural tests depend on their availability. In this work, we tested different expression and purification systems in order to identify the best method of getting functional toxins Tx3-6 and Tx3-4 in large amounts. The recombinant toxin Tx3-6 expressed in the vector pBADmycHis in E. coli was functional, however, the expression yield was only 0,3 mg/L of culture. Two miligrams of Tx3-6 was obtained using the SUMO system (E. coli) but the recombinant toxin was not functional. The Tx3-4 was also expressed in the SUMO system and approximately 800 g/L of a soluble functional recombinant toxin was produced. Three miligrams of insoluble Tx3-4 was also purified by the SUMO system and after refolding in vitro, we got 2 mg/L of a functional toxin. Expressions carried in the systems pPICZ (yeast), pET (E. coli) and pBADHis (E. coli) were unsuccessful due to low yield, expression as inclusion bodies and production of inative toxins. The secondary structural caracterization of the recombinant toxin Tx3-4 by circular dichroism revealed that the peptide is mainly arranged in random coil but it has some -helices and, in a lower percentage, -sheet structures are also present. This structure is similar to that described for the oxytoxins from the venom of the spider Oxyopes lineatus, which are also voltage-gated calcium channel blockers. Despite the availability of numerous gene fusion systems, recombinant protein expression in Escherichia coli remains difficult. The functional expression of the toxins Tx3-6 and Tx3-4 created new expectations for further pharmacological and structural analysis and the results obtained from the refolding of the Tx3-4 opened new pathways for the production of these toxins in large scale

O veneno da aranha Phoneutria nigriventer contém vários peptídeos que atuam em diferentes canais e receptores do sistema nervoso de insetos e mamíferos. As toxinas Tx3-6 e Tx3-4 são bloqueadoras de canais de cálcio sensíveis a voltagem e possuem um grande potencial farmacológico no tratamento da dor e na neuroproteção. Como apenas pequenas quantidades de cada toxina podem ser isoladas do veneno, testes farmacológicos e estruturais ficam restritos à obtenção destes peptídeos. Neste trabalho, nós testamos diferentes sistemas de expressão e purificação na tentativa de obtermos as toxinas Tx3-6 e Tx3-4 recombinantes funcionais e em grandes quantidades. A toxina Tx3-6 recombinante expressa no vetor pBADmycHis em E. coli teve efeito analgésico comparável à toxina nativa no teste da formalina em ratos, porém, o rendimento da expressão foi de apenas 0,3 mg/L de cultura. Cerca de 2 mg da mesma toxina foram obtidos no…

Advisors/Committee Members: Vania Ferreira Prado, Vania Ferreira Prado, Marcus Vinicius Gomez, Silvia Carolina Guatimosim Fonseca, Marta do Nascimento Cordeiro, Michael Richardson.

Subjects/Keywords: Venenos de aranha DeCS; Toxinas biológicas DeCS; Ácido glutamico DeCS; Canais de calcio DeCS; Neurotoxinas DeCS; Bloqueadores de canais de cálcio DeCS; Dissertações acadêmicas DeCS; Tese da Faculdade de Medicina da UFMG

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Souza, I. A. (2011). Expressão heteróloga de neurotoxinas do veneno da aranha Phoneutria nigriventer. (Thesis). Universidade Federal de Minas Gerais. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8M7GCR

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Souza, Ivana Assis. “Expressão heteróloga de neurotoxinas do veneno da aranha Phoneutria nigriventer.” 2011. Thesis, Universidade Federal de Minas Gerais. Accessed November 24, 2020. http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8M7GCR.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Souza, Ivana Assis. “Expressão heteróloga de neurotoxinas do veneno da aranha Phoneutria nigriventer.” 2011. Web. 24 Nov 2020.

Vancouver:

Souza IA. Expressão heteróloga de neurotoxinas do veneno da aranha Phoneutria nigriventer. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2011. [cited 2020 Nov 24]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8M7GCR.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Souza IA. Expressão heteróloga de neurotoxinas do veneno da aranha Phoneutria nigriventer. [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2011. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8M7GCR

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

2. Marco Tulio Ribeiro Gomes. Caracterização bioquímica e farmacológica de proteases do látex de carica candamarcensis com atividade mitogênica.

Degree: 2008, Universidade Federal de Minas Gerais

O látex de Caricaceae é uma fonte tradicional de enzimas proteolíticas as quais são amplamente utilizadas na indústria e como preparações farmacológicas. Relatos etnofarmacológicos indicam que Carica candamarcensis, membro da família Caricaceae e comum a algumas áreas na América do Sul, é usada no tratamento de disfunções gástricas. É creditado às cisteíno proteases de Caricaceae funções defensivas na planta. Após injúria no epicarpo do fruto, essas enzimas iniciam um processo de coagulação semelhante ao que ocorre em mamíferos. Uma fração contendo proteases de C. candamarcensis estimulou a proliferação de células de mamíferos, sugerindo um papel na regeneração do tecido lesado. Também existem evidências que algumas enzimas auxiliam na cicatrização de úlceras gástricas e abrasões cutâneas realizadas em modelos murinos. Neste trabalho, nosso primeiro objetivo foi isolar e caracterizar proteases com atividade mitogênica presentes no látex de C. candamarcensis. Em seguida, visamos determinar a estrutura primária e terciária de uma dessas enzimas assim como analisar possíveis mecanismos de ação dessa substância. Após três processos cromatográficos foram isoladas duas cisteíno proteases (CMS2MS2 e CMS2MS3) com aproximadamente 23 kDa. CMS2MS2 estimulou a proliferação celular acima de 50% quando comparado ao controle em fibroblastos, osteoblastos e insulinoma. O efeito mitogênico foi observado com aproximadamente 1 nM de enzima e foi independente da atividade proteolítica quando avaliado em fibroblasto. Além disso, o inibidor específico de MEK (PD98059), que bloqueia a via das MAP-quinases, aboliu a atividade mitogênica de CMS2MS2. O efeito inibitório desse composto também foi observado quando CMS2MS2 esteve inibido por E-64. Entretanto, a proliferação celular foi apenas moderadamente diminuída (10%) quando fibroblastos foram pré-incubados com o inibidor do receptor de EGF (AG1478). Esse dado foi correlacionado com a liberação de fatores de crescimento das células com posterior atuação autócrina destas substâncias. CMS2MS2 possui 214 resíduos de aminoácidos incluindo os que formam a tríade catalítica (Cys25, His159 e Asn175). Análises filogenéticas revelaram que CMS2MS2 está mais próxima evolutivamente da quimopapaína do que da papaína, ambas isoladas do látex de Carica papaya. A estrutura tridimensional predita mostrou que essa enzima mitogênica possui características típicas das proteases da família da papaína. Estes dados sugerem que mínimas diferenças estruturais podem determinar seu efeito proliferativo, o qual é independente da atividade proteolítica; mas é dependente da ativação da via das MAP-quinases. A propriedade de agir como mitógeno atribuída às cisteína proteases isoladas de Caricaceae pode explicar algumas das aplicações farmacológicas destas proteases.

Latex from Caricaceae contains proteolytic enzymes localized in the fruit, which are widely used industrially as well as in pharmaceutical preparations. Ethnopharmacologically, Carica candamarcensis, a member of Caricaceae family common to many areas of…

Advisors/Committee Members: Carlos Edmundo Salas Bravo, Carlos Edmundo Salas Bravo, Miriam Teresa Paz Lopes, Maria Luiza Vilela Oliva, Michael Richardson, Claudio Antonio Bonjardim, Silvia Passos Andrade.

Subjects/Keywords: Bioquímica Teses.; Caricacea Teses.; Cisteína proteinase Teses.

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Gomes, M. T. R. (2008). Caracterização bioquímica e farmacológica de proteases do látex de carica candamarcensis com atividade mitogênica. (Thesis). Universidade Federal de Minas Gerais. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/CMFC-7RENZX

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Gomes, Marco Tulio Ribeiro. “Caracterização bioquímica e farmacológica de proteases do látex de carica candamarcensis com atividade mitogênica.” 2008. Thesis, Universidade Federal de Minas Gerais. Accessed November 24, 2020. http://hdl.handle.net/1843/CMFC-7RENZX.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Gomes, Marco Tulio Ribeiro. “Caracterização bioquímica e farmacológica de proteases do látex de carica candamarcensis com atividade mitogênica.” 2008. Web. 24 Nov 2020.

Vancouver:

Gomes MTR. Caracterização bioquímica e farmacológica de proteases do látex de carica candamarcensis com atividade mitogênica. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2008. [cited 2020 Nov 24]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/CMFC-7RENZX.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Gomes MTR. Caracterização bioquímica e farmacológica de proteases do látex de carica candamarcensis com atividade mitogênica. [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2008. Available from: http://hdl.handle.net/1843/CMFC-7RENZX

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

3. Alexandre Martins Costa Santos. Purificação e caracterização bioquímica do tripsinogênio, a- e y-tripsina bovina e análise termodinâmica em meio ácido por calorimetria diferencial de varredura.

Degree: 2009, Universidade Federal de Minas Gerais

O tripsinogênio e as isoformas de tripsina (b-, a- e y-tripsina) são serino proteases com uma cadeia polipeptídica contendo 229 e 223 resíduos de aminoácidos, respectivamente. São proteínas globulares com predominância de folhas beta antiparalelas e segmentos curtos em alfa-hélice em sua estrutura secundária e apresentando dois domínios com estruturas similares. O estudo da atividade e estabilidade destas enzimas tem sido de grande interesse durante anos de pesquisa devido à grande importância bioquímica e biotecnológica em que a enzima atua. No presente estudo investigou uma metodologia de otimização de purificação de isoformas de tripsina a fim obter proteínas mais puras, ativas e em maior quantidade do que os métodos usados anteriormente. As proteínas purificadas foram caracterizadas por sua massa molecular, atividade enzimática, tempos para decaimento de atividade de 5% e de 50% e outros parâmetros físico-químicos. A estabilidade termodinâmica de tripsinogênio a- e y-tripsina em meio ácido foi investigada usando-se a técnica de calorimetria diferencial de varredura. A metodologia de purificação de isoformas de tripsina desenvolvida neste trabalho foi considerada satisfatória quanto à pureza, atividade e quantidades obtidas. Os resultados termodinâmicos para o tripsinogênio e para as isoformas de tripsina sugerem a ocorrência de uma mesma transição conformacional em dois estados é sofrida em todas as situações experimentais, possibilitando realizar a caracterização termodinâmica. Os resultados sugerem ainda que existe uma diminuição de estabilidade termodinâmica e estrutural à medida que a isoforma b-tripsina se converte em a- e esta em y-tripsina.

Trypsinogen and the trysin isozymes (b-, a- and y- trypsin) are serino proteases with a polypeptide chain of 229 and 223 amino acid residues, respectively. They are typical globular proteins with a predominance of antiparalel beta sheet and small alphahelical segments in their secondary structure, presenting two domains with similar structures. The study of the activity and stability of those enzyme has been of great interest during years due to their great biochemical importance and biotechnolgical applications. In the present work, our research group in protein chemistry and thermodynamics has performed an optimization of the purification methodology of the trypsin isoforms in order to furnish purer proteins, more active and in larger amount than the methods previously reported in the literature. The purified isoforms were characterized by their molecular mass, enzymatic activity, shelf-life, half-life and other physical-chemical parameters. The thermodynamic stability of trypsinogen and trypsin isoforms in acid media was accessed by using differential scanning calorimetry. The methodology of trypsin isoforms purification developed in this experimental work was considered satisfactory as wells as the purity, activity and amount of the proteins. The thermodynamic results suggest that the same two states conformational transition is occurs in all the experimental…

Advisors/Committee Members: Marcelo Matos Santoro, Marcelo Matos Santoro, Marcelo Porto Bemquerer, Maria Lucia Bianconi, Michael Richardson, Jose Mauricio Schneedorf Ferreira da Silva, Amintas Fabiano de Souza Figueiredo, Marcelo Porto Bemquerer.

Subjects/Keywords: Bioquímica Teses.

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Santos, A. M. C. (2009). Purificação e caracterização bioquímica do tripsinogênio, a- e y-tripsina bovina e análise termodinâmica em meio ácido por calorimetria diferencial de varredura. (Thesis). Universidade Federal de Minas Gerais. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/BUBD-8A5J26

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Santos, Alexandre Martins Costa. “Purificação e caracterização bioquímica do tripsinogênio, a- e y-tripsina bovina e análise termodinâmica em meio ácido por calorimetria diferencial de varredura.” 2009. Thesis, Universidade Federal de Minas Gerais. Accessed November 24, 2020. http://hdl.handle.net/1843/BUBD-8A5J26.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

MLA Handbook (7th Edition):

Santos, Alexandre Martins Costa. “Purificação e caracterização bioquímica do tripsinogênio, a- e y-tripsina bovina e análise termodinâmica em meio ácido por calorimetria diferencial de varredura.” 2009. Web. 24 Nov 2020.

Vancouver:

Santos AMC. Purificação e caracterização bioquímica do tripsinogênio, a- e y-tripsina bovina e análise termodinâmica em meio ácido por calorimetria diferencial de varredura. [Internet] [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2009. [cited 2020 Nov 24]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-8A5J26.

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

Council of Science Editors:

Santos AMC. Purificação e caracterização bioquímica do tripsinogênio, a- e y-tripsina bovina e análise termodinâmica em meio ácido por calorimetria diferencial de varredura. [Thesis]. Universidade Federal de Minas Gerais; 2009. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUBD-8A5J26

Note: this citation may be lacking information needed for this citation format:
Not specified: Masters Thesis or Doctoral Dissertation

.