Advanced search options

Advanced Search Options 🞨

Browse by author name (“Author name starts with…”).

Find ETDs with:

in
/  
in
/  
in
/  
in

Written in Published in Earliest date Latest date

Sorted by

Results per page:

Sorted by: relevance · author · university · dateNew search

You searched for +publisher:"Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia" +contributor:("Marinelli, Carlos Eduardo"). Showing records 1 – 2 of 2 total matches.

Search Limiters

Last 2 Years | English Only

No search limiters apply to these results.

▼ Search Limiters

1. Bucheli, Maria Gabriela Albuja. Diretrizes para a sustentabilidade financeira do probuc (programa de monitoramento da biodiversidade e uso dos recursos naturais em unidades de conservação estaduais do Amazonas).

Degree: 2013, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Sistemas de monitoramento da biodiversidade, especialmente dentro de unidades de conservação, auxiliam o processo de tomada de decisão a favor da conservação. Em países em desenvolvimento, onde recursos financeiros para programas de monitoramento não são abundantes, vêm surgindo sistemas de monitoramento baseados em estratégias participativas. Porém, há pouca informação disponível sobre a execução financeira e estrutura de custos de programas participativos de monitoramento da biodiversidade, o que impede a elaboração de estratégias voltadas para a melhora do desempenho desses sistemas. Nesse sentido foi feita uma análise financeira do ProBUC de forma a contribuir para a redução desta lacuna e propor ações estratégicas que gerem subsídios para a sustentabilidade financeira deste programa. Se constatou que dentro dos macroprocessos do ProBUC, a fase que concentra a maior quantidade de custos (33%) é a manutenção do monitoramento. Ao mesmo tempo, a fase de análise de resultados representa menos de 4% dos custos totais. Visando otimizar os custos do ProBUC e melhorar seu desempenho, se sugere a automação da coleta de dados e descentralização da manutenção do monitoramento, ação que tem 80% de probabilidade de reduzir os custos da manutenção do monitoramento diminuindo 7% de custos correspondentes a um macroprocesso do ProBUC em um cenário médio. Ao mesmo tempo, para aumentar os investimentos destinados à gestão de dados, se sugere investir na implementação de um sistema web para gerenciar o banco de dados do ProBUC. Este investimento, que deverá começar no curto prazo terá um custo de aproximadamente R$77.600, o qual poderá ser, em parte financiado pelas despesas poupadas pela ação de automação e descentralização do ProBUC.

Biodiversity monitoring systems, especially within protected areas, support the decision making process for conservation. In developing countries, where financial resources destined to monitoring programs are not abundant, participatory monitoring programs have emerged. Nevertheless, there is very little available information regarding the financial execution and cost structure of participatory biodiversity monitoring programs, which limits the possibility of strategy proposals to improve the programs’ performance. Therefore, the present study contributes to narrow this gap by providing a financial analysis of ProBUC in order to contribute with the program’s financial sustainability. It was observed that, within ProBUC’s macro processes, the phase that concentrates most costs (33%) is the “maintenance” phase. At the same time, the “results analysis” phase represents only 4% of the total costs. In order to optimize the use of resources of the most expensive phase, it is suggested that ProBUC automates the data collection and decentralizes the monitoring maintenance. The combination of automation and decentralization as a single strategic action has 80% probability of reducing ProBUC´s costs. In an average scenario, this strategy can reduce up to 7% of the total macro process costs. In order to…

Advisors/Committee Members: Pereira, Henrique dos Santos, Marinelli, Carlos Eduardo, Amend, Marcos.

Subjects/Keywords: Biodiversidade; Monitoramento Participativo; Unidades de Conservação; MANEJO FLORESTAL::ECONOMIA FLORESTAL

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Bucheli, M. G. A. (2013). Diretrizes para a sustentabilidade financeira do probuc (programa de monitoramento da biodiversidade e uso dos recursos naturais em unidades de conservação estaduais do Amazonas). (Masters Thesis). Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Retrieved from http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1680

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Bucheli, Maria Gabriela Albuja. “Diretrizes para a sustentabilidade financeira do probuc (programa de monitoramento da biodiversidade e uso dos recursos naturais em unidades de conservação estaduais do Amazonas).” 2013. Masters Thesis, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Accessed June 15, 2019. http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1680.

MLA Handbook (7th Edition):

Bucheli, Maria Gabriela Albuja. “Diretrizes para a sustentabilidade financeira do probuc (programa de monitoramento da biodiversidade e uso dos recursos naturais em unidades de conservação estaduais do Amazonas).” 2013. Web. 15 Jun 2019.

Vancouver:

Bucheli MGA. Diretrizes para a sustentabilidade financeira do probuc (programa de monitoramento da biodiversidade e uso dos recursos naturais em unidades de conservação estaduais do Amazonas). [Internet] [Masters thesis]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2013. [cited 2019 Jun 15]. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1680.

Council of Science Editors:

Bucheli MGA. Diretrizes para a sustentabilidade financeira do probuc (programa de monitoramento da biodiversidade e uso dos recursos naturais em unidades de conservação estaduais do Amazonas). [Masters Thesis]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2013. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1680

2. Gidsicki, Daniele. Protocolo de avaliação de efetividade gestão de mosaicos de áreas protegidas no Brasil.

Degree: 2012, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

A criação de unidades de conservação é uma das principais estratégias de conservação in situ da biodiversidade. Uma das estratégias mais promissoras para fortalecer a implementação e aprimorar a gestão dessas unidades no Brasil são os Mosaicos de Áreas Protegidas. Esta dissertação teve como objetivo construir um Protocolo de Avaliação da Efetividade de Gestão de Mosaicos de Áreas Protegidas no Brasil contribuindo para o permanente aprimoramento deste instrumento de gestão integrada. Para tanto, foram inicialmente desenvolvidos estudos e análises das diferentes ferramentas de avaliação de efetividade de unidades de conservação já existentes. Em paralelo, foram realizados estudos sobre os processos de criação e os diferentes estágios de estruturação e implementação de vários mosaicos, contando com a contribuição de especialistas e análise de documentos, como atos de criação, portaria, atas de reunião, entre outros. A partir destas etapas foi elaborada uma matriz hierárquica estruturada em âmbitos, princípios, critérios e indicadores de efetividade da gestão dos mosaicos no Brasil. Associados a esta matriz foram propostos procedimentos para o processo de avaliação dos indicadores, os quais, em conjunto com a matriz, compõem o Protocolo de Avaliação de Efetividade de Gestão de Mosaicos de Áreas Protegidas. A matriz dos indicadores foi submetida à análise de 11 (onze) especialistas em mosaicos de áreas protegidas para avaliação da pertinência dos indicadores. Os dados assim coletados foram tabulados, sendo que dos 26 (vinte e seis) indicadores originalmente propostos, 10 (dez) permaneceram sem alterações, 15 (quinze) foram readequados, 01 (um) foi retirado e 06 (seis) novos indicadores foram desenvolvidos. Da mesma forma, objetivando aprimorar o protocolo, contou-se com a participação de um especialista em ferramentas de avaliação de efetividade para a validação da estrutura do protocolo. Após estas etapas foi possível estruturar e construir a versão final do Protocolo de Avaliação de Efetividade de Gestão de Mosaicos de Áreas Protegidas. Considera-se que a existência de um instrumento que auxilie na identificação das limitações da gestão dos mosaicos e na priorização de medidas voltadas à sua implementação seja uma importante contribuição para o fortalecimento do mecanismo de governança do sistema de gestão integrada e participativa de territórios especialmente protegidos.

The founding of conservational entities is one of the principal strategies for in situ biodiversity conservation. One of the more promising strategies for strengthening their implementation and improving the management of these entities in Brazil are the Protected Area Mosaics. This dissertation aims to consolidate a Protocol of Effectiveness Assessment for Protected Area Mosaics in Brazil, contributing to their ongoing development. As such, initial studies and analysis have been developed on the different devices for effectiveness assessments of existing conservational entities. In parallel, studies have been made based on the creation process as…

Advisors/Committee Members: Lino, Clayton Ferreira, Lederman, Marcia Regina, Marinelli, Carlos Eduardo, Silveira, Ronis da, Pereira, Henrique dos Santos.

Subjects/Keywords: Áreas protegidas; Protocolo de avaliação; Indicadores ambientais; CNPQ::OUTROS

Record DetailsSimilar RecordsGoogle PlusoneFacebookTwitterCiteULikeMendeleyreddit

APA · Chicago · MLA · Vancouver · CSE | Export to Zotero / EndNote / Reference Manager

APA (6th Edition):

Gidsicki, D. (2012). Protocolo de avaliação de efetividade gestão de mosaicos de áreas protegidas no Brasil. (Masters Thesis). Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Retrieved from http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1070

Chicago Manual of Style (16th Edition):

Gidsicki, Daniele. “Protocolo de avaliação de efetividade gestão de mosaicos de áreas protegidas no Brasil.” 2012. Masters Thesis, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Accessed June 15, 2019. http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1070.

MLA Handbook (7th Edition):

Gidsicki, Daniele. “Protocolo de avaliação de efetividade gestão de mosaicos de áreas protegidas no Brasil.” 2012. Web. 15 Jun 2019.

Vancouver:

Gidsicki D. Protocolo de avaliação de efetividade gestão de mosaicos de áreas protegidas no Brasil. [Internet] [Masters thesis]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2012. [cited 2019 Jun 15]. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1070.

Council of Science Editors:

Gidsicki D. Protocolo de avaliação de efetividade gestão de mosaicos de áreas protegidas no Brasil. [Masters Thesis]. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; 2012. Available from: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1070

.