Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

You searched for +publisher:"Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia" +contributor:("Romaniuc Neto, Sergio"). One record found.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Santos, Otilene dos Anjos. Taxonomia e hipótese filogenética da seção Americana, subgênero Urostigma, gênero Ficus L. (Moraceae).

Degree: 2009, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

No primeiro capítulo, são apresentadas as espécies do gênero Ficus ocorrentes na Amazônia Brasileira. Com base em uma revisão bibliográfica florístico-taxonômica dos exemplares provenientes dos herbários BHCB, IAN, INPA, GUA, MG, e P e coletas botânicas adicionais, foram reconhecidas 31 espécies para a flora da Amazônia Brasileira. Cinco espécies pertencem a seção Pharmacosycea e 26 espécies pertencem a seção Americana. No segundo capítulo foram usadas sequências dos espaçadores internos e externos transcritos (ITS e ETS) do DNA ribossomal nuclear, e cinco regiões do cloroplasto (atpB-rbcL, FcB, FcJ, FcL e trnL-F) com o objetivo de investigar o relacionamento filogenético dentro e entre as seções neotropicais do gênero Ficus. O presente estudo incluiu 81 espécimens representando 42 espécies das seções Pharmacosycea e Americana e dez espécies representando outras seções do gênero como grupo externo. Os resultados das análises filogenéticas não confirmaram as prévias propostas taxonômicas subdividindo a seção Pharmacosycea em duas subseções (Bergianae e Petenensis). Com relação a subdivisão da seção Americana, cinco principais clados foram formados, e estes corresponderam aos complexos propostos na classificação tradicional, mas alguns dos caracteres morfológicos usados para delimitar os complexos foram homoplásicos. Os dados do cloroplasto forneceram insuficientes caracteres informativos e por isso, os cinco clados internos dentro da seção Americana não refletiram o verdadeiro relacionamento filogenético do grupo.

In the first chapter, a floristic study of the species of Ficus in Brasilian Amazon is presented. Based on the revision of floristic and taxonomic literature, herbarium specimens deposited in BHCB, IAN, INPA, GUA, MG and P, and field explorations, we recognized 31 species. Five belong to section Pharmacosycea and 26 belong to section Americana. In the second chapter, was used sequences of intern and extern transcribed spacers (ITS and ETS) of nuclear ribosomal DNA, and five chloroplast regions (atpB-rbcL, FcB, FcJ, FcL and trnL-F) aiming to investigate the phylogenetic relationship within and between neotropical sections of the genus Ficus. The present study included 81 specimens which represent 41 species of the sections Pharmacosycea and Americana and ten species representing other sections of the genus as a sister group. Results of the phylogenetic analyses did not confirm previous taxonomic proposals that subdivide section Pharmacosycea into two subsections (Bergianae and Petenensis). In relation to the subdivision of the section Americana, five principal clades were formed, and they correspond to the complexes proposed in the traditional classification, but some of the morphological characters used to delimitate the complexes were homoplasic. Data of chloroplast provided insufficient informative characters and thus the five intern clades within section Americana did not reflect the true phylogenetic relationship of the group.

Advisors/Committee Members: Absy, Maria Lúcia, Ribeiro, José Eduardo Lahoz da Silva, Amaral, Maria do Carmo E. do, Singer, Rodrigo Bustos, Romaniuc Neto, Sergio, Webber, Antonio Carlos, Webber, Antonio Carlos.

Subjects/Keywords: Ficus; Neotrópicos; Morfologia molecular; CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Santos, O. d. A. (2009). Taxonomia e hipótese filogenética da seção Americana, subgênero Urostigma, gênero Ficus L. (Moraceae). (Doctoral Dissertation). Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Retrieved from http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1036

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Santos, Otilene dos Anjos. “Taxonomia e hipótese filogenética da seção Americana, subgênero Urostigma, gênero Ficus L. (Moraceae).” 2009. Doctoral Dissertation, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Accessed September 20, 2020. http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1036.

MLA Handbook (7th Edition):

Santos, Otilene dos Anjos. “Taxonomia e hipótese filogenética da seção Americana, subgênero Urostigma, gênero Ficus L. (Moraceae).” 2009. Web. 20 Sep 2020.

Vancouver:

Santos OdA. Taxonomia e hipótese filogenética da seção Americana, subgênero Urostigma, gênero Ficus L. (Moraceae). [Internet] [Doctoral dissertation]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2009. [cited 2020 Sep 20]. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1036.

Council of Science Editors:

Santos OdA. Taxonomia e hipótese filogenética da seção Americana, subgênero Urostigma, gênero Ficus L. (Moraceae). [Doctoral Dissertation]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2009. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1036

.