Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

You searched for +publisher:"Universidade Federal de Minas Gerais" +contributor:("Heitor Franco de Andrade Junior"). One record found.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Carlos Henryque de Souza e Silva. Perfil de imunoglobulinas G e suas subclasses em recém-nascidos comtoxoplasmose congênita em Minas Gerais, Brasil.

Degree: 2011, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG

Exportado OPUS

Made available in DSpace on 2019-08-14T10:03:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_doutorado___carlos_henryque_de_souza_e_silva.pdf: 5121081 bytes, checksum: 87a37348e425dce2150dafccf6777f47 (MD5) Previous issue date: 26

Toxoplasma gondii possui importância médica e veterinária, sendo um patógeno oportunista em pacientes imunocomprometidos e fetos de mães recentemente infectadas. Entre novembro/2006 e maio/2007, foram identificados 220 recém-nascidos positivos para IgM anti-T. gondii e suas respectivas mães entre 146.307 crianças estudadas, participantes do Programa Estadual de Triagem Neonatal em Minas Gerais. A toxoplasmose foi confirmada em 190 crianças apresentando anticorpos IgG persistentes até o 12º mês de vida, enquanto 45 tiveram o diagnóstico de toxoplasmose congênita descartado. O objetivo do presente trabalho foi estabelecer uma comparação entre os resultados do teste de ELISA destes recém-nascidos com toxoplasmose congênita, quando utilizados antígenos solúveis (STAg) e recombinantes (rSAG1 erMIC3) de T. gondii, associando as subclasses de IgG aos sinais clínicos encontrados nos mesmos, além de comparar a sorologia das mães e dos recém-nascidos. Foram avaliadas 175 crianças dentre as 190 com toxoplasmose congênita confirmada e 42 dentre as 45 com diagnóstico negativo. As proporções de amostras reativas de recémnascidos infectados e aqueles não-infectados foram distintas ao realizar ELISA utilizando antígenos recombinantes. Todos os antígenos testados apresentaram alta sensibilidade e baixa especificidade para detectar IgG total e IgG1 anti-T. gondii em crianças com toxoplasmose congênita e baixa sensibilidade e alta especificidade para detectar IgG3 e IgG4. Diferença na proporção entre recém-nascidos infectados com mães não-infectadas e recém-nascidos não-infectados com mães infectadas foi observada, demonstrando a produção de anticorpos anti-T. gondii pelo feto infectado durante a gestação. Maior chance de se detectar IgG total anti-T. gondii pelo teste de ELISA em crianças sem lesões oculares quando comparadas com crianças com lesões ativas e cicatrizadas foi observada, enquanto a detecção de IgG2 e IgG4 anti-T. gondii relacionou-se com lesão ocular, quando comparada com crianças sem lesões. Relação entre o ELISA e casos de alterações neurológicas foi observada para IgG2 e IgG4 anti- T. gondii, enquanto IgG3 foi relacionada com crianças sem alterações neurológicas. A partir desses resultados, pode-se afirmar que antígenos recombinantes, em conjunto com a pesquisa de subclasses de anticorpos IgG são importantes ferramentas diagnósticas indiretas capazes de predizer as possíveis alterações encontradas em recém-nascidos com toxoplasmose congênita

Toxoplasma gondii has medical and veterinary importance, being an opportunistic pathogen in immunocompromised patients and fetuses of mothers recently infected. From November/2006 to May/2007 220 newborns positive for IgM anti-T. gondii and their mothers were identified from 146,307 screened babies, participants of the Newborn Screening…

Advisors/Committee Members: Ricardo Wagner de Almeida Vitor, Glaucia Manzan Queiroz de Andrade, Deborah Aparecida Negrao Correa, Nelder de Figueiredo Gontijo, Heitor Franco de Andrade Junior, Neide Maria da Silva.

Subjects/Keywords: parasitologia; Parasitologia

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Silva, C. H. d. S. e. (2011). Perfil de imunoglobulinas G e suas subclasses em recém-nascidos comtoxoplasmose congênita em Minas Gerais, Brasil. (Doctoral Dissertation). Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Retrieved from http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8M6J8B

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Silva, Carlos Henryque de Souza e. “Perfil de imunoglobulinas G e suas subclasses em recém-nascidos comtoxoplasmose congênita em Minas Gerais, Brasil.” 2011. Doctoral Dissertation, Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG. Accessed April 13, 2021. http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8M6J8B.

MLA Handbook (7th Edition):

Silva, Carlos Henryque de Souza e. “Perfil de imunoglobulinas G e suas subclasses em recém-nascidos comtoxoplasmose congênita em Minas Gerais, Brasil.” 2011. Web. 13 Apr 2021.

Vancouver:

Silva CHdSe. Perfil de imunoglobulinas G e suas subclasses em recém-nascidos comtoxoplasmose congênita em Minas Gerais, Brasil. [Internet] [Doctoral dissertation]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2011. [cited 2021 Apr 13]. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8M6J8B.

Council of Science Editors:

Silva CHdSe. Perfil de imunoglobulinas G e suas subclasses em recém-nascidos comtoxoplasmose congênita em Minas Gerais, Brasil. [Doctoral Dissertation]. Universidade Federal de Minas Gerais; UFMG; 2011. Available from: http://hdl.handle.net/1843/BUOS-8M6J8B

.