Full Record

New Search | Similar Records

Author
Title ONTOPSICOLOGIA E FORMAÇÃO DE PESSOAS NA GESTÃO SUSTENTÁVEL DO CENTRO INTERNACIONAL DE ARTE E CULTURA HUMANISTA RECANTO MAESTRO/RS
URL
Publication Date
University/Publisher Universidade Federal de Santa Maria
Abstract A temática da sustentabilidade tem encontrado espaço nos estudos organizacionais ao se direcionar às ações de gestão empresarial na sociedade mundial. Nesse contexto, investiga-se uma realidade no interior do Estado do Rio Grande do Sul, o Recanto Maestro, terceiro Distrito de São João do Polêsine. Utiliza-se, para tanto, a pesquisa-ação (THIOLLENT, 1997) para investigar o problema de pesquisa: Como o Recanto Maestro faz a sua gestão sustentável?. Os dados foram coletados por meio da observação participante, da análise documental e através de entrevistas semiestruturadas, realizadas com 16 gestores de projetos desenvolvidos no lócus do estudo. Para a interpretação dos dados, utilizou-se a análise de conteúdo (BARDIN, 1994). Ao perpassar pelos principais referenciais teóricos sobre gestão sustentável e do método ontopsicológico (MENEGHETTI, 2004) - o qual é aplicado na formação dos recursos humanos que atuam neste local -, observa-se que as organizações demonstram-se sustentáveis conforme os pilares desenvolvidos por Sachs (2007). Além desses, identifica-se outro pilar que contribui para o desenvolvimento sustentável, o qual, até então, não havia sido considerado na literatura corrente sobre sustentabilidade: a mentalidade sustentável. Essa, conforme Meneghetti (2004), é decorrente da formação continuada (Life Long Learning), a qual possibilita a autenticidade da consciência do ser humano por meio da reversibilidade entre intencionalidade e ação sustentável. O ser humano operador social é capaz de ser agente interdisciplinar e de promover a sustentabilidade, oportunizando, assim, resultados benéficos tanto para si e para o outro quanto para o meio ambiente em que se insere. O estudo conclui que a interdisciplinaridade está implícita no conceito de sustentabilidade. O princípio interdisciplinar evidencia-se ao estabelecer relações de benefícios mútuos entre as diversas esferas apontadas por Sachs (2007) econômica, social, ambiental, cultural, política, territorial , onde se complementam e se reforçam. Nesse contexto, o estudo indica as contribuições que a escola ontopsicológica, por meio de sua metodologia e de seus instrumentos de formação, pode trazer às organizações ao desenvolver seu recurso mais valioso: o humano. Através da aplicação desse método em realidades empresariais e micro-sociais, como o exemplo do CIACH Recanto Maestro, pode-se buscar um novo modo de fazer a gestão sustentável.
Subjects/Keywords mentalidade sustentável; interdisciplinar; formação continuada de pessoas; gestão sustentável; ontopsicologia; ADMINISTRACAO
Contributors Maria Ivete Trevisan Fossá; Estela Maris Giordani; Noemi Boer
Language pt
Country of Publication br
Format PDF
Record ID oai:ufsm.br:2904
Repository brazil-ufsm
Date Retrieved
Date Indexed 2014-03-11
.